Educação

Professores de Epitaciolândia acampam em frente a Prefeitura

A classe educacional reivindica aumento salarial, e o prefeito se esquiva de conversar com o sinteac para cumprir o prometido.

Publicados

Educação

A classe educacional reivindica aumento salarial, e o prefeito se esquiva de conversar com o sinteac para cumprir o prometido.

Sinteac, desde 2011 os professores de Epitaciolândia não recebem reajuste salarial

Sinteac, desde 2011 os professores de Epitaciolândia não recebem reajuste salarial-FOTO-ALEMÃO

POR-ALEMÃO MONTEIRO

Conforme haviam anunciado através  deste Site, os professores e demais funcionários da educação do município realizaram um ato de protesto contra o Prefeito André Hassem ,em frente a prefeitura com faixas e cartazes e palavra de ordem.

 A classe educacional reivindica aumento salarial, e o prefeito se esquiva de conversar com o sinteac para cumprir o prometido.

No  movimento desta manhã de segunda-feira 09, dezenas de funcionários paralizaram as atividades e foram reivindicar seus direitos.

Segundo informações do Sinteac, desde 2011 os professores de Epitaciolândia não recebem reajuste salarial, onde um professor de nível médio ganha mil reais e com nível superior aproximadamente mil e duzentos reais.

O Prefeito André Hassem mais uma vez, fugiu ou si escondeu  do debate e não mostrou a cara diante do movimento que deve se estender até quarta-feira dia 11.

O sinteac pede aos pais de alunos que não mandem seus filhos para as escolas enquanto não seja resolvido esse impasse, e conclamam a comunidade que juntem-se ao movimento como forma de sensibilizar o atual gestor.

 Nesta terça-feira 10, a mobilização começa as 8:00 hs da manhã saindo do sinteac e percorrendo as ruas de Epitaciolândia.

A Professora Graça Rocha, presidente do Sinteac pede que tod  o mundo vá para as ruas levando faixas e cartazes.

professores de Epitaciolândia-FOTO-ALEMÃO

professores de Epitaciolândia-FOTO-ALEMÃO

 Nesta terça-feira 10, a mobilização começa as 8:00 hs da manhã

Nesta terça-feira 10, a mobilização começa as 8:00 hs da manhã-FOTO-ALEMÃO

professores de Epitaciolândia-FOTO-ALEMÃO

professores de Epitaciolândia-FOTO-ALEMÃO

professores de Epitaciolândia-FOTO-ALEMÃO

professores de Epitaciolândia-FOTO-ALEMÃO

professores de Epitaciolândia-FOTO-ALEMÃO

professores de Epitaciolândia-FOTO-ALEMÃO

professores de Epitaciolândia-FOTO-ALEMÃO

professores de Epitaciolândia-FOTO-ALEMÃO

professores de Epitaciolândia-FOTO-ALEMÃO

professores de Epitaciolândia-FOTO-ALEMÃO

professores de Epitaciolândia-FOTO-ALEMÃO

professores de Epitaciolândia-FOTO-ALEMÃO

professores de Epitaciolândia-FOTO-ALEMÃO

professores de Epitaciolândia-FOTO-ALEMÃO

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Aluno de oito anos agride e rasga cabeça de professora.

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Educação

Importância dos pais na educação dos filhos é tema de roda de conversa realizada pela DPE/AC

Publicados

em

A convite da direção da Escola Berta Vieira de Andrade, o coordenador do Núcleo da Cidadania, defensor público Celso Araújo, na ocasião representando a Defensoria Pública do Estado do Acre (DPE/AC), promoveu, na tarde desta quarta-feira, 25, uma roda de conversa com pais e professores da instituição de ensino, localizada no bairro São Francisco, em Rio Branco.

Durante a reunião, o defensor público abordou acerca da importância dos pais na educação dos filhos, sobre o acompanhamento escolar para melhor desempenho dos alunos e a formação social das crianças e adolescentes.

“Nós, além de garantirmos à assistência jurídica, também temos como missão, a educação em direitos, também fazemos esse trabalho com a comunidade, no sentido de promover a transformação social e assim, construirmos juntos uma sociedade melhor”, disse o defensor Celso Araújo.

O encontro foi realizado com pais e/ou responsáveis dos alunos de quatro turmas do 9° ano da escola. Participaram também, a gestora da Escola Berta Vieira, Selma Cunha, a coordenadora de ensino, Luciana Rodrigues e demais professores da instituição.

Leia Também:  Aluno de oito anos agride e rasga cabeça de professora.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA