RIO BRANCO

Educação

Professor recebe prêmio por projeto que resgata danças amazônicas

Professor de Cruzeiro do Sul venceu na categoria ‘Temas Livres’.

Publicados

Educação

Professor de Cruzeiro do Sul venceu na categoria ‘Temas Livres’.

Professor Aldemir Maciel comemora prêmio (Foto: Arquivo pessoal)

Professor Aldemir Maciel comemora prêmio (Foto: Arquivo pessoal)

Um professor de Cruzeiro do Sul (AC) recebeu em Brasília na semana passada o prêmio Professores do Brasil promovido pelo Ministério da Educação (MEC). Aldemir Maciel que é professor de Artes da Escola Flodoardo Cabral recebeu a premiação através do Projeto Ritmos da Amazônia que é realizado há 11 anos e tem por objetivo resgatar danças que fazem parte do folclore amazônico.

Ao todo foram inscritos 3.220 projetos com experiências pedagógicas bem sucedidas, criativas e inovadoras. O professor recebeu o prêmio na categoria “Temas Livres” do ensino médio.

“Eu enviei todas as informações com vídeos, fotos e documentos comprovando todo o processo pedagógico em sala de aula, as oficinas práticas de músicas, danças e demais atividades que acontecem ao longo de seis meses e culminam com uma grande apresentação em praça pública”, explica Maciel.

Na edição de 2013 o Projeto Ritmos da Amazônia teve a participação de mais de três mil pessoas, incluindo alunos, ex-alunos, pais e professores. Além das dançarinas, a banda do projeto também é formada por músicos que são estudantes da escola, tendo como vocalista o professor de Artes Aldemir Maciel.

Leia Também:  Senac abre processo seletivo com vagas para cursos gratuitos em Rio Branco

“Esse prêmio mostra que apesar das dificuldades que enfrentamos na área de educação ainda podemos conseguir bons resultados. Nosso projeto é uma experiência boa e faz com que o aluno tenha prazer em ir à escola evitando a evasão escolar”, ressalta o professor.

O concurso realizado pela sétima vez consiste na seleção e premiação das melhores experiências pedagógicas desenvolvidas por professores de escolas públicas em todas as etapas da educação básica. Ao todo 40 professores foram premiados, cinco de cada região do país dentro de categorias diferentes.

Além da premiação, segundo o professor, os vencedores serão convidados para participar de um congresso em 2014 em Pelotas (RS) e de um seminário em São Paulo (SP).

Genival Moura Do G1 AC

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Educação

Escola infantil de Rio Branco é desativada por falta de saída de emergência; alunos são transferidos

Publicados

em

Alunos do pré I têm vaga garantida na Escola Menino Jesus — Foto: Prefeitura de Vilhena/Reprodução

A Secretaria de Educação de Rio Branco (Seme) precisou transferir cerca de 140 alunos para outros colégios após a desativação do prédio onde funcionava a Escola Alexandre dos Santos Leitão, no Centro da capital.

É que o local não tem saída de emergência e não atende os padrões de projeto exigidos pelo Corpo de Bombeiros do Acre.

A Educação informou que, ao longo dos anos, fez algumas intervenções no prédio para tentar melhorar o acesso, porém, as limitações do espaço impossibilitaram ‘a implementação de uma rota de fuga que atenda os padrões de projeto exigidos pelo CBM/AC’.

Com o fechamento, a Seme fez as seguintes transferências: Alunos que concluíram o pré I serão encaminhados para a Escola Municipal Menino Jesus, no Centro de Rio Branco; Alunos que concluíram o pré II serão encaminhados às escolas estaduais para o 1º ano do Ensino fundamental; A pasta destacou ainda que os alunos do pré I já têm vaga garantida na Escola Menino Jesus. O prédio onde funcionava a escola é cedido ao Poder Público e, por isso, a prefeitura não pode investir recursos públicos. Com informações do G1 Acre.

Leia Também:  Hábito da leitura faz bem à saúde

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O ex-deputado federal, Sibá Machado, gravou um vídeo polêmico onde fez um desabafo contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, o Juiz Sérgio Moro e o governador do Acre, Gladson Cameli. Sibá não perdeu a oportunidade de alfinetar o gestor em se tratando do escândalo de corrupção no qual para a Polícia Federal, Cameli é tido como o chefe de uma organização Criminosa que desviou quase R$ 1 bilhão de reais dos cofres públicos do Estado.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA