RIO BRANCO

Educação

Paralisação em Assis Brasil professores não iniciarão o ano letivo

Reunidos no final da tarde desta sexta-feira (13) em assembleia geral extraordinária

Publicados

Educação

Reunidos no final da tarde desta sexta-feira (13) em assembleia geral extraordinária

Da Redação com informação Assis Agora.Blogspot

Assis Brasil

Os professores da rede pública de ensino de Assis Brasil decidiram não iniciar o ano letivo previsto para segunda-feira, dia 16. O principal motivo da paralisação é o não pagamento do piso salarial nacional dos anos de 2013, 2014 e 2015. 

O Sindicato dos Profissionais da Educação de Assis Brasil (Sinteac) informou que todas as tentativas de diálogo com a gestão municipal foram esgotadas e que, sequer, a categoria foi recebida pelo prefeito da cidade, Humberto Filho (PSDB).
 
Os professores alegam que estão esperando uma proposta à categoria desde 2013, mas que nunca conseguiram estabelecer um diálogo com a prefeitura. “Já enviamos uma pilha de documentos ao senhor prefeito que nunca atendeu nossas reivindicações. Aliás, nunca fomos ao menos recebidos com dignidade pelo gestor que insiste em desrespeitar nossa classe”, desabafou a presidente do Sinteac/Assis Brasil, Tânia Maria.
 
A presidente da categoria informou ainda que uma reunião havia sido marcada para esta sexta-feira (13) com o contador da prefeitura, mas este alegou problemas de saúde em um membro de sua família. A justificativa, porém, não convenceu os professores que afirmaram haver tempo mais que suficiente para a proposta ter sido encaminhada. Outro fato questionado pelos educadores é o porquê um assunto tão importante não seria tratado pela secretária municipal de educação ou pelo próprio prefeito. 
 
Os professores irão distribuir uma carta neste sábado (14) em todos os bairros da cidade, dando conta dos principais motivos da paralisação. Um carro de som também fará anúncios na cidade informando principalmente os pais e alunos das escolas municipais.
 
Na segunda-feira (16) os professores irão para suas respectivas escolas, porém, não haverá aulas até que o prefeito decida ouvir as reivindicações da categoria.
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Morada da Floresta promove curso sobre parto humanizado

Propaganda

Educação

Escola infantil de Rio Branco é desativada por falta de saída de emergência; alunos são transferidos

Publicados

em

Alunos do pré I têm vaga garantida na Escola Menino Jesus — Foto: Prefeitura de Vilhena/Reprodução

A Secretaria de Educação de Rio Branco (Seme) precisou transferir cerca de 140 alunos para outros colégios após a desativação do prédio onde funcionava a Escola Alexandre dos Santos Leitão, no Centro da capital.

É que o local não tem saída de emergência e não atende os padrões de projeto exigidos pelo Corpo de Bombeiros do Acre.

A Educação informou que, ao longo dos anos, fez algumas intervenções no prédio para tentar melhorar o acesso, porém, as limitações do espaço impossibilitaram ‘a implementação de uma rota de fuga que atenda os padrões de projeto exigidos pelo CBM/AC’.

Com o fechamento, a Seme fez as seguintes transferências: Alunos que concluíram o pré I serão encaminhados para a Escola Municipal Menino Jesus, no Centro de Rio Branco; Alunos que concluíram o pré II serão encaminhados às escolas estaduais para o 1º ano do Ensino fundamental; A pasta destacou ainda que os alunos do pré I já têm vaga garantida na Escola Menino Jesus. O prédio onde funcionava a escola é cedido ao Poder Público e, por isso, a prefeitura não pode investir recursos públicos. Com informações do G1 Acre.

Leia Também:  Educação apresenta programa de ensino em tempo integral ao MPE

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O ex-deputado federal, Sibá Machado, gravou um vídeo polêmico onde fez um desabafo contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, o Juiz Sérgio Moro e o governador do Acre, Gladson Cameli. Sibá não perdeu a oportunidade de alfinetar o gestor em se tratando do escândalo de corrupção no qual para a Polícia Federal, Cameli é tido como o chefe de uma organização Criminosa que desviou quase R$ 1 bilhão de reais dos cofres públicos do Estado.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA