RIO BRANCO

Educação

Iphan abre inscrições para mestrado em patrimônio cultural

O Casarão, patrimônio tombado pelo Estado, é um dos prédios mais tradicionais do Acre

Publicados

Educação

O Casarão, patrimônio tombado pelo Estado, é um dos prédios mais tradicionais do Acre

Por Rose Farias 

 (Foto: Sérgio Vale/Secom)

(Foto: Sérgio Vale/Secom)

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) lançou o Edital de Seleção do Mestrado Profissional em Preservação do Patrimônio Cultural. São oferecidas 20 bolsas para vários estados da federação.

Para o Acre há vaga dirigida a graduados em Arquitetura e Urbanismo.  “Quem for selecionado desenvolverá, no Iphan do Acre, atividades relacionadas à existência de acervo arquitetônico edificado em madeira, que possui forte significado cultural no estado, além do trabalho de identificação dos ofícios tradicionais da região do Juruá”, explica Deyvesson Israel Alves Gusmão, superintendente do Iphan – Acre.

O aluno também realizará atividades cotidianas que possam envolver o objeto de estudo da dissertação do mestrado, bem como qualificá-lo como profissional, a partir da participação em vistorias, processos de licenciamento, oficinas e reuniões interinstitucionais.

O mestrado profissional tem como proposta formar, durante 24 meses, profissionais graduados em diversas áreas de conhecimento para atuar em no campo da preservação do patrimônio cultural. O curso associa as práticas de preservação nas unidades da instituição, distribuídas no território nacional, ao aprendizado teórico-metodológico e à pesquisa.

Leia Também:  Ifac seleciona novos professores no Acre

As inscrições já estão abertas e se estendem até o dia 2 de março de 2015. O início das atividades dos candidatos selecionados será dia 3 de agosto de 2015, conforme determinações do edital disponível no Portal do Iphan: www.iphan.gov.br.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Educação

Inscrições estão abertas: Jornalistas de todo o país podem concorrer ao Prêmio Paulo Freire de Jornalismo

Publicados

em

Estão abertas as inscrições para o Prêmio Paulo Freire de Jornalismo, promovido pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação – Consed, com o apoio da Unesco no Brasil.

A iniciativa tem o objetivo de premiar produções jornalísticas com o tema “Educação Pública na Pandemia: inovação para manter a aprendizagem e o vínculo do aluno nas escolas das redes estaduais”.

Poderão concorrer trabalhos jornalísticos que abordem a temática estabelecida, por meio de reportagens ou série de reportagens publicadas no período de 1º de março de 2020 a 10 de janeiro de 2022, mesmo dia em que serão encerradas as inscrições.

São seis categorias: Jornalismo impresso, para reportagens em jornais ou revistas; Radiojornalismo, para reportagens em emissoras de rádio; Telejornalismo, para reportagens em emissoras de televisão; Webjornalismo, para reportagens em sites ou blogs de notícias; Fotojornalismo, para fotografias publicadas em matérias ou reportagens de jornal impresso, revista, sites ou blog de notícias; e Mídias digitais, para conteúdos jornalísticos e/ou informativos veiculados em plataformas digitais de áudio ou vídeo.

Leia Também:  Governo certifica alunos do ensino profissionalizante de cidades do interior

Os critérios Adequação ao Tema, Linguagem, Estética, Originalidade e Utilidade Social serão considerados na avaliação da Comissão Julgadora.

A cerimônia de premiação deve ocorrer no primeiro trimestre de 2022. O primeiro colocado de cada categoria receberá R$ 7.000,00 (sete mil), enquanto o segundo colocado ficará com R$ 5.000,00 (cinco mil). Já o terceiro colocado de cada categoria vai ganhar R$ 3.000,00 (três mil). O valor total em prêmios a serem distribuídos nas seis categorias é de R$ 90.000,00 (noventa mil).

O edital e o formulário de inscrição estão disponíveis, Clique aqui e se escreva no Consed

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereadora Neiva Badotti solicita do secretário de Ação Social providências sobre as crianças Haitianos que fica na ponte todo os dias pedindo dinheiro, e que o Poder Público proporcione dignidade para essas crianças. Neiva solicita também que seja encaminhado um oficio para a gerente do hospital para saber se chegou algum saco funerário doado pela prefeitura, comprado com o dinheiro do covid, e que solicita que seja agendado novamente a reunião com a secretaria de segurança pública do estado, para se tratar sobre o IML, pois a mais de 20 anos o problema se arrasta e até o momento nada foi resolvido.

Leia Também:  Brasileia Realiza Seminário Da Juventude Rural.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA