RIO BRANCO

Educação

Estudantes faz caminhada ambiental na APA do Lago do Amapá

Educar para o futuro.  A caminhada compõe a programação do Mês do Ambiente.

Publicados

Educação

Educar para o futuro.  A caminhada compõe a programação do Mês do Ambiente.

 Por Maria Meirelles 

É com esse lema que a direção da Escola Estadual de Ensino Fundamental Rural Ruy Azevedo, localizada dentro da Área de Proteção Ambiental (APA) do Lago do Amapá, em Rio Branco, trata as questões que envolvem o meio ambiente.

Na manhã deste sábado, incentivados pelos professores e pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), os alunos promoveram uma caminhada, com o intuito de conscientizar toda a comunidade sobre os cuidados e a preservação do planeta.

A atividade compõe a programação do Mês do Ambiente, promovida pelo Estado, que tem como tema, este ano, o “Acre no Caminho da Sustentabilidade”. Ao término do trajeto percorrido dentro da própria comunidade, os alunos e professores plantaram árvores na casa dos moradores.

As boas práticas são repassadas de várias maneiras, pelos professores, aos alunos durante todo o ano letivo. A pequena Emily Vitória da Silva, 9 anos, lista os ensinamentos adquiridos na sala de aula. “Aprendi que a gente não pode jogar lixo na rua e nem poluir os rios”, citou.

Leia Também:  Macro conferência será realizada em Rio Branco

Tudo o que aprende na escola, Felipe de Oliveira da Silva, de 13 anos, põe em prática em casa. “Hoje, eu cuido do meu quintal e não deixo meus pais e vizinhos queimarem o lixo. Com as folhas caídas, faço adubo para plantar as verduras que a gente come”, contou.

Todas as atividades de cunho educativo ambiental são desenvolvidas em parceria com a gestão da APA do Amapá (Sema). “A educação ambiental tem um poder transformador, a gente pensa que não, mas é essa criançada que é responsável por consolidar essa mensagem de sustentabilidade. Portanto, a gestão da APA, em parceria com a escola, tem apostado muito nesse caminho”, salientou a gestora da unidade de conservação, Mirna Caniso.

Elizangela da Silva Mendonça, diretora da escola, observa que educação ambiental é uma das diretrizes de ensino da instituição. “A gente tem feito esse trabalho de conscientização, principalmente porque a nossa escola é situada em uma APA e é muito importante que os nossos alunos tomem consciência do lugar onde eles vivem, para que seja cuidado e preservado”.

Leia Também:  Ifac oferece 30 vagas para especialização em agricultura familiar em Rio Branco

Estudantes

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Educação

Educação realiza acompanhamento pedagógico em escolas da zona rural de Porto Walter

Publicados

em

Durante dez dias, coordenadores e assessores pedagógicos da Secretaria Municipal de Educação percorrerão as escolas das regionais do Rio Cruzeiro do Vale, Baixo Juruá, Rio Mirim, Natal, Ouro Preto, Rio das Minas e Grajaú realizando acompanhamento pedagógico e a conclusão do 3º bimestre das aulas.

O acompanhamento acontece diante da necessidade de melhorar a qualidade do ensino e promover a inserção de atividades no currículo e na didática pedagógica. Além de aspectos pedagógicos, os profissionais procurarão discutir ações teóricas e práticas que norteiam as ações de programas e suporte da educação municipal, conforme destaca o Secretário de Educação Flávio Borges.

“Uma das prioridades do Prefeito César Andrade e nossa enquanto secretário é a educação. Esses encontros são fundamentais para alinharmos as ações pedagógicas, promovendo a mobilização da comunidade, dos pais para que a frequência dos alunos seja mantida, e para que as intervenções necessárias em sala aconteçam, tudo isso para que a gente tenha cada vez mais a melhoria do desempenho acadêmicos dos estudantes”, ressalta.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Não vou munda meu voto, tenho costume de orar com minha palavra, diz vereador Jurandir. O clima na Câmara de Vereadores esquentou, após parte dos servidores da prefeitura de Brasileia tumultuar a sessão e descumprirem o Regimento Interno, por esse motivo, os vereadores chamou a atenção da Presidente da Casa, Arlete Amaral, por conta da sua inércia diante da situação vexatória. 

Leia Também:  Viver Ciência espera receber 30 mil pessoas em três dias de evento

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA