Educação

Banco Santander Universidades oferece 1,5 mil bolsas de R$ 4 mil para estudantes universitários

Publicados

Educação

Santander Universidades ajuda a pagar a faculdade de 1,5 mil estudantes – Foto: Assessoria

O Santander Universidades abre as inscrições para a bolsa Santander Superamos Juntos 2022, que vai auxiliar na manutenção dos estudos de 1.500 alunos de universidades particulares conveniadas ao Santander. O valor total da bolsa é de R$ 4 mil e beneficia o aluno de duas formas: cada contemplado receberá uma ajuda de custo de R$ 300, que pode ser usada na compra de livros e materiais ou para a compra de um pacote de internet, por exemplo. Em paralelo, a universidade em que o aluno está matriculado recebe um crédito de R$ 3,7 mil para quitar mensalidades e eventuais dívidas dos participantes.

Serão oferecidas 1.500 bolsas para estudantes de 226 universidades privadas em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal. O Superamos Juntos chega como uma contramedida para alta evasão do ensino superior dos anos 2020 e 2021, os maiores índices de alunos do ensino superior privado no Brasil de toda a série histórica.

“Em um momento de evasão do ensino superior privado chegando a 36,6%, o Superamos Juntos busca trazer um alicerce para alunos que estão em vulnerabilidade social. Entendemos que estamos passando por um momento especial e que tanto os estudantes quanto as universidades necessitam desse apoio. O Santander Universidades quer contribuir para que os alunos não precisem abandonar os estudos. Faz parte da nossa missão combater essa evasão e engajar o universitário a progredir em sua carreira”, comenta Nicolás Vergara, superintendente executivo do Santander Universidades.

Leia Também:  Crise no INEP: Deputado Leo de Brito garante apoio a estudantes que querem fazer o Enem

Os estudantes interessados devem se inscrever até o dia 13 de setembro pelo link https://app.becas-santander.com/pt/program/santander-superamos-juntos-2022 . Lá também é possível conferir a lista das faculdades participantes. A escolha dos contemplados será feita por meio de edital publicado pelas próprias universidades e levará em conta excelência acadêmica e situação de vulnerabilidade social.

Santander e seu apoio a Educação Superior

O Santander Universidades já impactou a vida de mais de 790 mil estudantes, profissionais e empreendedores por meio de programas gratuitos, muitos deles realizados em parcerias com as 1.200 universidades de 22 países que estão presentes. Ao longo de 25 anos de atuação, este sólido compromisso com a educação superior destinou mais de € 2 bilhões a iniciativas acadêmicas, que viabilizaram a oferta de mais de 790 mil bolsas de estudo. A cada ano, o Santander Universidades investe em educação mais de R$ 40 milhões e, apenas em 2021, 33 mil bolsas foram destinadas para estudantes de todo o Brasil e para 2022 a proposta é entregar mais de 35 mil bolsas de estudo. Essa atuação levou o Santander a ser reconhecido como a empresa que mais investe em educação no mundo, de acordo com o Informe Varkey / UNESCO / Fortune 500 de 2018.

Leia Também:  Cameli oferece os cargos de Márcio Bittar para o MDB em troca de apoio à reeleição, balança o partido e abre crise interna

A bolsa Superamos Juntos vai oferecer 1,5 mil bolsas de R$ 4 mil para pagar mensalidades e dívidas de universitários de instituições conveniadas;

Os participantes receberão R$ 3,7 mil para o para manutenção dos estudos e mais R$ 300 como ajuda de custo para compra de livros e materiais; investimento total ultrapassa os R$ 6 milhões

As inscrições ficarão abertas até 13 de setembro em APP Santander superamos -2022

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Educação

Defensora pública participa de roda de conversa com estudantes da escola Craveiro Costa em Cruzeiro do Sul

Publicados

em

A Defensoria Pública do Estado do Acre (DPE/AC), na ocasião representada pela defensora pública que atua na unidade defensorial de Cruzeiro do Sul, Carolina Vecchi, participou, na quinta-feira, 23, de uma roda de conversa com estudantes da Escola Estadual Craveiro Costa.

O encontro foi realizado a convite da professora da Universidade Federal do Acre (Ufac) Campus Floresta, Leonísia Moura, que coordena o projeto de extensão Liberdade caça jeito: direitos, arte e autonomia, em parceria com a professora Cristiana Sales Mescia.

Na oportunidade, a defensora pública Carolina Vecchi, juntamente com a assistente jurídica, Nalidia Abreu, destacou o papel da instituição, explicando sobre as várias frentes de atuação da instituição.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Encontro dos Núcleos de educação do Alto Acre
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA