RIO BRANCO

Educação

Após cheia histórica em Rio Branco, ano letivo deve retornar no dia 16

No interior, maioria das cidades começam as aulas na mesma data. Em outras seis cidades, aulas iniciaram no dia 2 de março.

Publicados

Educação

No interior, maioria das cidades começam as aulas na mesma data.  Em outras seis cidades, aulas iniciaram no dia 2 de março.

Escola Diogo Feijó, em Rio Branco, ainda está sendo usada como abrigo público. (Foto: Aline Nascimento

Escola Diogo Feijó, em Rio Branco, ainda está sendo usada como abrigo público. (Foto: Aline Nascimento

O ano letivo em Rio Branco, que iniciou no dia 23 de fevereiro e precisou ser interrompido devido à cheia história do Rio Acre, tem previsão de retorno para o dia 16 de março. Em boa parte do estado, que ainda não tinha iniciado o ano letivo, as aulas devem começar na mesma data. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (9), pela Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE).

O órgão acredita que as famílias desabrigadas devem começar a deixar as escolas que servem como abrigo ainda esta semana. Mas, o retorno das aulas ainda pode sofrer alterações, dependendo da vistoria que ainda será feita nos prédios atingidos pela cheia do Rio Acre.

Os municípios de Sena Madureira, Senador Guiomar, Tarauacá, Feijó, Manoel Urbano e Plácido de Castro retornaram as aulas no dia 2 de março. A cidade de Cruzeiro do Sul também deveria ter iniciado o ano letivo na mesma data, mas foi adiado para começar no dia 16. 

Leia Também:  Escola Integral Boa União aprova quase a metade dos alunos no SISU

Mega operação

Nesta segunda (9), foi lançada uma mega operação de limpeza no 53 bairros atingidos pela enchente histórica. Integram o Plano Emergencial de Limpeza Pós-Alagação 30 equipes com 330 homens, 273 operadores e 280 equipamentos. Os trabalhos são coordenados pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur).

A enchente histórica do Rio Acre afetou 900 ruas e um total de 24.713 edificações. A cheia desabrigou ainda 10,4 mil pessoas e atingiu direta ou indiretamente mais de 87 mil.

Por causa da ação de limpeza nos locais atingidos, alguns bairo de Rio Branco passam por sistema de rodízio de água. A medida emergencial faz parte do Plano de Apoio para retorno das famílias às suas residências e será adotada até o próximo sábado (14).

Seis ruas no Centro da capital, a Quarta Ponte, e a ponte Coronel Sebastião Dantas, interditadas durante a cheia, foram liberadas e o trânsito voltou a fluir normalmente. A energia em várias localidades também começou a ser restabelecida. 

Calamidade pública
A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) reconheceu no dia 4 o estado de calamidade pública por rito sumário para as cidades de Rio Branco e Brasileia. Com isso, as ações de resposta devem ser feitas com mais agilidade. A portaria foi publicada no Diário oficial da união do dia 5.

Leia Também:  Governo vai investir na construção de escolas rurais no Acre

Veriana Ribeiro Do G1 AC

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Educação

Educação realiza acompanhamento pedagógico em escolas da zona rural de Porto Walter

Publicados

em

Durante dez dias, coordenadores e assessores pedagógicos da Secretaria Municipal de Educação percorrerão as escolas das regionais do Rio Cruzeiro do Vale, Baixo Juruá, Rio Mirim, Natal, Ouro Preto, Rio das Minas e Grajaú realizando acompanhamento pedagógico e a conclusão do 3º bimestre das aulas.

O acompanhamento acontece diante da necessidade de melhorar a qualidade do ensino e promover a inserção de atividades no currículo e na didática pedagógica. Além de aspectos pedagógicos, os profissionais procurarão discutir ações teóricas e práticas que norteiam as ações de programas e suporte da educação municipal, conforme destaca o Secretário de Educação Flávio Borges.

“Uma das prioridades do Prefeito César Andrade e nossa enquanto secretário é a educação. Esses encontros são fundamentais para alinharmos as ações pedagógicas, promovendo a mobilização da comunidade, dos pais para que a frequência dos alunos seja mantida, e para que as intervenções necessárias em sala aconteçam, tudo isso para que a gente tenha cada vez mais a melhoria do desempenho acadêmicos dos estudantes”, ressalta.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Não vou munda meu voto, tenho costume de orar com minha palavra, diz vereador Jurandir. O clima na Câmara de Vereadores esquentou, após parte dos servidores da prefeitura de Brasileia tumultuar a sessão e descumprirem o Regimento Interno, por esse motivo, os vereadores chamou a atenção da Presidente da Casa, Arlete Amaral, por conta da sua inércia diante da situação vexatória. 

Leia Também:  Governo vai investir na construção de escolas rurais no Acre

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA