RIO BRANCO

Cultura

O brejo do bicudinho, um dos mais raros e ameaçados passarinhos do planeta

Publicados

Cultura

Sabe aquele brejo repleto de taboa, lama, água por todo canto e de difícil acesso? Lugar em que raramente alguém passeia? Foto: Renata Rizzaro

Gabriela Giovanka e Renato Rizzaro / Conexão Planeta – Pois lá mesmo vive um dos mais raros e ameaçados passarinhos do planeta, o bicudinho-do-brejo (Formicivora acutirostris). Único, serelepe, curioso e malandrinho, chega pertinho mas fica na moita, mocozado, observando o movimento. Se quiser conhecê-lo tens que ir até onde ele vive, nos brejos entre o litoral de Santa Catarina e Paraná. E só.

Vive em casal, mas é o macho quem dá às caras. Passa por cima da gente feito foguete e pousa logo ali, noutra moita, seguro, escuro, mimético. Quer saber quem são as figuras de botas cano longo, camisa de manga comprida, chapéu e falando baixinho. Absolutamente felizes! Que coisa…

Depois de algum tempo, ao perceber que é só uma visitinha, relaxa e continua alimentando-se de insetos e chama a fêmea; porém, ela é prudente e só responde de longe. Só dá pra escutar.

Leia Também:  No Acre, venezuelano fatura R$ 50 por dia com malabarismo: 'Dá para comer e pagar o aluguel'

Ali, pelas voltas da Reserva Volta Velha, em Itapoá no litoral Norte de Santa Catarina, vivem em constante arrepio, porque os humanos gostam do brejo só aterrado e, aí, já viu: bau, bau, casa, comida, bicudinhos e outros passarinhos menos raros, mas que vivem nas águas quentes e quietas, repletas de abrigo e mosquito, prato predileto dessa bicharada bacana.

O desprezo com este ambiente é notável e onde não tem reserva e preservação, tem lixo. Muito lixo!

O bicudinho segue com cada vez maior dificuldade para sobreviver, buscando um espaço numa das áreas mais abaladas da belíssima e exuberante Floresta Atlântica.

E veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Será distribuído gratuitamente nas escolas municipais de Bujari o livro infanto-juvenil “Bujari. De Seringal a Município” de autoria dos irmão, Tito Torres e Mário Torres, fruto de uma parceria entre a Fundação Elias Mansour, Governo do Acre e Governo Federal. Visando levar mais conhecimento sobre a origem da cidade aos alunos.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo: 

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Cultura

Empreendedorismo: Governo fortalece turismo de base comunitária na Trilha Chico Mendes, em Brasileia

Publicados

em

Comunidade da Trilha recebendo os certificados da capacitação – Foto: cedida

Visando organizar e fortalecer o turismo de base comunitária na Trilha Chico Mendes, em Brasileia, o governo do Estado, por meio da Secretaria de Empreendedorismo e Turismo, realizou nos dias 23 a 25, cursos para a comunidade.

Em parceria com a SOS Amazônia e com financiamento do Programa REM do Banco KFW, foram ministrados para 33 pessoas da comunidade, os cursos de qualidade no atendimento ao turista e condução de turistas em ambientes naturais.

A moradora da trilha, Evelina Liberalino, conhecida como Nena, participou dos dois cursos ofertados. “Conhecimento é sempre válido e necessário. Para nós que atuamos com a recepção de turistas é bom esse tipo de curso que nos capacita a atender melhor”, garante.

Além disso, foi feito o mapeamento de necessidades levantadas pelos próprios moradores e pelos técnicos da Secretaria a fim de melhorar o turismo na região.

“O programa de capacitação do Turismo de base comunitária é um dos alicerces do turismo acreano. Nossas equipes vêm capacitando e preparando toda a cadeia de receptivo turístico dessas comunidades. O turismo de base é gerador de renda o ano inteiro para as famílias que ali vivem. Esse papel de transformação social é muito gratificante!”

Leia Também:  Em Rio Branco Prefeito Marcus Alexandre detalha projetos do Pacto

Trilha Chico Mendes

A Reserva Extrativista Chico Mendes é referência no circuito de trilhas, compostas por caminhadas que podem durar até quatro dias na floresta, onde o turista vivencia o cotidiano dos habitantes das matas.

O trajeto percorre seringais e várias partes da reserva, permitindo ao caminhante sentir a floresta densa e preservada em toda sua plenitude, com cheiros e sons da mata e das inúmeras espécies de animais que ali habitam.

Sendo apontada como uma das mais interessantes do mundo para se fazer trekking (caminhadas de longa duração na natureza), pelo blog de turismo escalando. O site levou em consideração quesitos como beleza panorâmica e a distância percorrida, apontando trilhas conhecidas mundialmente, como a de Córsega, na Itália, Rota Laugavegurinn, na Islândia, e Travessia do Himalaia, no Nepal, entre outras.

A Trilha Chico Mendes está localizada na Reserva Extrativista que leva o mesmo nome, entre os municípios de Assis Brasil, Brasileia e Xapuri.

Assessoria – Agência / Secom

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Muitas são as dúvidas, e eu esclareço algumas. Quem tem direito a receber o abono pago com a sobra do recurso do Fundeb, anunciado pelo Governo do Acre? Uma grande manifestação foi realizada durante todo dia pela manhã em frente à casa civil e a tarde na sede da PGE – Procuradoria Geral do Estado.

Leia Também:  Wesley Safadão, cantor mais bem pago do país, se apresentará no Acre

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA