Cultura

Grupo junino CL na roça vai homenagear sanfoneiro acreano em apresentação de circuito no Acre

Publicados

Cultura

CL na roça volta às apresentações homenageando sanfoneiro acreano – Foto: Arquivo pessoal

O grupo junino CL na roça, criado há 22 anos, se prepara para se apresentar na primeira etapa do Circuito Junino de 2022, que começa nesta sexta-feira (10) no estacionamento do Via Verde Shopping. A quadrilha é a primeira a se apresentar no evento que vai durar 3 dias – 10, 11 e 12 de junho.

Na primeira etapa, além do início das festividades juninas no shopping ocorre também a escolha do Rei Caipira, da Rainha Caipira e da Rainha da Diversidade. A quadrilha nasceu dentro do bairro da Sobral, mas, atualmente conta com moradores de vários bairros da Baixada do Sol.

Com a temática, “Da sanfona ao coração: Viva Monteirinho nas noites de São João”, o grupo vai exaltar a cultura acreana fazendo uma homenagem a Monteirinho, ex-seringueiro conhecido pelos seus acordes na sanfona.

Apesar de não ter nenhum título, o grupo diz que sempre se destaca pelos temas que leva ao circuito. “Somos sempre revelação todos os anos, a gente é destaque pelas temáticas que escolhemos. Sempre estamos entre as cinco melhores”, disse uma das coordenadoras do grupo, Francilene Maria, mais conhecida como Lene.

Leia Também:  Atlético Brasileense bate SRT em Brasiléia e garante vaga na final do 1º turno

Uma média de 35 pessoas devem se apresentar nesta sexta, contando com 12 pares, pessoal de apoio, e, claro, os noivos que se casam na apresentação.

“Esses últimos anos têm sido muito difíceis pra gente. Não gosto nem de falar, mas a pandemia deu uma freada muito grande no movimento e também, devido à violência, muitos pais não deixam seus filhos irem para a quadrilha, mas pra quem conseguiu participar, tem sido apaixonante”, conta.

Sobre a suspensão de dois anos do evento por causa da pandemia, Lene diz que o público, com a volta das atividades, tem demonstrado carinho pelo trabalho dos brincantes.

“É lindo a gente ver que a população está com fome de assistir a quadrilha. A gente sente que o povo está amando mais a gente e tratando com mais respeito.”

Nos ajustes finais, o figurino e detalhes cênicos ainda movimentam a equipe para que tudo saia como o esperado. “Está uma correria, mas vai dar certo”, finaliza. Tácita Muniz, G1 Acre

Grupo diz que sempre se destaca pelos temas que escolhe – Foto: Arquivo pessoal

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Cultura

Junina ‘Pega Pega’ vai falar sobre saudade: ‘vai ser um grito engasgado’, diz sobre retorno do arraial após 2 anos

Publicados

em

Pega Pega vai falar sobre saudade na sua apresentação – Foto: Arquivo pessoal

Dona do título em 2019 – último ano que teve competição de quadrilhas em Rio Branco – a junina Pega Pega está fazendo os últimos ajustes para entrar em cena no domingo (12) no estacionamento do Via Verde Shopping. E o tema não poderia ser outro: saudade.

A coordenadora e marcadora da equipe, Nathy Lima, o tema foi escolhido como uma forma de relembrar tudo o que passamos na pandemia e a saudade de tantas coisas que tivemos que deixar para trás.

O grupo, que nasceu no bairro Conquista, em Rio Branco, hoje é formado por brincantes de diversos bairros.Ao todo, 128 pessoas devem se apresentar no circuito, entre brincantes, atores, produção e banda.

“Já pensando na volta, resolvemos fazer um tema bem emblemático, a gente vai falar da saudade. Fazer as pessoas se emocionarem, sentir saudades de dançar quadrilha, de alguém que já se foi, de algum lugar que queria estar. A apresentação é voltada para esses sentimentos”, conta.

Leia Também:  Pista inaugurada no sábado pelo governador Gladson Cameli, já apresenta falhas na estrutura e precisa de reparos

O grupo também é hexacampeão estadual, e, neste concurso, do circuito das quadrilhas, é tricampeão. Nathy conta que voltar a dançar arraial após dois anos é uma forma de libertação.

“A sensação vai ser de um grito engasgado, que está na garganta há dois anos. Era costume a gente fazer festa e esse retorno vai ser muito importante, porque vai tirar esse grito engasgado na garganta de todos que gostam de São João e que fazem São João. Vamos tentar levantar o público com essa temática, que vai tentar fazer com que esse retorno seja divertido como antigamente”, finaliza. Tácita Muniz, G1 Acre

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA