RIO BRANCO

Cultura

Grupo Candeeiro retorna apresentações do espetáculo Depois de Dora

Publicados

Cultura

Na peça, Dora é interpretada por Jaqueline Chagas – Foto: Mag Araújo/Reprodução

Assessoria – De volta aos palcos para sua segunda temporada de 2021, o espetáculo tem sua estreia marcada para o dia 9 de julho às 19h30, no teatro da Usina de Arte João Donato, em Rio Branco.

A Associação Teatro Candeeiro foi criada na capital do estado no ano de 2016, fruto do professor da Universidade Federal do Acre (Ufac), Micael Cortês, e do artista e escritor Nolram Rocha. Este último é formado em Gestão de Pessoas pela Universidade do Paraná e seguiu seus estudos na Licenciatura em Teatro pela Ufac e em Direção Teatral na SP Escola de Teatro.

Escrita e dirigida por Nolram, a peça conta a história de um grupo de jovens universitários na jornada que rodeia a morte de uma mulher chamada Dora. Algumas escolhas “podem resultar em erros irreversíveis dos quais nenhum de nós é isento”, anuncia a sinopse da peça. O modo como ocorreu a morte de Dora é uma das grandes surpresas do espetáculo.

Nolram conta um pouco mais da peça. “Um acontecimento, fora do planejamento de Dora, a submeteu a uma rotina diferente da que estava acostumada e isso a abalou completamente. A partir daí, houve um encadeamento de decisões não acertadas que levaram jovens universitários a refletirem ludicamente sobre a sua história”, revela.

“Dora não é mocinha e nem vilã, ou é os dois, mas o que sabemos é que ela carrega em sua biografia a complexidade que temos em existir. O espetáculo em si nos faz emergir, com certa apreensão e muito humor, na nossa própria condição de seres finitos”, descreve o diretor.

Leia Também:  Coluna do Mario Roberto

Outras peças do grupo Candeeiro que foram trabalhadas por Nolram incluem “O Baile”, adaptação do filme homônimo de Ettore Scola; “O mambembe”, de Arthur de Azevedo, e “Uma lição longe demais”, de Zeno Wilde.

Por meio da LAB, administrada pelo governo do Estado por meio da Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM), várias peças do Candeeiro foram contempladas e financiadas. “A Lei Aldir Blanc foi difundida no meio cultural de todo o país. Fundamental para a sobrevivência dos artistas, a articulação no Acre feita pela FEM e pela Fundação Garibaldi Brasil abriu as portas para muitos sonhos saírem do papel. Temos outros projetos, além de ‘Depois de Dora’, por esta lei emergencial. Aguardem ‘Afluentes Acreanas’, de Jaqueline Chagas e ‘Uma lição longe demais’, de Zeno Wilde”, conta Nolram.

“Depois de Dora” tem a classificação indicativa de 14 anos. O espetáculo segue com apresentações durante todos os sábados e domingos do mês de julho. A entrada é gratuita e o uso de máscaras é obrigatório; o limite de ocupação do espaço é de, no máximo, 60 pessoas.

Ficha Técnica

Escrito e dirigido por: Nolram Rocha

Elenco

Isadora | Jaqueline Chagas

Enrico | Jhony Carvalho

Caetano | Hysnaip Moura

Lúcia | Lonara Teixeira

Marília | Netty França

Narciso | Bel Gabs

Genetriz | Beatriz Araújo

Contrarregragem atuante

Beatriz | Beatriz Araújo

Bianca | Bianca Cabanelas

Elias | Elias Silva

Henrique | Henrique Queiroz

Jonathan | Jonathan Torres

Rick | Rick Santos

Wesley Silva | Wesley Silva

Arte Gráfica | Pedro Daher

Assistência de direção e produção | Elias Silva

Cantores solistas | Bel Gabs, Eyshila Cristine e Beatriz Araújo

Fotografia | Mag Araújo e Bianca Cabanelas

Iluminação | Jaqueline Chagas

Assistente de operação de luz | Enrique Queiroz

Direção musical e Sonoplastia | Gustavo Leles, João Gabriel Fonseca e Nolram Rocha

Operação de som | Enrique Queiroz

Piano | Eduardo Bibiano

Violão e Percussão | Eyshila Cristine

Tecido acrobático | Hysnaip Moura

Canção original | “Fiel soldado” – Compositor: Nolram Rocha

Arranjo: banda Laika e João Gabriel Fonseca

Patrocínio | Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM) por meio da Lei Aldir Blanc

Apoio | Funerária São João Batista, Morada da Paz e Recanto Food & Beer

Realização | Associação Teatro Candeeiro

Produção | Nolram Rocha

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: A cidade está localizada na tríplice fronteira entre o Brasil, o Peru e a Bolívia, formando uma conurbação, ou núcleo de populações vizinhas, com a cidade peruana de Iñapari e com a cidade boliviana de Bolpebra. O município é servido pela rodovia BR-317, que é a única rodovia que liga o Brasil ao Peru.

Leia Também:  Expoacre atraiu mais de 200 mil pessoas em nove noites, afirma organização

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Cultura

Paróquia Nossa Senhora das Dores, em Brasileia, está realizando campanha “Maria Bonita no Natal”

Publicados

em

Você tem uma bolsa parada em casa sem uso? O Coletivo BocudXs em parceria com a Pastoral do Migrante e Caritas, Paróquia Nossa Senhora das Dores está realizando a campanha “Maria Bonita no Natal” e você pode participar doando uma bolsa em bom estado ou material de higiene pessoal como: Sabonete, creme dental, absorvente, escova de dentes, de cabelo, batom, perfume, hidratante, etc. Além disso você pode doar também roupas, brinquedos, sapatos e sacolões.

Tudo será bem vindo nessa campanha e sua doação pode ser entregue na sala da Pastoral do Migrante e Caritas, na igreja católica, Centro de Brasiléia.

“Essa campanha nós estamos recebendo de braços abertos e vai ajudar nossas mulheres que estão cadastradas aqui na Pastoral. Toda mulher gosta de ter uma bolsa e nem todo mundo faz esse tipo de doação, e por isso ficamos felizes com essa parceria” disse Leda Santiago, coordenadora da Pastoral do Migrante no município.

A coordenadora do Coletivo Bocudas, que existe desde 2019 com ações voltadas principalmente para as Mulheres, Charlene Salvatierra, ressaltou a importância da retomada das ações.
“Com a pandemia tivemos que diminuir nossas ações e agora estamos voltando com força total. E nada melhor do que ter um olhar empático para as mulheres migrantes, e por isso essa união de forças com a Pastoral, e nosso apelo para que todos possam fazer sua doação,” disse Charlene.

Leia Também:  Coluna do Mario Roberto

O lançamento oficial da campanha contou também com a participação de Silvia Aleticia, que faz parte da Pastoral do Migrante em Rio Branco.

“É muito importante quando a sociedade civil tem esse olhar empático para as causas sociais, e toda ajuda é bem vinda para ajudar essas pessoas. E para isso basta dar uma olhada em casa e vamos encontrar o que doar e fazer alguém feliz” finalizou.

E se você não pode doar, faça a divulgação da campanha e compartilhe nas redes sociais ou falem com suas vizinhas, filhas, comadres, cunhadas, amigas, enfim, com as mulheres com as quais convive ou se relacionam. Façamos com que esse gesto concreto possa fazer a diferença na vida de muitas mulheres nesse Natal.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Muitas são as dúvidas, e eu esclareço algumas. Quem tem direito a receber o abono pago com a sobra do recurso do Fundeb, anunciado pelo Governo do Acre? Uma grande manifestação foi realizada durante todo dia pela manhã em frente à casa civil e a tarde na sede da PGE – Procuradoria Geral do Estado.

Leia Também:  Prefeita Socorro Neri entrega espaço "Parque Cidade das Crianças" à comunidade no Jarbas Passarinho

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA