Cultura

Aprovação da Lei: Cruzeiro do Sul está habilitada para captação de recursos da Lei Paulo Gustavo

Publicados

Cultura

A aprovação da Lei Paulo Gustavo, pelo plenário do Senado Federal, na última terça-feira, 15, deve injetar cerca de R$3,86 bilhões de reais na cultura do país.
Em Cruzeiro do Sul, a Secretaria Municipal de Cultura e o Conselho Municipal de Cultura estão aptos para realizar a captação de parte destes recursos e promover a cultura no município.

Para ter acesso ao recurso, é necessário que o município tenha implantado o seu sistema municipal de cultura. Entre os municípios do estado de Acre, até o presente momento, apenas Cruzeiro do Sul tem este sistema já em funcionamento.

“Cruzeiro do Sul hoje é uma grande referência no estado. Fomos referência na captação dos recursos da Lei Aldir Blanc e, tenho certeza, que se a lei Paulo Gustavo for sancionada, seremos novamente uma referência para os outros municípios do estado”, disse o secretário municipal de cultura, Aldemir Maciel.

Todo e qualquer artista que esteja no cadastro de cultura de Cruzeiro do Sul está habilitado para buscar este recurso. Parte dele são verbas que estavam contingenciadas no Fundo Nacional de Cultura para produção audiovisual, por essa razão, 60% do recurso terá de ser utilizado para este segmento. Os outros 40% deverão ser usados por todos os segmentos culturais, incluídos aí: cultura indígena, dança, música, teatro, artesanato, cultura popular, patrimônio histórico e etc.

Leia Também:  Mulher morre ao cair de bicicleta e bater a cabeça em estrutura de ferro, em Cruzeiro do Sul

Cabe a cada município regulamentar a lei geral, que terá ainda que passar pela Câmara de Vereadores, após a sanção final.
“Assim como foi durante a Lei Aldir Blanc, a prefeitura irá conversar com todos os segmentos culturais, já vem sendo feito um trabalho conjunto com a sociedade civil através do conselho municipal de cultura”, explicou o secretário.

A aprovação da lei pelo senado, se deu por 74 votos favoráveis, uma única abstenção e nenhum voto contrário. A lei segue agora para sanção presidencial, mas, mesmo que o presidente opte pelo veto, os senadores podem derrubá-lo.

A expectativa é de que entre agosto e setembro este recurso já esteja disponível para os artistas e produtores culturais.

E Veja Também no 3 de Julho – Acre 24 Horas

Veja o Vídeo Abaixo: Em apoio às reivindicações dos servidores da Educação, Saúde e Segurança do Estado. Leo de Brito anunciou que entrou com uma ação popular, na Justiça Federal, para que o governador Gladson Cameli restitua aos cofres públicos os R$ 800 milhões que a Polícia Federal, por meio da Operação Ptolomeu, apontou que foram desviados. 

Leia Também:  Prefeitura realiza 5ª edição da feira do empreendedor em Cruzeiro do Sul

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página: Facebook 3 de Julho Notíci

Portal: 3dejulho.com.br Rio de Janeiro

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Cultura

Fanfarra Banslug de Plácido de Castro participa do aniversario de 46 anos de Senador Guiomard

Publicados

em

A fanfarra BANSLUG esteve abrilhantando o evento em homenagem aos 46 anos de emancipação do Quinari, a Banda hoje está sob nova direção com Neeck Paes como regente e Ingreddy Asfury como coreógrafa, gestor escolar Edmilson Paes.

A união em parceria com o prefeito Camilo Silva e o secretário de cultura Daniel Frutuoso vem trazendo excelente resultado para a comunidade Campinense, o principal é o resgate artístico cultural na área musical, que estava abandonada à alguns anos, em apenas 3 meses de ensaio o corpo musical já demonstrou muita garra, talento, dedicação e amor a arte.

A fanfarra banslug já participou de alguns eventos em municípios vizinhos, e agora foi a vez de Senador Guiomard receber a presença da banslug em sua festa de aniversário, com uma apresentação emocionante o grupo arrancou aplausos, e até um coro cantando o refrão de uma da música de seu repertório, onde o governador Gladson Cameli aplaudiu, vibrou e cantou ao som de pelados em Santos da saudosa banda Mamonas assassinas.

A banslug promete muito para 2022, a Banda vem se reestruturando e mesmo diante das dificuldades e falta de instrumentos, os alunos não medem esforços para fazer o movimento acontecer. Na ocasião a Banda já foi convidada para o 7 de setembro de Quinari, pela prefeita da cidade. Fica aqui nossos agradecimentos a este grupo que está voltando das cinzas para brilhar por meio da música.

Leia Também:  Prefeitura de Cruzeiro do Sul começa a implantação de prontuário eletrônico nas unidades básicas de saúde

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA