Crica

Coluna do Crica

O ex-prefeito de Assis Brasil, Manoelzinho (PT), seria favorito na eleição para a prefeitura do município. É indiscutível. Mas terá que ser convencido, porque não quer ser candidato. E não sem razão, ganhando herdará uma prefeitura sucateada e endividada. Um presente de grego.

Publicados

Crica

“A felicidade nasceu do altruísmo e a infelicidade do egoísmo”.

Sidarta Gautama, mais conhecido como Buda.

Por Luiz Carlos Moreira Jorge

Vai dar uma confusão dos diabos

Aliados do grupo político do secretário de Finanças, Marcelo Macedo (foto), a ele só se referem como “futuro vice-prefeito do Marcus Alexandre”. Nada contra o bom nome. É um moço extremamente competente. Mas há dois comentários a se fazer: primeiro têm de convencer os partidos nanicos a aceitar um vice do PT, porque aí a FPA perde o sentido de existir; e o segundo ponto é que, sendo o vice da chapa, ainda há uma eleição, que não será fácil de ser ganha. Esta tese de que o vice tem de ser do PT por causa da confiabilidade, já que a estratégia petista é o Marcus ser reeleito e depois se afastar para ser candidato ao governo, ainda vai dar uma confusão dos diabos. Lembrando sempre que a imagem do PT não é boa. E não vivemos mais a onda vermelha, em que bastava ser do PT para ser eleito a qualquer coisa.

Sem grana para comprar picolé

O ex-prefeito de Senador Guiomard, André Maia, discutiu com dirigentes do PSDC disputar a prefeitura do município pelo partido, em 2018. Mas exigiu uma caução de 300 mil reais para garantir a estrutura da campanha. Foi negado. O PSDC não tem caixa para comprar um picolé.

Casa de ferreiro, espeto de pau

A deputada Eliane Sinhazique (PMDB) denunciou a falta até de Dipirona no Hospital de Brasiléia, ao qual fez uma visita. Está no seu direito denunciar. Mas esqueceu de denunciar que, a prefeitura de Brasiléia, gerida pelo seu partido, mantém fechado o Centro de Saúde.

Com um agravante

E com um agravante: foram repassados recursos federais após a alagação para a manutenção desta unidade de Saúde. A justiça política para ser boa começa de casa, não é, Eliane?.

Q-Suco no menu

Alguns deputados chegaram cobrar ontem na Aleac da aniversariante deputada Leila Galvão (PT), um almoço de comemoração. É querer demais! A fama dela é de “Rainha da munheca fechada”. Quando prefeita teria servido Q-Suco na comemoração da data de casamento.

 Falou a verdade

O deputado Chagas Romão (PMDB) tocou num calo da Secretaria de Saúde. Não haver explicação para as cirurgias de fraturas na face serem encaminhadas para o Hospital do Juruá, mesmo havendo cirurgiões da especialidade em Rio Branco. Isso se arrasta há muito tempo.

A Lei é para todos

A Lei é igual para todos. É isso que se ensina nas Faculdades de Direito. A decisão da Juíza Luana Campos dando liberdade ao Hildebrando Pascoal só cumpriu o que determina a Lei.

Conversa franca

O deputado federal Werles Rocha (PSDB) teve uma conversa franca ontem, em Brasília, com o senador Gladson Cameli de que a filiação da suplente de Senador, Mailza Gomes, no PP, significará o rompimento da aliança com o PP para a disputa do governo em 2018.

Leia Também:  Coluna do Crica

Acho muito improvável

É muito improvável que o prefeito James Gomes saia do PSDB por incompatibilidade com o deputado federal Werles Rocha e deixe sua mulher Mailza Gomes neste mesmo PSDB.

Vamos ver se cumpre

O senador Gladson Cameli (PP) garantiu que no PP, Mailza Gomes não irá se filiar porque quer manter o clima de aliança e cordialidade com o PSDB. Vamos ver se cumpre o prometido.

É porque o bicho está feio

Quando dá para o deputado Jesus Sérgio (PDT), defensor do governo, reconhecer que reviu sua projeção otimista e acha que a BR-364 poderá fechar no inverno, é porque a coisa está feia. O DNIT não tem dinheiro para a recuperação dos trechos críticos e logo virá a chuva.

Vai sobrar para o Juruá

A BR-364 fechando vai sobrar a banda podre para os moradores do Juruá. As balsas que transportavam produtos de Manaus para Cruzeiro do Sul foram vendidas após o asfaltamento da estrada. A situação é bem mais séria do que se possa imaginar.

Foi um bom vereador

O vereador Juracy Nogueira (PSB) renunciou ontem ao mandato. Um ato inédito na Câmara Municipal de Rio Branco. E mais inédito foi o motivo alegado: “estou desiludido com a política”. Juracy é um moço de caráter reto. Foi um bom vereador.

Com a palavra, o nil!

A unidade da SEAPROF em Xapuri foi cedida à Fábrica de Camisinha e com isso os produtores ficaram sem ter onde estocar suas produções. O fato foi denunciado na Aleac. Cobriram um santo, e descobriram o outro? Com a palavra, o secretário Nil Figueiredo.

Tamanho do escândalo

Segundo dados da Superintendência Regional da Pesca, só em Rio Branco, no período eleitoral, foram emitidas 1.600 carteiras para novos pescadores. E no nosso Rio Acre só dá piranambu.

Quem quer carteira?

E segundo palavras do superintendente da Pesca, Samy Pinheiro, em Mâncio Lima foram tantas as carteiras graciosas distribuídas, que no município tem hoje mais pescadores do que peixes nos rios da região.

Parte cômica da eleição

Toda eleição tem a sua figura cômica. A próxima será a do Dr. Robert Rey, o “cirurgião plástico das estrelas”, que pretende ser candidato a senador pelo Acre, em 2018. Pobre da política!.

Nosso zamir texeira

Doctor Rey será mais uma figura folclórica, como foi o empresário Zamir Texeira, quando disputou o Senado pelo Acre e foi derrotado por Nabor Junior (PMDB).

Convite será feito

O PT vai convidar Zilma Paiva para formar na chapa majoritária da FPA. Hoje se encontra filiada no PP. Se ela vai aceitar o convite é outra história. O certo é que o prefeito Tonheiro (PT) é tido como derrota certa se disputar a reeleição. E Zilmar é um nome simpático ao governador Tião Viana.

Leia Também:  Coluna do Crica

Como na música

“Não confie em ninguém com mais de 30 anos”, era um dos chavões do movimento hippie da década de 70. Na política, não confie em ninguém que se diz “ideológico”. O professor Zequinha, ideólogo do PCdoB no Juruá, foi nomeado pelo prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales, a quem tinha como inimigo da direita, seu secretário de Cultura. Isso é a política

Cravo e ferradura

A Apóstola Dayse, da Igreja RENOVADA, apostará em duas vertentes políticas antagônicas na eleição municipal: Socorro do PT e Nelson da Auto Escola Vitória, do PP do Gladson Cameli.

Preocupação do PT

O prefeito de Feijó, Merla Albuquerque (PT), saneou a prefeitura do município. A preocupação da cúpula petista é que não faz política e que por isso se disputar a reeleição pode ser derrotado. A aposta do PT é seu pai Francimar Fernandes, um ganhador de eleições.

Ficou fortalecida

A oposição em Feijó ficou fortalecida na última eleição, quando o candidato Chicarlos teve 9 mil votos para deputado federal, com a maioria da votação sendo no município.

Precisa ser convencido

O ex-prefeito de Assis Brasil, Manoelzinho (PT), seria favorito na eleição para a prefeitura do município. É indiscutível. Mas terá que ser convencido, porque não quer ser candidato. E não sem razão, ganhando herdará uma prefeitura sucateada e endividada. Um presente de grego.

Outro nome

Embora esteja bem nas pesquisas, o ex-prefeito Bira Vasconcelos (PT) não deve ser o candidato a prefeito pelo partido. O comando político do PT discute outro nome para a eleição no próximo ano.

História do pt

O PT jamais deixará de ter candidato próprio num município como Xapuri, emblemático ao par tido nas lutas do movimento ecológico, com Chico Mendes, Raimundão e tantas outras lideranças rurais.

PRONA

Um grupo de jovens está articulando a fundação do PRONA, no Acre, partido que ficou conhecido por ter tido como candidato á presidência da República, o homem do bordão: “meu nome é Enéias!”.

Campanha azeitada

Cleber Cara Rachada será o coordenador financeiro da campanha do Pelezinho a vereador de Rio Branco. Jogo de camisa, caixa de água, tijolo, areia, é só começar a procurar o Cleber para agendar.

As tiradas do Romildo

O ex-governador Romildo Magalhães sempre foi muito franco. Quando algum deputado chegava no seu gabinete e começava a alongar a conversa do tipo enche lingüiça, cortava o papo pela metade: “diz logo qual é o favor que você quer e deixe de embromação”. O visitante num instante dizia o que pretendia. E quando não queria atender a nenhum deputado, recomendava ao chefe do Gabinete Civil, Geraldo Gonsalo: “não vou receber ninguém hoje, só me procuram para dar facadas e não estou com o meu coleta à prova de faca”. Com o ex-governador Romildo Magalhães era sim, sim e não, não. 

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Crica

Cabeças coroadas começam a rolar na saúde

O secretário de Saúde, Alysson Bestene, revelou ontem ao BLOG DO CRICA que deu início a uma série de demissões de diretores de unidades como UPAs e setores administrativos da secretaria.

Publicados

em

Por

O secretário de Saúde, Alysson Bestene, revelou ontem ao BLOG DO CRICA que deu início a uma série de demissões de diretores de unidades como UPAs e setores administrativos da secretaria.

“Serão oito os que serão substituídos inicialmente, podendo chegar a mais”. Os nomes dos que sairão e dos que foram convidados para compor a equipe já foram enviados ao governador para avaliar. Ontem, em Brasiléia, em conversa com o blog, Gladson Cameli anunciou que tinha convocado uma reunião com a equipe de diretores da Saúde e determinado ao Alysson: “ou ele faz as mudanças necessárias para melhorar o sistema de saúde, ou também vai ter que sair. Não posso esperar mais, é muita cobrança”. Durante o seu discurso no ato de lançamento do programa de ramais no município, Cameli fez também muitas reclamações de que o atendimento na Saúde não é o que almejava para a população, e que quer ver mudanças rápidas. Outra medida anunciada ontem pelo secretário Alysson ao BLOG DO CRICA, foi a que formou uma comissão especial, composta por médicos, enfermeiros, assistentes sociais, que vão detectar os pontos de estrangulamento e demandas do HUERB e apresentar sugestões para melhorar o sistema. Foram duas decisões sensatas: a primeira de pedir a demissão dos diretores que não se adequaram às novas normas. E a segunda de criar uma comissão plural, para chegar a um diagnóstico sobre como melhorar o atendimento. Quando se faz no BLOG uma crítica não se torce contra, mas sempre a favor que melhore.

CHINA CONTINUA FORTE

O homem que comanda o setor financeiro da Saúde, o popular China, não será demitido como chegou a ser especulado na imprensa. Seu nome andou envolvido em suposto pedido de propina. Por nada ter sido provado, o secretário Alysson diz que o manterá no cargo.

PORTAS ABERTAS

Com a perda do deputado Neném Almeida, o SOLIDARIEDADE da deputada federal Vanda Milani (SD) abriu as suas portas para a entrada do deputado Fagner Calegário (PV).

OPOSIÇÃO ESCANGALHADA

Ontem, estive em Brasiléia, e perguntei a amigos como andava a oposição para a disputa da prefeitura. O comentário mais positivo: “escangalhada”. Bem definido. Nenhuma cara nova para ameaçar a prefeita Fernanda Hassem (PT) e com o grosso das lideranças com problemas penais. Some a isso estar a Fernanda fazendo uma boa gestão e também ser política.

AMIGUINHOS DE INFÂNCIA

O leitor se lembra da briga ferrenha do Major Rocha com o Coronel Ulisses Araújo? Pois bem, viraram amiguinhos desde a infância e aliados. Ulisses é um dos assessores mais próximos do secretário de Segurança, Paulo César, e irá coordenar o programa de vigilância da fronteira.

Leia Também:  Coluna do Crica

SEMPRE DIGO NO BLOG

Tenho avisado várias vezes alertando para que não tomem partido em brigas de políticos, porque eles acabam se acertando, e quem entrou na briga acaba dando com a cara no chão.

A VIDA É UMA RODA VIVA

Encontrei ontem com um amigo das antigas do PT, que nos últimos 20 anos ocupou cargo de confiança de destaque nos governos petistas e papeamos um pouco em meio a compras no supermercado. Disse que “a barra está dura”, teve até que se desfazer do carro e me perguntou se não sabia de algum emprego. A velha questão: cargo de confiança não é eterno.

VALE PARA OS ATUAIS

O exemplo deste meu amigo serve para os ocupantes de cargos de confiança deste governo.

OPINIÃO DE QUEM ENTENDE

Empresário do setor de comunicação e gráfica me confessou que não vê como a questão da licitação da mídia do governo no valor de 5,4 milhões ser resolvida de forma definitiva, dia 15 de junho, quando sairá a decisão. Avalia que haverá recursos e a briga vai para justiça.

DEIXOU DE SER MAU PAGADOR

O Estado, que estava punido por o governo anterior ser mau pagador ao atrasar parcelas de empréstimos junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID, agora voltou a ser adimplente junto ao Tesouro Nacional. Ponto positivo para a equipe econômica do governo.

GUERRA ÁS MULTAS

O governador Gladson conclamou a que os produtores rurais que foram multados pelo IMAC não paguem as suas multas, porque vai anistiá-las. A ordem é licenças ambientais rápidas.

FIM DE UM PESADELO

Se a anistia vai de fato acontecer não sei, como São Tomé, prefiro esperar para ver. Mas só o anúncio de que o homem do campo não terá mais o batalhão de multadores nas suas porteiras, já é o fim de um pesadelo que era fato corriqueiro nos governos petistas.

NÃO ESCOLHE CANDIDATO

O prefeito de Epitaciolândia, Tião Flores, disse ontem ao BLOG do CRICA, que prevê três candidaturas a prefeito fora a dele: do Chiquinho Chaves (PSD), a do PT e a dos Hassem. Mas fez a ressalva de que não escolhe candidato: “quem vier, Crica, será surrado nas urnas”.

Leia Também:  Coluna do Crica

COM A GUILHOTINA EM PONTO DE CORTE

No seu discurso de ontem em Brasíléia, o governador Gladson Cameli se mostrou angustiado com a falta de resultados na área da Saúde. Ocupou bom espaço da fala prometendo que não vai mais esperar, que não agüenta mais as cobranças, e que cabeças vão rolar no setor.

ENTROU EM HIBERNAÇÃO

Depois de tantos anúncios da sua queda do cargo, o secretário de Agricultura, Paulo Wadt, continua firme mesmo com a pressão dos políticos tucanos. Entrou em hibernação e sumiu.

NÃO TEM RECLAMAÇÃO

Se na secretaria de Saúde do Estado chove problema, o mesmo não acontece no município de Rio Branco, onde o secretário de Saúde, Otoniel, consegue fazer uma gestão afinada e com poucas reclamações. Se fosse ao contrário as críticas estariam pipocando nas redes sociais.

COMANDANTE DEMOCRÁTICO

O bom gestor sabe que o cargo não lhe pertence e que deve satisfação ao povo. Fiz críticas contra a falta de policiamento ostensivo em rondas no bairro Tropical, e recebi a seguinte resposta do Comandante da PM, Coronel Ezequiel Bino, que mostrou que democracia não se fala, se pratica: “Olá, Luis Carlos. Como grande parte dos acreanos sou leitor da sua coluna e por entender que a Polícia Militar está afinada e atenta às reclamações, sugestões, opiniões, aflições da sociedade, quero dizer que tratarei do policiamento do Tropical e entorno com a Comandante imediata da área, Maj Jokebed e logo daremos uma resposta. Obrigado pela sua manifestação. Cmt Geral da PMAC, Cel Bino”. Um exemplo para os gestores do governo.

SAIRÁ POR CIMA

Política é momento. Construindo as prometidas pontes de Brasiléia e de Xapuri, o governador Gladson Cameli ficará em alta eleitoral na região do Alto Acre, onde, por sinal foi campeão de votos. Não se analisa a política com base no imediatismo de quem mal começou o governo.

NÃO É BESTA

O governador Gladson Cameli me disse certa feita em uma entrevista que tem gente que pensa ele ser “besta”. E, não é mesmo! Tanto não é que, ele desarmou qualquer movimento no seu grupo de aliados sobre sua sucessão ao dizer que será candidato á reeleição.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA