Concurso

Nova pesquisa Datafolha. Dilma tem 40%, Marina, 24%, e Aécio, 21%.

Em simulação de segundo turno, Dilma tem 48% e Marina, 41%. Instituto ouviu 12.022 eleitores nos dias 1º e 2 de outubro.

Publicados

Concurso

Em simulação de segundo turno, Dilma tem 48% e Marina, 41%. Instituto ouviu 12.022 eleitores nos dias 1º e 2 de outubro.

Do G1, em São Paulo

678

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (2) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para a Presidência da República:

– Dilma Rousseff (PT): 40%
– Marina Silva (PSB): 24%
– Aécio Neves (PSDB): 21%
– Pastor Everaldo (PSC): 1%
– Luciana Genro (PSOL): 1%
– Eduardo Jorge (PV): 1%
– Zé Maria (PSTU): 0%*
– Rui Costa Pimenta (PCO): 0%*
– Eymael (PSDC): 0%*
– Levy Fidelix (PRTB): 0%*
– Mauro Iasi (PCB): 0%*
– Branco/nulo/nenhum: 5%
– Não sabe: 5%

* Cada um dos cinco indicados com 0% não atingiu, individualmente, 1% das intenções de voto; somados, eles têm 1%.

No levantamento anterior do instituto, divulgado no dia 30, Dilma tinha 40%, Marina, 25%, e Aécio, 20%.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S.Paulo”.

Votos válidos

Se forem excluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, mesmo procedimento utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição, os índices são:

Dilma – 45%
Marina – 27%
Aécio – 24%
Luciana Genro – 1%
Pastor Everaldo – 1%
Eduardo Jorge – 1%
Outros com menos de 1% – 1%

Leia Também:  UFAC recebe inscrições para o Pré-Enem Comunitário 2016

Para vencer a disputa no primeiro turno, um candidato precisa de 50% mais um dos votos válidos.

Segundo turno

O levantamento divulgado nesta terça indica que, em um eventual segundo turno entre Dilma e Marina, a candidata do PT tem 48% das intenções de voto e a do PSB, 41%. Na semana passada, Dilma tinha 49% e Marina, os mesmos 41%.

Na simulação de segundo turno entre Dilma e Aécio, a petista vence por 48% a 41% (50% a 41% na semana anterior).

O Datafolha ouviu 12.022 eleitores em 433 municípios nos dias 1º e 2 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00933/2014.

Espontânea

Na modalidade espontânea da pesquisa (em que o pesquisador somente pergunta ao entrevistado em quem ele pretende votar, sem apresentar a lista de candidatos), os resultados são os seguintes:

– Dilma Rousseff : 35%
– Marina Silva: 20%
– Aécio Neves: 17%
– Outras respostas: 3%
– Em branco/nulo/nenhum: 5%
– Não sabe: 20%

Leia Também:  Em Brasiléia, UFAC abre 900 vagas para o curso Pré ENEM 2016

Rejeição

A presidente Dilma tem a maior taxa de rejeição (percentual dos que disseram que não votam em um candidato de jeito nenhum). Nesse item da pesquisa, os entrevistados puderam escolher mais de um nome. Veja os números:

– Dilma Rousseff: 32%
– Marina Silva: 25%
– Pastor Everaldo: 22%
– Levy Fidelix: 22%
– Aécio Neves: 21%
– Zé Maria: 18%
– Eymael: 16%
– Luciana Genro: 16%
– Rui Costa Pimenta: 15%
– Eduardo Jorge: 14%
– Mauro Iasi: 14%

Avaliação da presidente

A pesquisa mostra que a administração da presidente Dilma Rousseff tem a aprovação de 39% dos entrevistados – mesmo índice do levantamento anterior, divulgado no último dia 30. O percentual de aprovação reúne os entrevistados que avaliam o governo como “ótimo” ou “bom”.

Os que julgam o governo “ruim” ou “péssimo” são 23%, segundo o Datafolha (mesmo percentual da semana passada). Para 36%, o governo é “regular” (eram 37% no levantamento anterior).

O resultado da avaliação é:

– Ótimo/bom: 39%
– Regular: 36%
– Ruim/péssimo: 23%
– Não sabe: 2%

A nota média atribuída pelos entrevistados ao governo foi 6,0 (ante 6,1 na semana anterior).

Datafolha - 2.10 (Foto: Arte/G1)
COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Concurso

Ieptec disponibiliza mais de 100 vagas em cursos na área da construção civil em Rio Branco e região

Publicados

em

Assessoria – O Instituto de Educação Profissional e Tecnológica do Acre (Ieptec) Dom Moacyr, junto ao Programa de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), em sua nova denominação Novos Caminhos, está com inscrições abertas para educandos em diversos cursos na área da construção civil.

As formações, que são de qualificação profissional com duração de até três meses, estando sujeitas à prorrogação, serão realizadas na modalidade presencial subsequente.

Os cursos são: Ajudante de Obras (2 turmas com 30 vagas cada), Pedreiro em Alvenaria (1 turma com 30 vagas), Pedreiro em Alvenaria Estrutural (1 turma com 30 vagas), Pedreiro de Revestimento de Argamassa (1 turma com 30 vagas), somando 120 vagas, e a escolaridade exigida é o ensino fundamental completo.

O Centro de Educação Profissional e Tecnológica (Cept) em Serviços Campos Pereira é a unidade descentralizada da rede Ieptec no Acre responsável pela execução dos cursos.

As inscrições estão abertas desde o dia 20 de julho, e se estenderão até o dia 26 do mesmo mês (exceto no sábado e domingo), e estão acontecendo apenas de forma presencial.

Leia Também:  Instituto de renome nacional realizará concurso da Prefeitura de Cruzeiro do Sul

Os candidatos interessados em realizar sua inscrição devem comparecer ao Cept de Gastronomia e Hospitalidade Miriam Assis Felício, localizado na Avenida Afif Arão, s/n, na Cidade do Povo, no horário das 7h às 11h e das 13h às 17h munidos de cópias do RG, CPF, comprovantes de escolaridade (declaração ou histórico), de endereço e do CadÚnico (caso tenha registro).

A forma de seleção será por ordem de inscrição, e as listas com os nomes dos candidatos selecionados estão previstas para serem divulgadas no dia 29/07/22, na plataforma do Ieptec, no endereço eletrônico: ead.ieptec.ac.gov.br.

O início das aulas está previsto para acontecer no dia 01/08/22, na Escola Profª Cristina Maia, na Cidade do Povo, em Rio Branco.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA