Câmara de Rio Branco planeja Seminário sobre Mobilidade Urbana

Não é de hoje que se questiona o fluxo de veículos, número de ciclovias, dificuldades de calçadas e tantos outros traços que definem a cidade de Rio Branco.

Pensando em discutir de forma macro a questão da Mobilidade Urbana na capital acreana, o vereador Eduardo Farias (PCdoB) apresentou a proposta de realização de um seminário, envolvendo não só a Casa do Povo, mas a população e os mais diversos seguimentos que compõem de forma direta ou indireta a estruturação da cidade.

Para a primeira troca de ideias, foi realizado uma conversa com alguns representantes de entidades sindicais, ativistas, representantes de autarquias e representantes de gabinetes federais, como do senador Sérgio Petecão (PSD).

“Nesse primeiro momento esse grupo foi convidado para dá o ponta pé inicial, onde estaremos convidando outras pessoas e entidades como faculdades, conselhos, autoridades do cenário nacional entre outros para se estabelecer eixos de discussões e que se coloque em pratica, pois precisamos nos unir se quisermos melhorar nossa cidade e não deixar tudo sob a responsabilidade da prefeitura”, disse Eduardo.

Algumas divisões de tarefas foram feitas para se apresentar na próxima reunião a ser marcada com as demais entidades listadas pelos presentes, onde sairá a data para dois dias de aprimoramento da mobilidade de Rio Branco.

Câmara de Rio Branco planeja Seminário sobre Mobilidade Urbana

Não é de hoje que se questiona o fluxo de veículos, número de ciclovias, dificuldades de calçadas e tantos outros traços que definem a cidade de Rio Branco.

Pensando em discutir de forma macro a questão da Mobilidade Urbana na capital acreana, o vereador Eduardo Farias (PCdoB) apresentou a proposta de realização de um seminário, envolvendo não só a Casa do Povo, mas a população e os mais diversos seguimentos que compõem de forma direta ou indireta a estruturação da cidade.

Para a primeira troca de ideias, foi realizado uma conversa com alguns representantes de entidades sindicais, ativistas, representantes de autarquias e representantes de gabinetes federais, como do senador Sérgio Petecão (PSD).

“Nesse primeiro momento esse grupo foi convidado para dá o ponta pé inicial, onde estaremos convidando outras pessoas e entidades como faculdades, conselhos, autoridades do cenário nacional entre outros para se estabelecer eixos de discussões e que se coloque em pratica, pois precisamos nos unir se quisermos melhorar nossa cidade e não deixar tudo sob a responsabilidade da prefeitura”, disse Eduardo.

Algumas divisões de tarefas foram feitas para se apresentar na próxima reunião a ser marcada com as demais entidades listadas pelos presentes, onde sairá a data para dois dias de aprimoramento da mobilidade de Rio Branco.

Projeto de Lei do vereador João Marcos Luz faz Câmara realizar Audiência Pública sobre supostas irregularidades nos postos de combustíveis

A Câmara Municipal realizou uma audiência Pública para discutir formas para combater possíveis irregularidades nos postos de combustíveis de Rio Branco, no Acre.

Autor do Projeto de Lei que dispõe sobre a cassação do Alvará de Funcionamento de empresas e postos estabelecidos no Município de Rio Branco que revenderem combustíveis adulterados, o vereador João Marcos Luz (MDB) requereu o debate junto ao vereador Rodrigo Forneck.

“Quero agradecer a todos que marcaram presença. É ouvindo a sociedade que a gente traz o debate. Há diversas reclamações, então trazemos para esta Casa as emoções e as razões do povo. Meu objetivo é defender o consumidor e o bom empresário. Quando a pessoa é lesada a pena para quem cometeu o crime tem que ser dura. Este projeto será votado. Quem é a favor da fiscalização é a favor da correção também. A maioria dos empresários trabalha correto e não será atingido. O sindicato dos postos e o Procon prestaram os devidos esclarecimentos à população. Tivemos participação ativa também dos vereadores e do público que acompanhou com perguntas e sugestões”

A presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Combustível, Gás Liquefeito de Petróleo e Lubrificantes do Acre (SINDEPAC), Karyenne Saraiva Machado, explicou como ocorre a fiscalização para tentar impedir qualquer tipo de ilegalidade.

“Periodicamente os postos do Acre são visitados pela Agência Nacional de Petróleo – ANP. A vistoria para atestar a qualidade do serviço ocorre duas vezes por ano, e não somos avisados. Quando há necessidade, o Procon também nos visita. O Inmetro também vistoria as bombas duas vezes por ano”, disse a presidente.

O Procon também esteve presente a importante Audiência Pública representado pelo diretor-geral André Gil Afonso Pereira.

“Há muita reclamação quanto aos preços. Quanto a qualidade não temos conhecimento pois esta fiscalização compete à ANP, órgão federal responsável por verificar se há ou não adulteração nos combustíveis. A ANP possui os instrumentos necessários para a fiscalização. Informo que na Audiência Pública na Assembleia Legislativa o Ministério Público do Acre afirmou que está trabalhando para realizar uma ação que visa fiscalizar os postos. Por fim, o Procon sugere a instalação de uma sede da ANP aqui no estado para que a qualidade do serviço seja verificada com maior frequência. Não há indícios sobre a prática de cartel, entretanto, o Procon continuará atuante fiscalizando dentro das nossas competências”, destacou o dirigente

O vereador João Marcos Luz lamentou a não participação do MP/Acre para enriquecer os debates. Participação que segundo o parlamentar seria fundamental para esclarecer algumas dúvidas da população.

“Cadê o MP? Infelizmente é a segunda vez que convidamos o Ministério Público para uma Audiência Pública e o órgão não se faz presente. A participação do MP seria importante para a população que poderia ser orientada, principalmente quando lesada por alguma prática ilegal, sobre os seus direitos e os caminhos para denunciar e/ou ajuizar uma ação”, concluiu.

Projeto do vereador João Marcos faz Câmara realizar Audiência sobre supostas irregularidades nos postos de combustíveis

A Câmara Municipal realizou nesta segunda-feira, 12 de agosto, uma audiência Pública para discutir formas para combater possíveis irregularidades nos postos de combustíveis de Rio Branco, no Acre.

Autor do Projeto de Lei que dispõe sobre a cassação do Alvará de Funcionamento de empresas e postos estabelecidos no Município de Rio Branco que revenderem combustíveis adulterados, o vereador João Marcos Luz (MDB) requereu o debate junto ao vereador Rodrigo Forneck.

“Quero agradecer a todos que marcaram presença. É ouvindo a sociedade que a gente traz o debate. Há diversas reclamações, então trazemos para esta Casa as emoções e as razões do povo. Meu objetivo é defender o consumidor e o bom empresário. Quando a pessoa é lesada a pena para quem cometeu o crime tem que ser dura. Este projeto será votado. Quem é a favor da fiscalização é a favor da correção também. A maioria dos empresários trabalha correto e não será atingido. O sindicato dos postos e o Procon prestaram os devidos esclarecimentos à população. Tivemos participação ativa também dos vereadores e do público que acompanhou com perguntas e sugestões”

A presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Combustível, Gás Liquefeito de Petróleo e Lubrificantes do Acre (SINDEPAC), Karyenne Saraiva Machado, explicou como ocorre a fiscalização para tentar impedir qualquer tipo de ilegalidade.

“Periodicamente os postos do Acre são visitados pela Agência Nacional de Petróleo – ANP. A vistoria para atestar a qualidade do serviço ocorre duas vezes por ano, e não somos avisados. Quando há necessidade, o Procon também nos visita. O Inmetro também vistoria as bombas duas vezes por ano”, disse a presidente.

O Procon também esteve presente a importante Audiência Pública representado pelo diretor-geral André Gil Afonso Pereira.

“Há muita reclamação quanto aos preços. Quanto a qualidade não temos conhecimento pois esta fiscalização compete à ANP, órgão federal responsável por verificar se há ou não adulteração nos combustíveis. A ANP possui os instrumentos necessários para a fiscalização. Informo que na Audiência Pública na Assembleia Legislativa o Ministério Público do Acre afirmou que está trabalhando para realizar uma ação que visa fiscalizar os postos. Por fim, o Procon sugere a instalação de uma sede da ANP aqui no estado para que a qualidade do serviço seja verificada com maior frequência. Não há indícios sobre a prática de cartel, entretanto, o Procon continuará atuante fiscalizando dentro das nossas competências”, destacou o dirigente

O vereador João Marcos Luz lamentou a não participação do MP/Acre para enriquecer os debates. Participação que segundo o parlamentar seria fundamental para esclarecer algumas dúvidas da população.

“Cadê o MP? Infelizmente é a segunda vez que convidamos o Ministério Público para uma Audiência Pública e o órgão não se faz presente. A participação do MP seria importante para a população que poderia ser orientada, principalmente quando lesada por alguma prática ilegal, sobre os seus direitos e os caminhos para denunciar e/ou ajuizar uma ação”, concluiu.

Vereador Juruna diz que conflito entre lei municipal e código de postura prejudicam ambulantes

Foi assim que o vereador José Carlos Juruna (PHS), iniciou sua fala na tribuna da Câmara de Vereadores de Rio Branco

“Estamos agendando com o secretário da Seinfra, Marcos Venício, para que possamos buscar o equilíbrio para a atividade do ambulante, conforme previsto na lei do código de postura do município”.  

Segundo o vereador o código de conduta e a lei do município não estão caminhando juntos o que vem gerando conflito e prejuízos aos pequenos comerciantes. “A gente quer adequar, por isso, vamos buscar o melhor entendimento possível”, disse.

Juruna explicou que apesar da lei estabelecer critérios e o exercício da atividade, mesmo assim ainda se faz necessário um maior entendimento sobre a liberação do exercício da atividade do vendedor ambulante.  Ele também disse que é preciso saber qual a razão da não liberação de novas atividades.

Além disso, o vereador lembrou que centro de Rio Branco não comporta mais ambulantes, que há necessidade de abrir vagas nos bairros e que precisa ter esse entendimento junto a Seinfra. “Precisamos desse entendimento para dar uma resposta aos pais de famílias que nos procuram e procuram a prefeitura em busca de espaço”, salientou.

Violência contra mulher, aniversário da Seis de Agosto e inauguração do PS foram temas abordados por Lene Petecão na tribuna da Câmara

A violência contra a mulher foi um dos temas abordados pela vereadora Lene Petecão (PSD), hoje, 07, na tribuna da Câmara Municipal.

A parlamentar falou sobre as tratativas para a realização de uma audiência pública, que deverá abordar os avanços e os novos desafios para o combate a violência contra a mulher.

Lene também destacou a solenidade alusiva aos 115 anos do bairro Seis de Agosto, realizada ontem, 06. “Eu nasci lá, morei lá, não moro mais, mas meus parentes continuam lá. Foi uma festa linda. O vereador Rodrigo Forneck (PT) tem razão quando diz que a prefeita Socorro Neri tem que ser referendada quando faz um trabalho de qualidade”, salientou.

A parlamentar relatou que esteve na Seis de Agosto um dia antes, conversando com os moradores sobre a realização da obra, “Os moradores estavam felizes com a obra, aquilo tem uma importância muito grande, pois é o bairro mais antigo de Rio Branco”, disse.

Lene comentou ainda que a quadra de grama sintética, era um sonho antigo de seu irmão, o senador Sérgio Petecão (PSD), que já havia destinado emendas para construção de muitas quadras no Estado, mas não conseguia destinar para a Seis de Agosto em razão do governo Federal ter o local como área alagadiça. “Mas para a construção civil, tudo é possível e graças a Deus ontem entregamos esse presente pra nossa população”, frisou.

 “Aqueles moradores sofrem a violência da bandidagem. Nós não temos espaço para nossa juventude. Então, aquele espaço tem um significado muito importante. Parabéns Senador Petecão, parabéns prefeita Socorro Nery e sua equipe (…), parabéns também pro ex-prefeito Marcos Alexandre. A gente não constrói destruindo o que as pessoas fizeram atrás, a gente constrói quando cobra e está presente pra ver uma obra daquele tamanho e magnitude”, relatou a vereadora.

Para finalizar sua fala na tribuna a parlamentar destacou a inauguração do Pronto Socorro de Rio Branco, ocorrida também no dia 06. “Alguns dizem que o governador Gladson Cameli (PP) fez chacota porque levou bolo pra inauguração (…), mas gente, tudo que é bom a gente comemora com bolo. (…)Ali foram dez anos que nós esperamos pacientemente”, falou a vereadora.

E continuou: “O governador foi muito sincero quando disse que precisamos avançar mais. O trabalho precisa ser de qualidade e nós precisamos avançar. Não sou daquelas que varre o pó para baixo do tapete, vou cobrar. Se tem  um espaço digno para trabalhadores, para os médicos e enfermeiros, tem  que ter um serviço digno e de qualidade para a população que precisa”, finalizou Lene.

Vereador Mamed Dankar é a favor dos Taxistas que querem implementar serviço de táxi compartilhado

Os profissionais sinalizaram o desejo de implementar na Capital o serviço de táxi compartilhado.

O vereador Mamed Dankar (PT), em pronunciamento na sessão de terça-feira, 9, relatou a participação de reunião com representantes do Sindicato dos Taxistas no Acre e Condutores Autônomos. 

“Os taxistas vivem uma situação delicada e estão em busca de uma resolução. Em verdade, a fiscalização em nossa cidade é precária e isso permite que muitos pirangueiros ainda se façam presentes no Sistema de Transporte da capital. Outra dificuldade dos taxitsas é que os motoristas de aplicativos conseguem liminares atrás de liminares, o que acaba por protelar algumas coisas. A soma desses problemas fizeram com que os taxistas tomassem a decisão de implementar esse serviço.

Dankar disse ainda que os profissionais protocolaram na segunda-feira, 8, na prefeitura de Rio Branco um documento solicitando ao Executivo que encaminhe a Câmara uma alteração na lei para regulamentar esse serviço.

“Durante a reunião fui informado por aqueles profissionais que a categoria já havia protocolado na prefeitura um documento pedindo que fosse encaminhado a essa Casa uma alteração na lei para regulamentar o táxi compartilhado. Eles não abrem mão de colocar em prática esse serviço. Esse é um debate que chegará a essa Casa, portanto, temos que ter sabedoria em conduzi-lo”, alertou.

O parlamentar frisou que em recente pesquisa descobriu que outras cidades já implementaram o serviço, cada uma com sua especificidade. Segundo ele, o mesmo pode ser feito aqui.

“Fui pesquisar onde já existe esse serviço. Vi que Porto Velho, Manaus, Rio de Janeiro, São Paulo, enfim, muitas cidades já dispõem desse tipo de serviço. Cada uma com suas especificidades, por exemplo, uns limitaram o número de táxis circulando nas ruas, outros o valor – não podendo ultrapassar o que é cobrado na tarifa de ônibus -, outro o horário de circulação. É um assunto deverá ser debatido detalhadamente”, finalizou.

Vereador Eduardo Farias diz que Gladson Cameli precisa mudar o discurso

Farias citou como exemplo a obra do novo Pronto-Socorro da capital, que segundo ele houve críticas de membros do governo por não haver rampa para quem precisar descer do helicóptero.  

O comunista Eduardo Farias, usou seu tempo na tribuna para tecer críticas ao discurso utilizado pelo governo de Gladson Cameli. Segundo ele é preciso mudar. Demonstra desvio de caráter e falta de norte na administração do Estado.

“O tipo de discurso que o governador tem feito, tem um prazo de validade. Muitas obras estão paradas, todas encaminhadas, licitadas e com recursos na conta”, disse o vereador que completou: “Todas vão ser inauguradas e não terão a dignidade de dizer quem começou”.

“A obra ta quase toda concluída, mas não tem rampa no heliporto, trouxeram profissionais de fora para realização de estudos estruturais para a construção. Vão fazer a rampa rapidamente para inaugurar. Mas só falaram da rampa. O heliporto, o prédio, a ideia, nada valeu. A rampa pro doente que chegar de helicóptero é que vai ser a grande obra”, destacou.

“Tenho críticas ao governo do Tião Viana, a condução política que ele fez, mas inaugurar obras que já estão caminho andado e ficar dizendo que é coisa da sua lavra é no mínimo falta de verdade. Um desvio muito grave de personalidade. Como eu disse, esse discurso tem prazo de validade, olha a questão da violência, ia ser resolvida em dez dias, já estamos em seis meses e agora mudou o discurso. Isso denota uma coisa: chegaram ao governo sem saber o que fazer. Isso é muito grave”, salientou.

Vereador Forneck diz que a população dos bairros mais distantes também merece ter qualidade na iluminação pública

Quem quiser medir a eficiência da iluminação de LED, basta visitar a Avenida Amadeo Barbosa no período da noite.

O líder do Executivo na Câmara de Vereadores, Rodrigo Forneck (PT), destacou a importância de o Legislativo Municipal aprovar o projeto Modernização e Melhoria de Eficiência Energética da Iluminação Pública, enviada à casa pela Prefeitura de Rio Branco.

“A substituição da iluminação convencional de Rio Branco por luminárias de LED, além gerar economia ao Município, fortalece a segurança dos riobranquenses. O projeto beneficia diretamente a população. As pessoas que moram nos bairros mais distantes da nossa capital também têm direito a uma iluminação pública de qualidade”, endossou Rodrigo.

A discussão veio à tona na sessão desta quarta-feira, 10. O projeto Modernização e Melhoria de Eficiência Energética da Iluminação Pública consiste em uma série de ações, como a economia do consumo energético e a redução significativa dos gastos com manutenção e fiscalização.

Atualmente, a Prefeitura de Rio Branco possui o gasto anual de R$ 19,4 milhões com atual sistema de iluminação. Com o de LED, esse custo cai para R$ 6 milhões. “A oposição quer que façamos uma troca a longo prazo, mas, nós queremos fazer de imediato para que todos os riobranquenses sejam contemplados”, frisou o líder do Executivo na Câmara.

Além de serem possuírem maior durabilidade, tendo em vista que a vida útil de uma lâmpada tradicional é de 15 mil horas, enquanto as de LED possuem a durabilidade de 50 mil horas, as novas luminárias são ambientalmente mais limpas.

“Quem quiser medir a eficiência da iluminação de LED, basta visitar a Avenida Amadeo Barbosa no período da noite. E depois se pergunte, é justo esse benefício chegar só nas áreas centrais da cidade? Por que a periferia não pode desfrutar também? Esse projeto vai alcançar os bairros mais distantes”, destacou o petista.

Vereador Artêmio Costa denuncia perseguição nas secretarias estaduais e repudia declaração da secretária de saúde

O vereador Artêmio Costa (PSB) denunciou na manhã de hoje, 10, perseguição política dentro das secretarias estaduais.

Segundo ele, servidores estão sendo colocados de escanteio por conta de haverem trabalhado no governo anterior, além de estarem com seus pedidos de férias e licença prêmio suspensos por ordem do governo.

 “Tenho recebido vários servidores  que vem ao meu gabinete ou que onde me encontram, reclamam da forma que estão sendo tratados pelos secretários , não é pelo governador, quero aqui isentá-lo, acredito que o Gladson não faça isso. Alguns estão pedindo férias ou licença prêmio porque não aguentam trabalhar dentro das secretarias. Mas estão sendo negadas por determinação do governo”, relatou.

O parlamentar também se disse indignado com a declaração que chamou de desastrosa, da secretária estadual de saúde, Mônica Kanaan de que 80% dos servidores da saúde não trabalham.

“Queria repudiar as declarações da secretária de saúde. É desastroso chegar numa entrevista coletiva e dizer que 80% dos funcionários são incompetentes. Um servidor quando falta tem que ter o ponto cortado. Se o médico faltar ao plantão, o ponto também deve ser cortado. Concordo plenamente com isso, agora chegar numa coletiva e dizer que 80% não faz nada, é brincadeira. O governo tem que pegar essas pessoas que tem conhecimento e experiência e trazer para perto (…) Da forma que essa secretária está fazendo, ela vai afastar os servidores, e vai piorar muito a situação da saúde no nosso Estado”, frisa.