SEE mantém calendário de lotação, mesmo com Manifestação dos professores na casa Rosada

Mesmo com toda manifestação que a categoria faz na porta do gabinete do governador Gladson Cameli, a Secretaria mantém o calendário de lotação dos aprovados no concurso para o provimento de vagas de professores.

A revolta é por conta do dispositivo de lei que foi criado em 1998,que foi inserido no edital do atual concurso, que proíbe a classificação de professores aprovados e que já trabalham na Educação ou que tenham trabalhado nos últimos 2 anos.

O SINTEAC, SINPRO mantém mobilização na casa Civil e uma comissão foi recebida por uma equipe composta de representação da: Casa Civil, PGE e SEE, além dos próprios representantes sindicais, na tentativa de achar uma saída para os aprovados.

Vejam o chamamento da Secretaria com indicativo de locais e horários;

Os candidatos classificados nos Processos Seletivos Temporários e convocados nesta sexta-feira, 01, por meio do Diário Oficial do Estado, têm até o próximo dia 11 de março para comparecerem com a devida documentação.

Os locais permanecem os mesmos que foram especificados em cada Edital. Porém, os candidatos devem estar atentos aos horários de atendimento neste período de Carnaval, no município de Rio Branco:

Sexta-feira, 01 de março: 8h às 12h e das 14h às 18h

Quarta-feira, 06 de março: 14h às 18h

Quinta-feira, 07 de março: 8h às 12h e das 14h às 18h

PCdoB realiza conferência extraordinária, em Feijó e define o nome do Vereador Tarcisio, como futuro candidato a Prefeito, em 2020

O PCdoB está se preparando para montar uma chapa própria, tendo também um candidato a prefeito de Feijó.

De acordo com o deputado estadual Edvaldo Magalhães PCdoB, a vinda dele, da deputada federal Perpetua Almeida, do deputado estadual Jenilson, do presidente do PCdoB, no Acre, vereador Eduardo Farias, e do vice-presidente estadual do PCdoB, Chagas Batista, à Feijó foi para  juntamente com os filiados, UJS, militantes, simpatizantes do PCdoB, dentre outra lideranças politicas feijoense para participarem de uma conferência extraordinária, e com isto dar comprimento legal à incorporação do partido pátria livre-PPL ao Partido Comunista do Brasil e também já definir com todos participantes e camaradas o nome do vereador Tarcicio, como futuro candidato a prefeito de Feijó nas eleições de 2020.

Esta foi uma decisão tomada no ano passado, após o PPL, ter decido em um congresso, ser extinto e após sua extinção ser incorporar ao PCdoB. E esta incorporação do ex-PPL ao PCdoB é muito importante para o, crescimento, fortalecimento e funcionamento político partidário do PCdoB, no congresso nacional, nas assembleias legislativas e nas câmaras de vereadores em função da nova lei eleitoral.

Além disto esta conferência serviu, também para fazer um primeiro balanço sobre as eleições, ocorridas em outubro, os efeitos do resultado desta eleição, a motivação deste resultados, sempre olhando para o crescimento do PCdoB, no momento muito delicado das disputada política eleitoral, em que a frente popular do Acre sofreu uma grande derrota.

Mas o PCdoB, cresceu e saiu fortalecido destas eleições, no momento de derrota dos demais partidos. Pois, o PCdoB, saiu de um deputado estadual para dois deputados estaduais e retomou a sua cadeira de deputado federal, no congresso nacional elegendo Perpetua Almeida. Portanto é um balanço muito positivo este fortalecimento e crescimento do partido.

E o que se quer que a partir deste balanço abrir novos debates sobre as perspectivas das próximas batalhas eleitorais, pois as próximas eleições serão marcadas uma nova legislação eleitoral, onde todos os partidos terão que chapa própria de vereadores e prefeito, já que as eleições são municipais. 

E o PCdoB, já tem um nome a candidato a prefeito de Feijó, que é o vereador Tarcisio Araujo, PCdoB. Um nome bom que agradar a todos, o vereador Tarcisio, é pessoal popular, conhecido por todos, carismático, popular e do povão, comprometido com todos as causas, principalmente as causas sociais. E tem uma ampla relação política com as demais forças, não é pessoa sectária estreita, é alguém que tem a habilidade de juntar outras forças e o PCdoB, vai se lançar com força total trabalhando o nome do vereador Tarcisio Araujo, para concorrer às eleições para prefeito em 2020.

Ruas de Manoel Urbano estão um verdadeiro atoleiro graças a negligência do Prefeito Tanizio

Não confunda com um Ramal, nas imagens é possível ver o que era para ser uma Rua, mas está um atoleiro dentro da cidade.

Aos moradores do Município de Manoel Urbano estão sem esperança de dias melhores, isso porque a atual gestão do Prefeito Tanizio (MDB) é uma verdadeira catástrofe, os moradores sofrem com a questão das más condições das Ruas desde a gestão passada, mas a situação só se agravou devido a negligência do Prefeito e sua gestão.

Quase 100% das ruas de Manoel Urbano estão tomadas por lamas e buracos, problemas que se arrastam há um bom tempo e que ninguém faz nada, entra Prefeito, sai Prefeito e a situação só piora, principalmente com a chegada do inverno.

A situação está tão crítica que as ruas mais parecem ramais, são verdadeiros atoleiro que na verdade acaba comprometendo a trafegabilidade dos moradores, tanto os pedestres como também quem tem veículos.

Os moradores já não sabem o que fazer e agora só resta divulgar fotos e vídeos nas redes sociais, pois já não sabem a quem mais recorrer e denunciar o caos que toma conta do município, pois o Prefeito tem conhecimento da situação e não toma providência.

E veja também a entrevista com o Secretário de Obras de Brasileia Carlinhos do Pelado.

O 3 de Julho Entrevista esteve em Brasiléia, onde entrevistou o Secretário Municipal de Obras, Carlinhos do Pelado, que na oportunidade falou da Operação Inverno que vem sendo realizada no Município. O Secretário falou também a respeito das obras que irão acontecer futuramente no Município com a chegada do Verão, não só na zona urbana como também na zona rural, e tudo isso graças ao esforço da Prefeita Fernanda Hassem que tem se deslocado a Brasília em busca de recursos.

Joia da coroa: Minoru Kimpara desmente boatos sobre filiação ao MDB

O ex Reitor da  Universidade Federal do Acre-UFAC, que também disputou a última eleição para o senado pela Rede Sustentabilidade, vem sendo tratado com a joia da coroa para a disputa da prefeitura de Rio Branco em 2020.

O Mais votado na capital, tem seu nome especulado semanalmente, por receber convites de vários partidos. Logo após o processo eleitoral, ficou claro que o ex Reitor não continuaria na Rede, até porque a sigla sequer atingiu a Cláusula de Barreiras, o que dificulta muita coisa nas articulações e organização partidária.

Tão logo passada a eleção, o Vice Governador Major Rocha foi o primeiro a assediar Minoru Kimpara, ao lhe convidar para se filiar no PSDB, convite este ainda não decidido pelo mesmo.

Agora surge um novo convite, o MDB também quer levar Kimpara para as fileiras do partido e assim ter um nome de peso na disputa da prefeitura de Rio Branco em 2020.

A notícia correu rápido e já davam como certa a filiação do mesmo, fato que fez com que Minoru soltasse uma nota pública, desmentido que teria decidido aceitar o convite.

Assim como no convite dos Tucanos, Minoru afirma em nota que, só decidirá os rumos a trilhar, depois de conversar com familiares e os apoiadores mais próximos.

Leia a Nota;

Nota de Esclarecimento

Bom Dia! A verdade é que na noite de ontem eu recebi um convite oficial da Executiva do MDB para me filiar e ser candidato a prefeito. Agradeço o convite e disse que iria conversar com a família, amigos e apoiadores e só depois voltaria a conversar e comunicaria qual a decisão tomada. Entendemos que na política não se faz nada sem conversar com as pessoas que o cercam. Portanto, a informação não é verdadeira. Outros amigos de partidos como PSDB e PSL também ao longos dos últimos dias tem me procurado para conversar sobre uma possível filiação, mas nada foi decidido ainda.

Minoro Kimpara

Gladson Cameli fecha os olhos para o Hospital da Mulher de Cruzeiro do Sul, pacientes sofrem com a situação

A Maternidade de Cruzeiro do Sul atende toda região do Juruá e parte do Amazonas, o que exige uma estrutura diferenciada para unidade.

A saúde é sem dúvida um dos maiores gargalos da gestão Gladson Cameli, que assumiu prometendo solução para tudo, inclusive já se passam quase dois meses desde que assumiu e o que se ver ou ouve do Secretário de estado de Saúde, Alysson Bestene é desculpas e culpas.

A Maternidade de Cruzeiro do Sul atende toda região do Juruá e parte do Amazonas, o que exige uma estrutura diferenciada para unidade.

Um acompanhante de uma paciente nos enviou fotos; são imagens revoltantes do descaso e falta de compromisso com os usuários da unidade.

Em uma das imagens aparece várias pacientes no Hall da recepção, deitadas no chão, Faltam leitos e os profissionais estão trabalhando em um quadro reduzido. Outra imagem mostra a situação de um chuveiro, totalmente inadequado para banho.

Ainda foi constatado que os terceirizados da limpeza e serviços gerais, Vão para três meses de salários atrasados. Sem falar na perseguição, que segundo o denunciante, os servidores vivem clima de terror.

Seria bom parar de usar o governo anterior como desculpas para incompetência e começar fazer as tão prometidas e aguardadas mudanças, pois o governo anterior tem sim sua parcela de culpa, mas Gladson Cameli foi eleito para mudar esta realidade.

Deputada Perpétua Almeida afirma que a paz está ameaçada no país e questiona a mudança de atitude diplomática do governo brasileiro

Parlamentar conclama pela paz na América. “Que mãe suportaria ver seu filho sair de casa para entrar em conflito com  a nação vizinha?”.

A Deputada Perpétua Almeida (PCdoB) usou a tribuna  da Câmara dos Deputados nesta quinta-feira(21) para pedir paz na América Latina e advertiu sobre o risco do governo federal levar o Brasil para o caminho dos conflitos com outros países, devido à intervenção na Venezuela. 

“O Brasil só participou de ajudas humanitárias quando havia o consentimento das partes envolvidas. Não há porque ser diferente. São constantes e afrontosas as declarações do governo Americano à Venezuela. Se Eles decidirem invadir, o que vamos fazer? As famílias brasileiras não querem mandar seus jovens para guerra. Que mãe suportaria ver seu filho sair de casa para entrar em conflito com a nação vizinha?”, alertou a parlamentar.

Tradicionalmente, o Brasil é uma nação de paz, com uma política diplomática de boa vizinhança. O país já participou de mais de 50 missões de paz, sempre com a presença da Organização das Nações Unidas (ONU) e a anuência dos envolvidos. 

Risco de conflito entre Brasil e Venezuela 

Em reação ao anúncio do governo brasileiros de se aliar aos Estados Unidos no envio de ajuda internacional, o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, enviou veículos militares para a fronteira com o Brasil e declarou o fechamento da divisa a partir das 21h desta quinta-feira (21). 

Para alguns especialistas em política internacional, os Americanos estariam enviando recados velados de ameaça de invasão à Venezuela e o  posicionamento do Brasil de se somar ao governo Americano pode ser visto como uma ameaça para os brasileiros. Para a deputada Perpétua Almeida, a Venezuela está passando por um conflito que precisa ser resolvido internamente e o Brasil só deveria intervir a pedido do próprio país. 

“Tenho pedido ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que reúna o colégio de líderes, ouça o ministro da Defesa e se posicione para que possamos evitar que o Brasil traga para o nosso colo um conflito que não nos pertence”, reitera Perpétua.

O envolvimento do Brasil na primeira fase da operação internacional foi uma surpresa até mesmo para a oposição venezuelana e levou funcionários brasileiros a mergulharem num ritmo vertiginoso de trabalho em Brasília para organizar, em menos de três dias, o envio de medicamentos e alimentos a Boa Vista.

Revalida duas vezes por ano e com resultado em até seis meses, solicita Deputada Perpétua Almeida ao Ministério da Educação

O requerimento da alteração no programa foi feito via indicação para a presidência da Câmara dos Deputados. Após o recebimento, o Ministério da Educação tem prazo de 30 dias para responder à solicitação da deputada.

A Deputada Perpétua Almeida (PcdoB/AC) solicitou ao Ministério da Educação que as provas dos Exames Nacionais de Revalidação de Diplomas Médicos (Revalida) sejam realizadas pelo menos duas vezes por ano e que a homologação do resultado seja emitida no prazo máximo de seis meses.

O Revalida foi instituído em 2011 e permite que brasileiros e estrangeiros formados em outros países possam exercer a profissão no Brasil. Na época da criação do programa, Perpétua Almeida estava na Câmara dos Deputados e lutou para que o exame fosse implementado de forma justa.

Produzido exclusivamente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), os editais não possuem prazo estabelecido e são realizados apenas uma vez por ano. Além disso, o resultado dos processos é demorado. A etapa final do Revalida 2017, por exemplo, aconteceu no final de 2018 e o resultado saiu apenas este mês.

“O Brasil tem uma enorme carência de médicos em cidades do interior, regiões remotas e em comunidades indígenas. O Acre vem passando por dificuldades em relação à falta de profissionais. Precisamos dar mais celeridade ao Revalida para atender a necessidade da população e ao anseio dos nossos jovens, que estão em busca de trabalho.”, declara a parlamentar.

Há centenas de médicos brasileiros, formados no exterior, que estão aguardando o resultado do Revalida para regularizarem suas vidas profissionais e começarem a atender.

Não será coisa para pobre, curso de Medicina anunciado em Cruzeiro do Sul custaram entre 9 a 11 mil mensais

Esse curso de Medicina anunciado para Cruzeiro do Sul é o verdadeiro presente de grego. A quem interessa um Curso de Medicina Particular no Juruá?

É notório a euforia dos padrinhos do polêmico curso de medicina que será implantado em Cruzeiro do Sul, principalmente o deputado federal Alan Rick do DEM e o prefeito da cidade, Ilderlei Cordeiro do Progressista.

Depois de longa batalha para trazer o tão sonhado curso para o Campus da UFAC – Floresta, a reitoria da instituição foi surpreendida por um golpe aplicado por quem não se sabe, o certo é que um grupo empresarial com apoio de políticos do estado, usaram da influência no Ministério da Educação e vão sim implantar o curso de medicina na região, mas não será coisa para pobre sonhar.

Com mensalidades que irão variar entre 9 a 11 mil reais mensais, servirá para atender interesses de uma elite, distanciando assim a formação mais disputada, de milhares de jovens de baixa renda.

O que mais intriga é, assistir o entusiasmo de nossos representantes, se comportando como se estivessem trazendo algo público e de acesso daqueles que mais sonham com a carreira.

Lamentável o golpe que nossa Juventude sofreu.

O jovem que quiser ingressar terá que desembolsar até R$ 11 mil por mês. Ou seja: pobre vai passar longe.

É bom lembrar que a universidade pública chegou a ser aprovada.

Durante o governo da presidente Dilma Rousseff, o então ministro Aloizio Mercadante atendeu ao pedido do governador Tião Viana e autorizou a instalação do curso.

O governo firmou parceria com a Ufac e vários professores fizeram mestrado e doutorado para ministrar as aulas. O Estado investiu mais de R$ 3 milhões.

Veio o golpe e Michel Temer cancelou a Faculdade de Medicina pública.

O pior que, segundo fonte, há políticos fortes interessados nos lucros que a universidade particular trará.

Cruzeirense desabafa: Daqui um pouco a NASA desembarca pensando que a lua é aqui

Entra semana e sai semana e a prefeitura sequer apresenta um plano de recuperação das vias municipais.

A infraestrutura urbana é sem dúvida o problema que mais tem afetado os moradores da segunda maior cidade do Acre, Cruzeiro do Sul. Condutores de veículos são os que mais reclamam da difícil missão, que é rodar pelas ruas daquela, que um dia foi chamada de Princesinha do Juruá.

Vários Taxistas e Mototaxistas, vivem um drama diários na difícil tarefa de levar passageiros de um ponto à outro da cidade, que se encontra quase que completamente esburacada.

O Motorista José Fernando se diz envergonhado de ser administrado por pessoas tão irresponsáveis com a infraestrutura da cidade, que para completar tem a coragem de cobrar IPTU e taxa de iluminação, em uma cidade tão arrasada como Cruzeiro.

Outra condutora, Maria José vai além, para ela, qualquer dia os cientistas da NASA pousam na cidade, achando que chegaram na Lua, brinca a mesma que afirma já fazer uns 5 anos que a cidade não tem serviços de ruas que justifiquem o direito do cidadão.

Outra reclamação é em relação a limpeza urbana da cidade, pois mesmo depois de terceirizar os serviços de Coleta de lixo limpeza pública, não se percebe grandes avanços, pelo contrário, estão cobrando uma taxa a mais dos moradores.

Na Câmara Municipal não tem uma ação de destaque em defesa da melhoria dos serviços ofertados pela gestão Ilderlei Cordeiro, sendo a casa de representação popular, bastante questionada pela sua negligência em relação aos problemas do povo.

Um ou dois vereadores ainda gritam por melhorias, dentre eles o Vereador: Ronaldo Onofre do PDT, que usa muito sua página nas redes Sociais para cobrar ações em defesa dos cruzeirenses.

Insatisfação de aliados, Guerra entre Major Rocha X José Bestene, o início que mais se parece com fim

Quer sentir o que os Acreanos estão achando desse início de Governo Gladson? Abram os comentários nas redes sociais!

O povo está se sentindo traído, pois achavam que iriam se livrar de tudo que era errado na gestão do PT.

01- Não sabe tocar o governo sem ajuda dos Petistas;

02- As melhores nomeações são destinadas aos esposas (os) de Parlamentares, filhos, sobrinhos e entiados.

03 – O critério das escolhas não tem nada de técnico como prometeram, tem açougueiro no Acre Previdência, Serviçal na FUNTAC e Motorista na Ciência e tecnologia e por aí vai.

Agora para piorar uma grave crise se instala no centro do governo, com a guerra entre o Vice Governador: Major Rocha (PSDB) e o Grupo do deputado José Bestene (Progressista).

Com a viagem para Brasília do titular Gladson Cameli, Rocha assumiu o governo e logo resolveu fazer uma visita surpresa no Pronto Socorro, espaço comandado pelos Bestenes.

Acompanhado da imprensa, Rocha ouviu reclamações de servidores e pacientes, que logo foi destaques na imprensa, o que irritou o secretário de Saúde, Alysson Bestene, que recebeu a solidariedade de aliados através de várias notas divulgadas publicamente.

As notas tratam a visita surpresa de Rocha como afronta e provocação, mostrando claramente a guerra entre os grupos.

Para revidar, o deputado estadual José Bestene foi nas bases de Rocha, no caso visitou a Penitenciária e ouviu inúmeras reclamações de agentes Penitenciários, que afirmaram que estão abandonados pela cúpula da segurança Pública.

O caldo engrossou está manhã de domingo, com uma declaração do governador Gladson Cameli, que parece ter tomado lado na briga e presta solidariedade ao seu secretário de Saúde, afirmando que não permitirá ataques aos mesmo.

Quem conhece a personalidade de Major Rocha, sabe que essa briga não acaba por aqui, ela é início de uma luta para mostrar quem tem mais força no Palácio Rio Branco.