Tá todo mundo indo embora

No PT de Brasiléia, pela movimentação dos bastidores, vão ficar somente o Joãozinho e os vereadores Rosildo e Edu para apagarem as luzes do diretório.

A prefeita Fernanda Hassem está puxando a locomotiva, debandada geral!

Provavelmente vá para o PSD do senador Petecão.

Provavelmente…pode ser outro partido, inclusive o ninho tucano.

O estrago no roçado é grande.

A deputada Leila Galvão calada ficou, calada está.

Na pensão da Marieta, no Mercado, a conversa era em torno do primeiro projeto da nova diretoria da Funtac:

Restaurar o Putanic avariado no último temporal.

Alguém empolgado até disse:

“Será usada tecnologia de ponta”.

Educada como ela só, Marieta rebateu:

“Só se for de ponta de chifre”.

Nem tudo nos governos petistas era ruim.

Por exemplo:

Havia uma articulador político entre a gabinete e os deputados estaduais para dialogar, inclusive com a oposição.

Sem um apoio de qualidade do Legislativo a coisa não anda, patina, emperra, engasga.

Alguém com capacidade de diálogo e poder de decisão.

Tipo o senador Romero Jucá, porém, sem ser um patife corrupto!

Politicamente falando o Cezario era apaixonado pelo trabalho da prefeita Fernanda Hassem, que deve deixar o PT nos próximos dias.

O Ney Amorim estragou tudo, jogou feijão azedo na sopa!

O governador Gladson Cameli pede aos aliados do andar debaixo apenas um pouco de paciência.

Tem toda razão, afinal de contas tem muitas contas a pagar deixadas pelo antecessor.

É vero!

Prefeita Socorro Neri (PSB) não é de mandar recado, também não autoriza à ninguém falar por ela.

Como dizia o ex-governador Orleir Cameli: “Seje quem seje”!

Herdou a coragem e a determinação da mãe, a ex-deputado federal Adelaide Neri.

A maior baboseira que ouvi é essa conversa de que petistas estão sendo nomeados para o novo governo.

Na verdade, estão colaborando com os novos secretários sem nomeação nenhuma.

Se não a máquina vai parar e o povo vai chiar, entende amigo Joaquim Lira?!

A propósito, a coluna não tem viés ideológico, muito menos religioso, também não é filiada a partido político.

É só uma colina que bate e, vez por outra, assopra.

Por onde anda o padre Asfury?

O padre Máximo foi para o exílio na Cidade do Povo.

Como andam os processos contra políticos investigados por “aquisição ilegal de sufrágio”, o popular compra de votos no

Tribunal Regional Eleitoral (TRE)?

Em segredo de justiça!

Mas o povo quer saber, tem o direito à informação!

Oito anos de mandato para um presidente, um governador ou um prefeito é um escárnio.Encontro ex-prefeito há 12 anos fora do poder (no lanche em Capixaba)…que vai logo me dizendo.

“Estou vindo de uma audiência na Justiça Federal, se tiver reencarnação vou continuar enrolado em mais umas cinco vidas pela frente”.

Esqueceram de avisar para o Pelezinho da Baixada que o PT perdeu as eleições.

Embarcou dormindo na balsa para Manacapuru.

O comandante da PM, coronel Mario César, disse durante uma reunião com sua equipe:

“Estou aqui para trabalhar duro e não para fazer política”.

É do arrocha!

Quer dizer, do Rocha!

Rocha deixou claro que, por ser tucano, o deputado Luís Gonzaga, é seu candidato a 1º secretário

Figura do proa do MDB avalia que a equipe de transição se preocupou apenas em verificar as condições em que estava recebendo o Estado

Na companhia do Roberto Vaz, e outros colegas, grato!

• Deveria ter se preocupado em como começar a governar a partir de 1º de janeiro.

• É o mesmo que abastecer um avião em pleno voo.

• Não tem como parar para trocar o óleo do motor, é combustível nuclear.

• Segurança, Saúde e Educação, por exemplo, se frear bruscamente, engaveta como carros em uma rodovia.

• Apesar da avaliação crítica, ainda é cedo para afirmar que o governo não deu, não vai dá, nem dará certo.

• Quanto a isso, Jorge Viana tem razão.

• Opinião de um petista linha dura.

• Dirigentes dos partidos que apoiaram o novo governo questionam o tempo todo:

• Porque não efetivar logo as nomeações dos cargos comissionados para evitar todo esse desgaste nas redes sociais?

• Entretanto…

• Um governo não pode pautar suas ações pelo que é dito nas redes sociais, isso está longe de ser democracia, é tolice!

• Porém a questão é quase humanitária porque tem muita gente de bico seco…

• Afinal de contas alguns estão há vinte anos sem saber o que é leite na mamadeira.

• Outros menos, bem menos!

• Interessante é que os mesmos problemas que o presidente Bolsonaro têm no início de governo, Gladson Cameli (na devida proporção) tem no Acre.

• O vice-governador major Rocha (PSDB) disse a coluna que propôs ao governador Gladson Cameli (PP) que os dois não interfiram na eleição da Mesa Diretora da Aleac.

• Rocha deixou claro que, por ser tucano, o deputado Luís Gonzaga, é seu candidato a 1º secretário.

• Porém, garantiu que não conversou nem pediu votos para nenhum deputado da base do governo ao correligionário tucano.

• Gonzaga leva uma grande vantagem sobre o deputado Roberto Duarte (MDB): já tem três mandatos nas costas.

• Mesmo sendo um parlamentar muito qualificado, Duarte não deixa de ser calouro na Assembleia.

• Nunca na história do parlamento um novato ocupou postos importantes na Mesa Diretora da Casa no início de mandato.

• “A eleição na Federação da Industrias não é uma disputa empresarial, mas política”, do empresário Salomão, que concorre com o empresário José Adriano.

• Setores do PT retaliaram o senador Jorge Viana e agora vão precisar dele (sem mandato) para reorganizar o partido.

• Passou a ser o São Jorge.
• Eleitor foi procurar o vereador Manoel Marcos na Câmara Municipal, um funcionário antigo foi logo dizendo:

• “Está em Brasília cuidando da posse e instalações do novo gabinete de deputado federal”.

• E não adianta o eleitor urrar, estrebuchar, berrar ou uivar porque a justiça tem caminhos espinhosos, tortuosos, áridos.

• Mas o povo não compreende!

• O mundo todo contra as sandices do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, e a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, apoiando esse maluco.

• É péssimo para a imagem do PT que anda mais suja do que pau de galinheiro.

• Júlio César, o “Roxim”, já faz parte da nova equipe de governo.

• Deu no Diário Oficial.

• Finda a eleição estadual a artilharia pesada é direcionada para prefeitos e vereadores, candidatos à reeleição.

• A briga já começou!

• É o julgamento do povo, vão passar no crivo das urnas novamente!

• Se passar a liberação de armas no Brasil, ex-deputado quer montar uma loja no Ilson Ribeiro, o antigo “Lambe Sal”.

• Fica rico em uma semana!

• Bom dia!

Militantes da oposição fazem lambança política nas redes sociais e dão munição ao PT para entrar na rena política antes da hora

Alguns militantes partidários, que trabalharam para derrotar o PT na eleição passada, estão fazendo uma lambança federal por ainda não terem sido nomeados para cargos pelo governador Gladson Cameli (PP).

Na verdade, o desespero tomou conta de algumas pessoas que querem ascender ao poder o mais rápido possível. Impressionou muito a manifestação nas redes sociais de Linda Cameli, mãe do governador Gladson Cameli (PP), na defesa do filho que vem sendo criticado, segundo ela, injustamente por não ter tido tempo de fazer as nomeações para os cargos que tantos aliados almejam.

Do jeito que o capeta gosta

A lambança dos aliados do governador Gladson Cameli (PP) está dando munição para o PT entrar na arena política antes da hora. O diretório, através de seu presidente, Cesário Braga, emitiu nota oficial na defesa de servidores que estariam sendo perseguidos pelos novos ocupantes de cargos.

Rabo entre as pernas

Subestimar a capacidade de reação do PT é o maior erro que alguns militantes da oposição, que acaba de chegar ao poder podem cometer. Esperar que os petistas metam o rabo entre as pernas depois da acachapante derrota é o cumulo da idiotice. E da sandice política.

O que é fato

Servidores do quadro ocuparam cargos de confiança nas gestões do PT. Foram todos exonerados, mas continuam nos seus postos de trabalho. Ao vê-los nas repartições alguns aloprados acham que eles deveriam ser demitidos também e mandados para a Foz do Breu.

O necessário

Secretários e diretores de empresas nomeados por Gladson Cameli ainda precisam tomar pé da real situação das suas pastas. Carecem da ajuda dos gestores do governo anterior para orientações técnicas e não políticas. Porém, os aloprados não compreendem isso.

Perguntem para o Louro

Sobre o suposto sumiço de máquinas e equipamentos do governo Tião Viana (PT) adquiridos em 2011, o ex-secretário Lourival Marques, o Louro, está tranquilo. Segundo pessoa próxima a ele, a questão é política e não administrativa.

Cuidado com fotos

O ex-governador Tião Viana (PT) era muito criticado por aparecer constantemente em lavouras grandes como sendo a redenção econômica do Acre. O Estado que se tem é um, o que almeja é outro.

Orçamento trancado

A Lei Orçamentária do Estado só será aberta no dia 20, portanto, o novo governo ainda não tem margem de manobra para definir nada. Nem mesmo a folha de pagamento está conclusa, muito menos o pagamento do 13º salário dos servidores que a administração anterior deixou de pagar por falta de recursos.

Procedimento

A nomeação de cargos em comissão na estrutura do Poder Executivo precisa seguir normas, leis hierárquicas. Não se pode nomear os 2º e 3º escalões sem antes ter nomeado o 1º. Elementar, meu caro Watson!

Fora de controle

A disputa por cargos no governo saiu completamente do controle das instâncias partidárias. O senador Petecão (PSD), por exemplo, abriu mão de tudo. Deixou o governo livre para nomear quem bem entender. Petecão conhece o jogo e sabe que na hora certa o partido será contemplado. Tudo é uma questão de tempo.

Porta-voz da fronteira

O empresário Joaquim Lira, militante político da oposição, é o porta-voz dos insatisfeitos do Vale do Acre. Para ele, o WhatsApp se transformou no muro das lamentações. Um profeta Jeremias da política.

Corrida dos nanicos

Com o fim das coligações proporcionais, que vigora nas eleições do ano que vem, os pequenos partidos precisam começar a construir suas chapas de candidatos a vereador. Será a sobrevivência dos futuros deputados estaduais e federais em 2022.

Não dorme no ponto

Petecão é especialista quando o assunto é fortalecimento partidário. Enquanto alguns ficam disputando cargos a tapas no governo, ele já começa a articular candidatos a prefeito e vereadores nos municípios, inclusive na capital.

Atrair o Minoru

Legenda já bem consolidada no Acre gostaria de ter o ex-reitor da Ufac em seus quadros nas eleições do ano que vem. Porém, avalia que será difícil ele largar a Rede Sustentabilidade da ex-ministra Marina Silva. É um partido de centro-esquerda. O tempo dirá.

Começou bem

Apesar de todo começo não ser muito fácil, a nova equipe da Secretaria de Segurança começou bem ajustada. Ao que parece, o vice-governador major Rocha vai dar conta do recado. É evidente que ele, e todo o governo precisam de um tempo para que as melancias se acomodem na carroceria do caminhão. Nesse caso até os buracos ajudam.

O vice-prefeito de Senador Guiomard, Judson Silva, que acaba de renunciar ao mandato de prefeito e também de vice, tem um QI acima da média.

Se continuasse no cargo no lugar do prefeito André Maia (PSD), que está preso, iria acabar no mesmo buraco.

Não existe hoje, um prefeito, por mais honesto que seja, que não saia do cargo todo enrolado no TCE, MPE, TCU, CGU, na Justiça Estadual e Federal, além de outros órgãos de controle e fiscalização.

É mole, Zé de Abreu!?

Sabem quem é o Zé de Abreu?

Aquele prefeito que se dizia honesto e se f*.

É bom não confundir algumas instituições de fiscalização e controle como TCE e MPE como aliados políticos porque denunciavam irregularidades na gestão do PT.

“Para procuradores e promotores o pau que dá no Chico é o mesmo que dá no Francisco”.

Sim, feliz 2019, um ano que já nasceu velho!

Feliz Ano Velho! Uma mera semelhança com o filme “O Curioso Caso de Benjamim Button”.

Nova Orleans, 1918, Benjamim Button (Brad Pitt), nasceu de uma forma incomum…

Mesmo sendo um bebê nasce com doenças e características de um velho de 80 anos.

Na trama ele vai crescendo, vira homem maduro, jovem, adolescente até morrer dormindo como um bebê nos braços de sua amada Daisy (Cate Blanchett), _ ela vive o processo natural da vida ao envelhecer.

Não tenho certeza nenhuma se este ano, que começou velho, vai ficar novo até o dia 31 de dezembro.

Alguém pode até dizer que tenho uma visão muito pessimista da vida.

Que tudo isso é uma ducha de água fria nas esperanças de um povo, nos sonhos das pessoas.

Pois é exatamente o contrário.

Estou dizendo que esse ano velho precisa ser novo e, para ser novo, não preciso me iludir, criar um mundo de fantasia, uma

Disney…

Alimentando a falsa ideia de que estou entrando em uma nave espacial chamada Brasil, onde tudo é azul e cor de rosa.

Uma bolha de prosperidade.

Por que o número de suicídios aumenta assustadoramente a cada dia?

Porque a vida é dor, sofrimento, doenças, tristezas, decepções, erros e lutas, muitas lutas, guerras mesmo, de verdade.

Porém, a maioria vive iludindo-se (a si próprio, _ redundante, mas necessário) com pensamentos abstratos que mudanças de governos vão transformar a vida em um conta de fadas.

Sinto informar: mas não vai não.

É preciso entender que os problemas, as dificuldades e até a morte é um processo natural no universo.

Às estrelas, os planetas, as luas, as galáxias e até os buracos “negros” (que não são negros) também morrem.

Desejamos, desejamos e desejamos coisas novas o tempo todo numa fome insaciável do nada.

Às vezes nos agarramos as coisas velhas, lembranças de outrora, as tranqueiras do passado com medo de despencar no vazio da existência.

Há, ainda, os que vivem o tédio diário de verem realizados seus desejos e a ânsia por novos.

Putz! Tem coisa pior?

Comecinho do ano novo “velho”e já tem muita gente sem vontade de nada porque o sonho imaginado depende de um milagre e nunca do próprio esforço.

São essas nossas experiências diárias do viver.

Um das saídas, ao meu ver, foi apontada pelo próprio Benjamin Button:

Para as coisas importantes, nunca é tarde demais, ou no meu caso, muito cedo, para sermos quem queremos. Não há um limite de tempo, comece quando quiser. Você pode mudar ou não. Não há regras. Podemos fazer o melhor ou o pior. Espero que você faça o melhor. Espero que veja as coisas que a assustam. Espero que sinta coisas que nunca sentiu antes. Espero que conheça pessoas com diferentes opiniões. Espero que viva uma vida da qual se orgulhe. Se você achar que não tem, espero que tenha a força para começar novamente.

_ Não há um limite de tempo, entende?!

Agora sim/Feliz Ano Novo!

 

Gladson Cameli cumpre promessa de campanha e reforma administrativa é aprovada por deputados

O futuro governador Gladson Cameli (PP) dá um passo importante para sua gestão ao ver aprovada a reforma administrativa.

Para resolver a situação fiscal das contas públicas ele tinha duas opções: ou diminuiu despesas da máquina púbica ou aumenta arrecadação através de impostos. Optou acertadamente pelo enxugamento do Estado. Não há o que criticar. É necessário aguardar os primeiros cem dias de governo. É praxe. É assim que pensa a oposição liderada pelo deputado Daniel Zem (PT) na Aelac.

A controvérsia

Muitos falam do tamanho e do peso da máquina dos Estados que governadores passados teriam encharcado de cargos comissionados gerando despesas. Porém, os Estados eram do tamanho de suas economias. A recessão econômica, a queda do PIB gerou a nova realidade que precisa ser corrigida. É como uma família que era rica e ficou pobre. Comia filé e agora rói o osso. Se a economia voltar a crescer, volta o empreguismo novamente. O resto e discurso político.

Sem luz no fim do túnel

O Acre é dependente da União, principalmente com a crise econômica iniciada em 2014. O Fundo de Participação dos Estados (FPE), que garante o repasse para os poderes, mais MPE e TCE vem despenando como banana madura do cacho. O Acre está entre o grupo seleto de Estados que não atrasou salários dos servidores. As previsões não são boas para o funcionalismo público.

A ponte para o futuro

Se tem um culpado do país não ter saído da crise econômica é o presidente Michel Temer (MDB) que articulou o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) com a promessa da fazer uma ponte para o futuro. Nem ponte, nem rio, nem nada!

Por que poupá-lo

Michel Temer está há cerca de dois anos no poder. Por que poupá-lo de críticas se ele prometeu tirar o Brasil do buraco se fosse o presidente? Lula e Dilma Rousseff, na atual conjuntura, já são passado, passado.

Vácuo de poder

Gladson Cameli afirmou que não será candidato à reeleição. Se confirmar a decisão cria um vácuo de poder. Precisará de um candidato para sucedê-lo, já que tentaria retornar ao Senado. O senador eleito Márcio Bittar (MDB) conhece esse jogo. Petecão (PSD) e Rocha (PSDB), também!

Operação em Sena Madureira

O MP realizou ontem operação na prefeitura de Sena Madureira. O prefeito Mazinho Serafim (MDB) afirma que os vereadores são os responsáveis por denúncias infundadas contra sua gestão, já que o portal de transparência funciona bem. Aguardar para ver o resultado.

A DR encolheu

A tendência majoritária dentro do PT, a Democracia Radical, encolheu muito de tamanho desde o resultado das eleições. Essa é a avaliação dos petistas da Democracia Social, liderados por Sibá e Nilson Mourão. Os cargos no governo mantinham o grupo unido, mas a nova situação mudou o quadro.

Papel dos prefeitos

Os prefeitos de Brasiléia, Fernanda Hassem, e de Xapuri, Bira Vasconcelos, ambos do PT, terão papel decisivo na escolha do futuro diretório regional do partido em 2019. A pressão da DR sobre Fernanda será grande.

Continua na política

A deputada Leila Galvão (PT) disse em uma roda de jornalista na Assembleia Legislativa ontem que, “não tenho nenhuma pretensão de me afastar do processo político no Alto Acre e no Estado”. Para ela, perder e ganhar faz parte do jogo. Um político pode muito bem servir ao seu povo estando sem mandato. “Outras eleições virão, isso é democracia”.

Dois movimentos

Segundo a deputada Leila, dois movimentos estão acontecendo internamento e coincidem com os ideais do PT. De discutir e debater o futuro do partido no ano que vem. Ela descarta sair da sigla e diz que sem o poder nas mãos de alguns o debate será melhor nivelado.

Vai acontecer

Essa gritaria toda com a decisão do ministro do STF, Marco Aurélio, de mandar soltar todos os presos em 2ª instância não vai dar em nada. Porém, os opositores de Lula devem saber que a qualquer momento ele poderá ser solto mesmo. Faz parte do processo.

Não se dão por vencidos

A deputada doutor Juliana e o vereador Manoel Marcos, ambos do PRB, não se dão por vencidos. Seus advogados trabalham para conseguir liminares. O diploma pode ser entregue em qualquer lugar. O criminal foi modificado com a soltura deles, o eleitoral ainda não.

Ares de preocupação

Alguns deputados andam com ares da preocupação com toda essa onda de operações da PF em função do processo eleitoral. Assim como alguns andam alegres como é o caso do deputado Raimundinho da Saúde.

Passa a faixa

O governador Tião Viana, segundo a sua assessoria de imprensa, nunca pensou em não passar a faixa de governador para o seu sucessor, no caso, Gladson Cameli (PP). Faz parte do ritual de uma sociedade civilizada.

Decepção do Evródio

Evródio Irineu de Farias, arigó que veio do Ceará para cortar seringa no Acre. Acabou se tornando militante político do antigo PTB. Contava ele que sua maior decepção na vida foi ver o Guiomard Santos e o general Oscar Passos (adversários políticos) se cumprimentarem afetuosamente na frente da Catedral em Rio Branco.

O governador Tião Viana ainda não entregou os pontos e acredita que ainda pode pagar o 13º e o salário de dezembro de todos os servidores públicos.

É o que pensa sua equipe econômica.

Gladson Cameli comentou com empresário de comunicação que admira o Tião Viana quando conversa com ele sobre a transição e as condições do Estado.

“O Tião parece que está me entregando um país europeu”.

A partir do dia 1º Gladson é governador e não adiante mais nem choro nem vela.

Casou com a viúva, leva os filhos!

Pariu Mateus, embala!

Se o Lula for solto a Lava Jato será desmoralizada.

Aliás, essa parece ser a única preocupação.

Os generais do Bolsonaro já estão pressionando o STF.

Ou não?

Deputados suspendem sessão e reforma administrativa será votada nesta quarta-feira

A decisão foi da Mesa Diretora para que o projeto de lei possa tramitar nas Comissões da Casa.

A votação da reforma administrativa do futuro governo de Gladson Cameli deverá ser votada apenas amanhã. 

O futuro chefe da Casa Civil, advogado Ribamar Trindade, esteve reunido com os deputados explicando os pontos da reforma. Amanhã será a última sessão ordinária do ano e dessa legislatura.

Na quinta-feira os deputados realizam a entregam de títulos em sessão solene. Será também a despedida dos que perderam a reeleição.

Outros projetos de lei encaminhados pelo Executivo também devem ser votados em um pacote só. A ideia dos parlamentares é limpar todas as gavetas, segundo informou o líder do governo, deputado Daniel Zem (PT).

Petistas travam guerra nos bastidores pelo controle do partido no Acre

O PT no Acre trava uma de suas maiores guerras internas desde que foi fundado no início da década de 80.

A eleição para a presidência do diretório regional acontece em meados de 2019, mas as tendências internas Democracia Radical (DR), Democracia Social (DS), Avante e os que não pertencem a nenhuma delas já declararam guerra pelo controle do partido.

A DS, coordenada pelo grupo político do ex-deputado federal Sibá Machado, não aceita mais o comando do partido nas mãos de Cesário Braga, da majoritária DR, comandada pelo professor Francisco Nepomuceno, o Carioca. “Não aceitamos mais Cesário Braga nem ninguém da DR no comando do PT”, disse um petista, atribuindo o fracasso do partido nas eleições passadas à DR”.

Sibá Machado foi visto ontem na Assembleia Legislativa conversando com os deputados Jonas Lima e Leila Galvão, buscando apoio para uma reestruturação e renovação do PT. O confronto entre a DS, de Sibá, e a DR de Carioca, é público e é motivo de racha interno no partido. Com a derrota nas eleições a luta interna se acentuou.

Líderes da DS, como por exemplo, o deputado Jonas Lima, critica abertamente a DR, que indicou os quaro últimos presidentes do diretório regional. O professor Ermício Sena, o deputado Daniel Zem, Cesário Braga e André Kamai que conduziram os processos eleitoral de 2010, 2012, 2016 e 2018.

O rompimento do presidente da Aleac, deputado Ney Amorim, com o PT também é debitado na conta da DR, que não podia permitir o lançamento de dois nomes ao Senado no momento em que o partido enfrentava seu maior desgaste no Acre.

“A DS e o Sibá perdem no voto”

“A Democracia Social e o Sibá Machado mandaram muito tempo no PT do Acre, mas foram perdendo espaço para a DR”, explicou um membro do diretório petista. Segundo ele, não foi nada forçado, foi natural que começou a partir dos diretórios municipais nos municípios. Disse que o mais importante não é destronar a DR, mas fazer composições que atendam as mais variadas tendências do partido.

De acordo com esse dirigente, se o Sibá e a DS forem para o confronto vão perder no voto dentro do diretório regional. Explicou que é muito importante a organização do partido no Acre, mas dentro do campo democrático respeitando o espaços.

Jorge Viana busca o equilíbrio

Jorge Viana, Marcus Alexandre, Raimundo Angelim, Tião Viana e outros petistas de proa não integram nenhuma das tendências internas. Atuam como sistema de contrapesos trazendo equilíbrio ao partido para manter a unidade. A DR busca esse apoio desse grupo, já que quase toda máquina do governo estava nas mãos da DR nos últimos oito anos.

Avante do Pelezinho

A tendência Avante é liderada pelo petista Pelezinho da Baixada da Sobral, que exerceu postos importantes nos governos do PT. É o grupo minoritário do partido com atuação apenas em Rio Branco. Deve pender para a Democracia Radical do Carioca. “Se o Carioca bater na mesa o Pelezinho se treme todo”, disse um petista na Aleac ontem.

Guerra normal

A guerra interna nos partidos é perfeitamente normal. A última dos tucanos, por exemplo, levou Tião Bocalom e depois Márcio Bittar a migrarem para o PSL e MDB, respectivamente. Aliás, essa é a origem da infidelidade partidária características principal do sistema partidário brasileiro.

O afastamento do prefeito de Capixaba, José Augusto Gomes ((PP), revelou um esquema de corrupção que, segundo uma fonte do MP, se alastra como praga por outras prefeituras.

Chegou em Senador Guiomard…

Para a doença antídoto é o MPF, PF e Justiça Federal.

Enquanto isso idosos morrem, crianças sofrem, mulheres padecem.

Tudo por causa do vil metal.

Nunca fui fã do ex-juiz Sérgio Moro, porém tem razão quando fala que medidas mais duras de combate à corrupção precisam ser implementadas urgentemente.

Não há mais o que discutir sobre a eleição da Mesa Diretora a parti do ano que vem;

O deputado Nicolau será mesmo o presidente da Casa.

Ele é irmão da mulher do governador eleito Gladson Cameli.

Bom para família, ruim para a política.

O deputado Luís Gonzaga deve ser o 1º secretário.

Me perguntaram ontem se o anel viário e a ponte de Brasiléia serão construídas no ano que vem.

Faço que nem a Concessa, “Sei não ó, coisinha”.

Prefeita Socorro Neri extinguiu 132 cargos comissionados; Gladson Cameli vai acabar com 1300.

Na opinião do ex-prefeito Vagner Sales (MDB) não representada nada para a prefeitura e o governo, mas para os que estarão desempregados sim.

Nenhum prefeito ou governador que fez isso ganhou mais eleição.

A situação do Estado é um pouco diferente porque as pessoas não estavam nos cargos.

Nesse caso, a conta política vai para o PT que foi obrigado a demitir o povo antes da hoje em função das condições econômicas das contas públicas.

Do contrário, não pagaria o 13º e a folha de dezembro.

Sem falar nas rescisões dos exonerados.

A oposição em Brasiléia vai continuar amargando o isolamento do poder.

O empresário e militante Joaquim Lira tem toda razão quando diz que a região só é importante para os líderes da oposição em tempos de campanha eleitoral.

Depois, peia!

Tipo o jumento do Gonzagão: é pau nas pernas, pau no lombo, pau no pescoço, pau nas zorelhas.

Com toda a bagaceira o ex-prefeito Aldemir Lopes ainda dá as cartas no jogo político da oposição, que a partir de janeiro será situação no governo.

SOS Epitaciolândia, grupo formado por moradores da cidade, concluem que o prefeito Tião Flores vai bem na gestão.

Como diz o Zé das Couves:

Bem mal!

Quem é Zé das Couves?

Aquele que planta batata e nasce couves.

Samuel Hassem será candidato a vereador em Epitaciolândia…

Crítico, como ele só, seria um excelente parlamentar.

Ser diplomado não garante que não poderá ser cassado.

Muitos foram diplomados e estão presos.

Sim, senhor!

Ex-prefeito de Capixaba, revelou um esquema de corrupção que se alastra como praga por outras prefeituras

O afastamento do prefeito de Capixaba, José Augusto Gomes ((PP), revelou um esquema de corrupção que, segundo uma fonte do MP, se alastra como praga por outras prefeituras.

Chegou em Senador Guiomard…

Para a doença antídoto é o MPF, PF e Justiça Federal.

Enquanto isso idosos morrem, crianças sofrem, mulheres padecem.

Tudo por causa do vil metal.

Nunca fui fã do ex-juiz Sérgio Moro, porém tem razão quando fala que medidas mais duras de combate à corrupção precisam ser implementadas urgentemente.

Não há mais o que discutir sobre a eleição da Mesa Diretora a parti do ano que vem;

O deputado Nicolau será mesmo o presidente da Casa.

Ele é irmão da mulher do governador eleito Gladson Cameli.

Bom para família, ruim para a política.

O deputado Luís Gonzaga deve ser o 1º secretário.

Me perguntaram ontem se o anel viário e a ponte de Brasiléia serão construídas no ano que vem.

Faço que nem a Concessa, “Sei não ó, coisinha”.

Prefeita Socorro Neri extinguiu 132 cargos comissionados; Gladson Cameli vai acabar com 1300.

Na opinião do ex-prefeito Vagner Sales (MDB) não representada nada para a prefeitura e o governo, mas para os que estarão desempregados sim.

Nenhum prefeito ou governador que fez isso ganhou mais eleição.

A situação do Estado é um pouco diferente porque as pessoas não estavam nos cargos.

Nesse caso, a conta política vai para o PT que foi obrigado a demitir o povo antes da hoje em função das condições econômicas das contas públicas.

Do contrário, não pagaria o 13º e a folha de dezembro.

Sem falar nas rescisões dos exonerados.

A oposição em Brasiléia vai continuar amargando o isolamento do poder.

O empresário e militante Joaquim Lira tem toda razão quando diz que a região só é importante para os líderes da oposição em tempos de campanha eleitoral.

Depois, peia!

Tipo o jumento do Gonzagão: é pau nas pernas, pau no lombo, pau no pescoço, pau nas zorelhas.

Com toda a bagaceira o ex-prefeito Aldemir Lopes ainda dá as cartas no jogo político da oposição, que a partir de janeiro será situação no governo.

SOS Epitaciolândia, grupo formado por moradores da cidade, concluem que o prefeito Tião Flores vai bem na gestão.

Como diz o Zé das Couves:

Bem mal!

Quem é Zé das Couves?

Aquele que planta batata e nasce couves.

Samuel Hassem será candidato a vereador em Epitaciolândia…

Crítico, como ele só, seria um excelente parlamentar.

Ser diplomado não garante que não poderá ser cassado.

Muitos foram diplomados e estão presos.

Pois, pois!

Minoru caiu na graça do povo. Exala honestidade, espírito público e competência

Toda previsão sobre as eleições para prefeito em 2019 na capital não pode deixar de fora a candidatura do ex-reitor da Ufac, Minoru Kimpara (REDE). 

Forças emergentes 

A expressiva votação para o Senado o credencia a ser um candidato altamente competitivo com amplas chances de vencer. Pelo visto a onda de mudanças desencadeada na última eleição não parou. Minoru caiu na graça do povo. Exala honestidade, espírito público e competência.

Surfando na onda

Surfando na onda da nova política também aparece na crista o jovem advogado, Gabriel Santos, que ficou entre os 24 deputados mais votados. A cada dia conquista mais adeptos para suas ideias de mudança. Se for candidato a vereador na próxima eleição tem amplas chances de vencer. Anotem!

Não tem mais liga

Ouvi de um cardeal petista de proa que não tem mais liga entre a cúpula petista e o PSB da prefeita Socorro Neri. Devem cainhar divorciados nas próximas eleições. Por outro lado, setores do governo Gladson Cameli (PP) acham que ela pode ser uma boa aliada.

Não pagou nada

A assessoria da deputada Leila Galvão (PT) informa que não pagou advogados para tentar impedir a posse de deputados eleitos pela sua coligação. “A Leila não fez isso nem se presta a esse tipo de situação. A Justiça Eleitoral já faz muito bem seu papel”.

Não tem liga

Agora que o calor da disputa esfriou e a tampa da panela voou fica mais fácil entender o fato de que os empresários Rubeni Guerra (Barriga Verde), Leandro Domingos (Fecomércio) nunca foram aliados do PT, muito menos do atual governo. Sempre defenderam a classe empresarial.

Costura política

A prefeita Socorro Neri aprendeu com os mineiros a fazer política. Não sai alardeando as costuras políticas. Mas amarar os pontos como ninguém.

Fogo amigo

O governador eleito Gladson Cameli (PP) está sendo vítima de fogo amigo. Todo processo de composição de governo desagrada aliados que não veem atendidas suas pretensões de poder. É necessário equilíbrio e diálogo. As críticas mais ácidas não estão vindo da oposição a ele, mas dos aliados.

Diminuiu de tamanho

A crise econômica está obrigando governadores e prefeitos em todo o país a diminuírem o tamanho das máquinas públicas. Ou fazem isso, ou vão passar a vida toda enrolados nos Tribunais de Contas e Ministérios Públicos. Se ficar o bicho pega, se correr o bicho come!

O tamanho do abacaxi

Pelo que se lê no esboço do projeto de lei da reforma política parece de bom tamanho. Dificuldades mesmos teria o candidato do PT, Marcus Alexandre. A vitória de Gladson é uma prova de que Deus escreve certo por linhas certas. Marcus não conseguiria manter o Estado do mesmo tamanho atual. O sofrimento seria muito maior.

Cabe todo mundo

A reforma proposta por Gladson Cameli vai caber todo mundo que lhe apoiou na última eleição. O problema agora são os valores. Todo mundo quer ganhar R$ 20 mil reais. Não a c* de contribuinte que aguente.

Podem voltar

Jorge Viana, Marcus Alexandre, Raimundo Angelim devem retornar a política em eleições futuras. Perder e ganhar (ou vice-versa) faz parte do processo de crescimento individual do ser humano. Vale lembrar que depende também do êxito do atual governador e dos partidos que lhe apoiam.

Cara de pau

Deu no jornal Folha de S. Paulo que o presidente Michel Temer (MDB) considera a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) uma “senhora digna e honrada”. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC) disse a mesma coisa. Só falta agora o Sérgio Moro porque o Renan Calheiros também fez a mesma afirmação.

Mudou o olhar

Gostando dele ou não Chico Mendes mudou o olhar do mundo sobre a Floresta Amazônica. Na verdade, sua “ideologia” era a preservação da vida, inclusive, dos que o odiavam tanto. Após 30 anos de sua morte dá para perceber que a consciência sobre a condição de vida no planeta expandiu. Não pode acontecer retrocessos.

Líder da oposição

O deputado Daniel Zem (PT) terá muito melhor desempenho como parlamentar de oposição do que como líder do governo. Deixa de ser vidraça para ser baladeira. Uma excelente baladeira, diga-se de passagem.

Fechou a acordo

Os tucanos fecharam acordo com o PP para apoiar a eleição do deputado Nicolau para a presidência da Assembleia Legislativa por uma simples razão: o deputado Luís Gonzaga vai para a primeira secretaria da Casa.

Segundo os norte-americanos, não há jantar de graça em política.

Outo ditado também diz que, “o homem vale pelo que tem ou pelo mal que pode fazer”.

Depois o camarada diz que a política é de Deus, pode ser de Zeus!

Diplomação dos eleitos hoje, 19, no teatro da Universidade Federal do Acre (Ufac).

Será muito concorrido.

Alguns estão achando que o governador Tião Viana (PT) não passará a faixa para o governador eleito.

O pai, Eladio Cameli, o fará (se for o caso).

Numa eleição passada o pai do governador Jorge Viana (PT) lhe passou a faixa, portanto, não há nada demais (nem de menos).

Mailza Gomes e James Gomes estão apenas colhendo os frutos de uma semeadura política feita pelo ex-prefeito de Senador Guiomard, o saudoso Manoel Gomes.

Bom dia, meu povo!

Exclusivo: Outras prefeituras do Acre também estão na mira dos órgãos, Polícia Federal vai agir com o rigor da lei

“De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto”.

A face oculta da lei no combate à corrupção

A coluna conversou com um experiente auditor de contas públicas sobre os casos de corrupção que acontecem em todo o pais. E que tem gerado centenas de operações da Polícia Federal. Para ele, os casos de desvios de recursos em Senador Guiomard e Capixaba (os mais recentes) se repetem por quase todo o Brasil. Outras prefeituras do Acre também estão na mira dos órgãos de controle. Ele explicou que as prisões de prefeitos, vereadores de legislaturas passadas não intimidou agentes públicos e empresários que formam quadrilhas especializadas em saquear os cofres públicos trazendo sérios prejuízos à população, notadamente a parcela mais pobre. Contou que enquanto houveram casos de corrupção detectados a Polícia Federal vai agir com o rigor da lei, mas dentro da legalidade. Ele acredita que um dia o Brasil será o império da lei. A coluna se sente no direito de preservar a identidade desse profissional com base na lei de imprensa, que garante que a fonte seja resguardada mesmo em juízo, principalmente diante do interesse público.

Não vai parar

As operações da Polícia Federal em prefeituras não vão parar. Isto porque os prefeitos, vereadores, gestores e empresários também não param de roubar. Enquanto a população não der um basta em políticos corruptos com cara de anjo a PF vai ter muito trabalho.

Rouba, mas faz

Na opinião desse auditor não adianta fazer obras, maquiar a cidade se as licitações continuarem viciadas e o propinoduto não parar a sangria dos cofres públicos. O tempo do “rouba, mas faz” está com os dias contados. Prefeitos de gestões passadas foram processados, presos, tiveram os direitos políticos cassados, mas alguns dos novos não se emendam.

Até a medula

Consta da maioria das investigações feitas pela Polícia Federal, que empresas da área de medicamentos (como nos casos de Senador Guiomar e Capixaba), estão atoladas na corrupção até a medula. Continuam operando seus esquemas em outras prefeituras.

Papel do TCE

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) também está tendo papel preponderante no combate à corrupção. Técnicos do TCE, por exemplo, descobriram superfaturamento de medicamentos em importantes prefeituras do interior do Acre. Uma delas terá que devolver mais de R$ 300 mil e outra mais de R$ 600 mil. “Na verdade, tem muito mais dinheiro público a ser devolvido”, disse.

Surreal

Em um caso de uma licitação para a merenda escolar, empresário apresentou o preço de uma bolacha local menor do que o fabricante do produto. Outro caso, produtos perto da data do vencimento são comprados subfaturados e vendidos as prefeituras com anuência de gestores. É por onde passa a propina.

Não só o TCE

Segundo o auditor, não só o TCE é importante, mas, também, órgãos como a CGU, o TCU, Ministério Público Estadual, Federal, polícias Civil e Federal, o TRE e a própria Justiça nas suas esferas de atuação.

A origem do mal

De acordo com o auditor que a coluna conversou, a origem da corrupção nas prefeituras está na eleição. Um pretenso candidato com chances de vencer procura (ou é procurado) para financiamento de campanha. No dia seguinte ao da eleição começa outra fase. O prefeito que ganha a eleição começa a extorquir empresários com conversa de dívidas de campanha prometendo pagar com esquemas na prefeitura.

Impressões digitais dos crimes

Os esquemas de corrupção, disse o entrevistado, são montados com aparência de legalidade, mas deixam rastros. O mais comum é ver a mudança de padrão de vida incompatível com a renda de um gestor, vereador ou prefeito. Colocar bens em nome de terceiros também faz parte do modus operandi das quadrilhas que operam nas prefeituras. “São mais difíceis de rastrear, mas é perfeitamente possível”, acentuou.

A lavanderia

O dinheiro desviado das prefeituras, segundo auditores do TCU, CGU e TCE, são lavados na compra de carros, casas, chácaras, fazendas, terrenos, gado, apartamentos e empresas. Sempre com a conivência de parentes ou membros da quadrilha. O dinheiro é desviado através de empresas de bens ou serviços que contratam com as prefeituras. Os postos de combustíveis, por exemplo, emitem notas em valores superiores ao vendido para devolver parte do dinheiro ao esquema.

Cultura de corrupção
Para esse auditor, a questão é que se criou uma cultura de corrupção favorecida por leis brandas que geram impunidade. Porém, para ele, a população também é omissa ao tolerar políticos corruptos porque busca alguma maneira de se beneficiar.

Licitações blindadas

Apesar da existência de portais de transparência nas prefeituras, câmaras de vereadores e outros órgãos públicos, explica o auditor, que dão aparência de legalidade aos esquemas de corrupção não param de acontecer. Empresas para negociarem com gestores devolvem as propinas em dinheiro vivo. “Qualquer pagamento em espécie por parte de um gestor é sujo, é de corrupção”, disse.

Maquiagem nos portais de transparência

Na opinião do auditor, algumas prefeituras, câmaras e órgãos públicos manipulam os dados divulgados nos portais de transparência. “À primeira vista, parece tudo legal (até um pregão), mas quando cruzamos os dados descobrimos a corrupção os desvios”, frisou.

Afronta aberta

Ele narrou como foi procurado por um empresário que lhe disse que gestores de uma prefeitura do interior o procuraram para negociar a compra de produtos e insumos querendo propina. “A origem do dinheiro é uma emenda parlamentar de um deputado federal”. Segundo ele, esse empresário respondeu: “Faça de conta que você nunca esteve aqui, que essa conversa não existiu”. O fato está dando origem a uma operação.

Próximos passos

Os órgãos de controle, além da Polícia Federal devem continuar as operações em prefeituras do interior do Acre. Em um caso específico o prefeito está sendo denunciado por vereadores, que são seus adversários políticos. A denúncias procedem.

Não precisa ser vidente ou ter bola de cristal para saber qual será a próxima prefeitura a receber a visita de agentes da Polícia Federal.

Consta que será antes da virada do ano.

A tecnologia em sido uma grande aliada no combate a corrupção.

E não é só prefeitura pelo que se fala nos bastidores.

Posse do vice-prefeito de senador Guiomard bastante concorrida, cuidado para não fazer m* como o antecessor.

As aves de rapina já andam rondando.

“O amor aio dinheiro é a raiz de todos os males”. (Jesus de Nazaré)

“A medida do ter nunca enche”. (Rei Salomão, criador da Maçonaria)

“Aquele que deseja muito ficar rico é traspassado com muitas dores”. (São Thiago, irmão de Jesus, filho de José e Maria)

Isto, segundo os evangélicos; para os católicos eram só primos.

Como diz a Eliane Sinhasique:

Bom dia, meu povo!