Adeus às armas! É que Bolsonaro, está promovendo “a volta as marmas”

Todo mundo armado (no Brasil) acho que seria a volta ao estado de natureza do homem narrado por Thomas Hobbes, na obra, O Leviatã.

“Adeus às Armas”, nada ver com o clássico do escritor americano, Ernest Remingwai, prêmio Nobel de Literatura por sua obra magistral “Por Quem os Sinos Dobram” (1954) que, aliás, é uma pergunta a ser feita diariamente quando vemos jovens executados, perfurados de balas, tombados no asfalto, ou cabeças cortadas nas periferias. Todos os dias. É guerra!

É que o presidente do Brasil, capitão Jair Messias Bolsonaro, está promovendo “a volta as marmas”. Seu decreto entrou em vigor, depois, pressionado pela sociedade, ele mesmo voltou atrás proibindo a posse de fuzis por cidadãos comuns.

O presidente prometeu durante a campanha eleitoral armar os cidadãos do bem para se defenderem dos cidadãos do mal. “Só um cidadão do bem armado pode impedir um cidadão do mal (armado) de fazer o mal”. Na contramão vem mais de 64% da população brasileira dizendo não armar os cidadãos do bem para guerrear contra os maus. O povo entende que o cidadão do bem armado vai virar do mal. 

Segundo Hobbes, o homem nasce mau, ruim, perverso, medroso, dissimulado, covarde, ambicioso, egoísta, mentiroso e desejoso de poder. Fará de tudo para ter poder, se proteger e, ainda por cima, tomar o que é alheio. É aí que entra o Adamastor: “Minha Nossa Senhora”!

O Thomas disse, a grosso modo, que para que o homem subsista em sociedade ele precisa de um Estado forte, o Leviatã, que vai controlar essa sanha diabólica e satânica do ser humano. (Satânica e diabólica porque coincide com a natureza caída de Adão e Eva desde que eles deixaram o Paraíso de Deus) e nos colocaram nessa fria.

O homem é um animal que gosta de matar, de guerrear. Quando não tem briga na rua ele briga em casa. É de sua natureza. Se é que tem mesmo uma. O Jean-Paul Sartre diz que não. Que o homem é o “nada”, vezes nada, elevado ao cubo. Só teríamos uma essência depois de existir e virar finado. Condenado a liberdade Jair Bolsonaro poderia dizer: “Não as armas”! Mas, não…e diz: “Volta as armas”, desrespeitando a vontade dos brasileiros sábios daqueles dias que disseram “adeus às armas”, talvez, inspirados pelo romance de Ernest Remingwai, que se passa na sangrenta 1ª Guerra Mundial.

O povo brasileiro deu adeus às armas através de consulta popular. Mais de 300 mil mortes já foram evitadas por essa decisão. A impressão que tenho é a de que éramos mais evoluídos. Mais humanos e menos instintos. O sistema era muito melhor. Caminhamos para o caos, para o estado de natureza. Para que o Estado exista, eu, meu vizinho, nós vós e eles abrimos mão do direito de nos defender para que o Estado defenda a todos.

Se não o faz, não será armando todo mundo que a violência vai diminuir. Ao contrário, será uma carnificina. No trânsito, mas escolas, nos lares e nas igrejas…como se viu recentemente. Um homem matou a mulher que (amava), foi a igreja, matou mais três que estavam rezando, orando. Depois se matou “amando o próximo como ele mesmo”. (O Adamastor me persegue)! Estou com os que querem que o Estado brasileiro desarme os cidadãos maus tomando as armas e não entregando armas para que os bons voltem ao estado de natureza. Inclusive, eu. Adeus as armas!

. O líder do PC do B na Assembleia Legislativa, deputado Edvaldo Magalhães, esclareceu a coluna que durante entrevista ao “ Bar do Vaz”, neste ac24horas, afirmou que a eleição de 2018 representou o fim de um ciclo político para a Frente Popular, depois de 20 anos de poder.

. Não o fim em si mesmo do movimento.

. Segundo ele, os que sobraram da derrota histórica tem o dever de reconstruir o polo democrático popular em novas bases.

. Sem os oportunistas porque esse já se foram para o outro lado!

. Acha que a nova Frente Popular do Acre vai surfar nos erros do novo governo, mas ainda é muito cedo para falar sobre isso.

. Pensar, pode!

. As secretárias Eliane Sinhasique (Pequenos Negócios e Turismo) e Maria Alice (SGA e Planejamento) estão envergonhadas com a posição do MDB na Assembleia Legislativa.

. Maria Alice teria dito em uma das reuniões de trabalho que não dá para continuar nas pastas com o MDB agindo dessa maneira.

. Depois do Progressista, o MDB é o que mais tem cargos no governo!

. O deputado Roberto Duarte deve ser visto dentro desse contexto de uma forma diferente.

. Sua posição não tem nada a ver com disputas provincianas por prefeituras ou briga por mais cargos, já que ele não tem nenhum.

. Aliás, nenhuma coisa nem outra!

. A questão é simples:

. Não nasceu pra cabresto!

. Existem políticos assim, fazer o quê, Zé das Cabras?!

. Em conversa com o Alan, tomando um café quente cedinho, em seu lanche ao lado de A Tribuna, me dizia:

. Falta um Carioca no governo!

. Veja bem, não é o Carioca do PT, mas uma pessoa que faça o mesmo papel que ele fazia até 2014.

. Dizia um “não” sem mel, açúcar ou mamão na cara de qualquer um: político, cabo eleitoral, dirigente partidário, padre, pastor, monge, mãe de santo, mulá, xamã e pajé.

. Por isso, era tão odiado interna e externamente.

. Até 2014 o Carioca cuidava dos interesses do governo, quando passou a zelar apenas pelo espaço da DR…

. Lá se vem o Adamastor de novo, puts grila!

. O secretário de Saúde Alisson Bestene não esmoreceu com os problemas na Saúde, ao contrário, partiu prá cima!

. Sangue do avô Jamyl, singrando o rio Acre num repiquete, com a lancha abarrotada de produtos, a água barrenta lambendo a borda, na travessia do poço São Luís do Remanso.

. Lugar afamado, onde muitas lanchas foram a pique carregadas de castanha e borracha.

. C’est la vie…

. O governo não vai muito bem, mas figura do governador Gladson Cameli ainda é muito carismática.

. As pessoas gostam dele, de seu jeito puro, quase ingênuo enfrentando o que tem de pior na política.

. O Jorge Viana quando se elegeu prefeito deu o quinhão do PT, mas trouxe gente de vários partidos da época como PDS, MDB, PSDB e outros.

. Raimundo Angelim, Edilson Cadaxo…

. No governo, tinha Tião Bocalom, Sérgio Petecão…até o governador Gladson fazia parte da FPA.

. Não vejo razão para acusarem o governo de ser “petista”.

. É não, seu João Cambão!

. A ex-prefeita e ex-deputada Leila agora é mamãe, o Nelsinho papai!

Tchê no comando! Batismo de fogo na votação da reforma política

Desde que assumiu o mandato o governador Gladson Cameli (Progressista) teve realmente a primeira vitória na Assembleia Legislativa.

Coube ao novo líder, deputado Luís Tchê (PDT), o papel fundamental de estabelecer o diálogo entre os deputados da base do governo e o Palácio Rio Branco. A função caiu como uma luva para um parlamentar que está no quarto mandato e um governo que ainda trabalha para acertar o rumo. Prevaleceu a experiência e a compreensão de que as coisas mudaram. A reforma administrativa, segundo o governo, será importante para que os serviços estratégicos funcionem adequadamente para a população. Se será utilizada apenas para fins políticos o povo saberá julgar.

Quanto ao deputado Gerlen Diniz (Progressista), ex-líder, foi um dos melhores deputados da oposição na legislatura passada. Ajudando, inclusive, o governador Gladson Cameli, do seu partido, e o vice major Rocha (PSDB) a desancarem o PT do governo depois de 20 anos. Porém, com a nova configuração política sua escolha para ser o líder foi um equívoco. Não é de seu feitio. Assim como no futebol, para liderar um time, na política também tem que ter estilo, jeito, manha, catimba. Gerlen contribuiu para a vitória do governo na sessão de ontem ao eu jeito, a sua maneira. Tudo na política passa, inclusive a era Dunga.

. Semana passada o colega Luís Carlos Moreira Jorge disse, na coluna do Crica, que o novo líder do governo, deputado Luís Tchê (PDT), passaria pelo batismo de fogo na votação da reforma política.

. Passou e foi a aprovado!

. O governador Gladson Cameli (Progressista) comentou que deve ao major Rocha a coesão da base do governo.

. A partir da ida do Rocha a Assembleia Legislativa protocolizar a LDO e a reforma política as coisas começaram a mudar.

. Também não esqueceu da postura competente e firme do deputado Luís Tchê.

. Desde que começou o novo governo foi a primeira vez que a base parlamentar atropelou a oposição.

. “Nas democracias quem manda é a maioria”, já dizia o cientista político, Valdir Cabidh! A minoria em o direito de espernear.

. Foi assim na Assembleia Legislativa em todas as legislaturas.

. Perguntado pelo deputado Calegário o que ele achava dos requerimentos solicitando informações de secretários não serem aprovados no plenário, o vice-governador major Rocha respondeu:

. “Fui deputado aqui por quatro anos e a base do governo do PT nunca aprovou um requerimento meu”.

. Fecha o pano e passa a régua!

. Pelo visto, vai ser assim daqui por diante; deputados da base n]ao vão deixar passar nada da oposição.

. A não ser de comum acordo, ou seja, se interessar ao governo.

. Na hora em que o protesto dos policiais civis estava em seu ponto mais alto o governador Gladson Cameli sai do Palácio Rio Branco e vai conversar com eles.

. Encerrou o movimento, não havia mais razão de ser!

. Nos governos da Frente Popular criava-se uma comissão formada por assessores especiais para discutir a pauta de reivindicação; o Gladson inovou.

. À coluna Gladson Cameli reafirmou a existência de uma espécie de cartel no sistema de Saúde (Não ficou muito claro como funciona esse cartel).

. Na conversa que tive com o secretário Alisson Bestene na Assembleia Legislativa ele também reafirmou a movimentação do cartel para prejudicar o Estado.

. Algo a ser investigado.

. O ex-governador Tião Viana (PT) certa vez fez o mesmo comentário sobre um grupo que agia dentro da Saúde, uma máfia.

. MPF, MPE, PF, Justiça Estadual e Federal precisam esclarecer essa história toda, a população é que não pode pagar a conta.

. Saindo do Acre para Brasília a deputada federal Perpétua Almeida (PC do B) tem a virtude de ser autêntica.

. Foi as redes sociais se posicionar publicamente contrária ao decreto do presidente Jair Bolsonaro (PSL) que facilita o acesso da população as armas.

. Ela foi autora da PEC que liberou armas para seringueiros, colonos e ribeirinhos por uma questão de real necessidade (sobrevivência), mas não se escondeu na hora de enfrentar os armamentistas agora.

. Pois é, e o PC do B é acusado pela extrema de direita de ser “terrorista”!

. Na contramão da “lei do amor” e da sociedade alguns religiosos concordar com a facilitação da venda de armas para a população.

. A Rosa Maria sempre com as perguntas incômodas:

. Um fuzil é uma arma carnal ou espiritual?

Nicolau é discreto e firme nas decisões

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Nicolau Júnior (Progressista) é um político de poucas palavras, discreto, fala mansa, mas firmes nas decisões.

Tem presidido o Poder Legislativo como um verdadeiro magistrado pela posição em que se encontra. Os deputados de oposição Edvaldo Magalhães e Jenilson Leite, ambos do PCdoB; Daniel Zen e Jonas Lima, do PT, reconhecem a imparcialidade de Nicolau na condução dos duros debates na tribuna da Assembleia, com temas explosivos como a criação de CPI’s.

Na ausência do governador Gladson Cameli (Progressista) e do vice-governador major Rocha, Nicolau Junior tem assumido a condução do Estado. Dialoga com os demais poderes, com prefeitos, vereadores, secretários dirigentes de partidos aliados e instituições. Todas as conversas com ele são transparentes e republicanas.

Ainda é cedo para se falar no assunto, mas é certo que será reconduzido à presidência do Poder no tempo certo, juntamente com o 1º secretário da Casa, deputado Luís Gonzaga (PSDB). Estão criando um dos melhores portais de transparência do Estado, saneando as finanças e investindo nos serviços à população. Os dois dão segurança ao jogo da política jogado na arena do parlamento.

Que continuem a melhorar! O parlamento é a pedra angular da democracia.

. Alguns cabos eleitorais que queriam tanto arrancar o PT do poder deveriam estar nas ruas defendendo os ideais democráticos da oposição.

. Ou queriam apenas cargos no governo?

. A reforma administrativa proposta tem correção a ser feita o que é perfeitamente natural dado a nova estrutura administrativa do Estado.

. Para solucionar o problema chama (por parte do governo) o Ribamar, (pela Assembleia Legislativa) a assessora jurídica, advogada Evelena.

. Os dois não são problemas, são soluções!

. Ao saber que a lei complementar da reforma tem que ser modificado o líder da banca, deputado Luís Tchê (PDT), ficou emocionado e arrepiado.

. “Nunca aconteceu no parlamento essa oportunidade, em governos passados voltaria para o Gabinete Civil para ser modificado, teremos uma boa oportunidade de mostrar competência e eficiência”.

. Agora, esse negócio de emoção e arrepio deixa pro jogo do Grêmio com o Inter; tá ficando com o coração fraco, índio velho?!

. Ouvido pela coluna o deputado Edvaldo Magalhães, líder do PC do B, disse que a reforma proposta pelo governo cabe um bom debate.

. Para bom entendedor, meia palavra basta!

. Começa afirmando, por exemplo, que não há necessidade de se criar cargos nas massas falidas do velho Estado do Acre.

. A sessão de hoje na Assembleia promete!

. Nos próximos dias o deputado Fagner Calegário (sem partido) será convidado a compor a base do governo na Assembleia.

. Proposta republicana!

. Bem lembrado, o PDT está em uma campanha de filiação partidária para os jovens que desejam disputar a eleição de vereador ano que vem ou, simplesmente, participar da militância política.

. Os tucanos também estão muito animados!

. Dos partidos nanicos, apenas o Democrata Cristão (antigo PSDC) se organiza para eleger ao menos dois vereadores.

. O PSDC é uma excelente sigla para quem almeja um mandato!

. Se tem uma vereadora que merece continuar no parlamento é a vice-presidente da Câmara, a Lene Petecão (PSD).

. É uma das parlamentares mais atuantes do Acre.

. As mulheres deveriam orgulhar-se dela, exemplo de luta em defesa da sociedade.

. Não sou seu assessor, apenas faço a cobertura jornalística na Câmara para este ac24horas.

. A bem da verdade, no geral, a atual legislatura do Poder Legislativo Municipal é muito boa; fui vereador por dois mandatos dá para avaliar bem.

. A prefeita Socorro Neri (PSB) pode nem tapar os buracos todos da cidade nesse verão, mas que o asfalto é de vergonha, isso é!

. A massa asfáltica utilizada pela Emurb é de excelente qualidade.

. Não chamem o secretário Paulo Wadt para tomar café com bolacha da Miragina no ninho tucano, às 16 horas, como fazem sempre.

. Café, chá da tarde tem que ser com bodó, tapioca ou bolacha da Miragina.

Reclamando do quê! governador Gladson Cameli encarnou a mudança dos Acreanos

Acompanho diariamente as reclamações das pessoas na mídia e nas redes socais.

Tanto do presidente Jair Bolsonaro (PSL), bem como do governador Gladson Cameli (Progressista) em nosso Estado. A favor e contra. Os contrários vêm aumentando a cada dia. É normal para quem chega ao poder. É o desgaste dos primeiros meses. São demandas não atendidas, soluções não apresentadas, expectativas frustradas, aliados insatisfeitos e até os mal-humorados que são contra tudo e contra todos em qualquer situação. O prazer de ser contra.

As pessoas no Acre respiravam mudança (com toda razão depois de 20 anos de governo do PT). Cansa até cachorro. Veio a mudança. O governador Gladson encarnou a mudança. Ele não é, nem nunca foi do PT. Aliás, pensa e age completamente diferente de todos os petistas que já passaram pelo Palácio Rio Branco. A questão reside no sistema de governo, no sistema político e no sistema eleitoral. Não existe uma denúncia de corrupção contra o Gladson. Os protestos são por conta da gestão e das demandas políticas fisiológicas não tendidas dos aliados.

Por outro lado, quem deveria ajudar o Gladson a governar o Estado só quer poder. Cargos, cargos e mais cargos. Espaços de poder, favores, benesses. A maioria dos aliados são insaciáveis. O poder atrai poder. É como o dinheiro. Acham, por exemplo, que se tiverem muitos cargos no governo ganham as próximas eleições. Ajuda, mas não decide. Durante a campanha perguntei a uma pessoa qual era o projeto da oposição para o Acre? Ela me respondeu: “Derrotar o PT, você não acha esse um excelente projeto”? Vi a mesma pessoa reclamando do governo que derrotou o PT. Pensei comigo, reclamando do quê? A mudança que você queria chegou. Agora ajude o Acre a sair do atoleiro.

. O fenômeno Donald Trump (em termo de apoio, e somente isso) se repete com Jair Bolsonaro.

. Assim como o Donald, a base de apoio do Jair no Brasil é estritamente religiosa.

. Aqueles que acreditam que Deus o ungiu presidente, escolhendo-o como instrumento de justiça contra os inimigos do Reino de Deus estão fielmente ao seu lado.

. Os que odeiam o PT, também!

. Esses, do Bolsonaro, tornaram-se iguaizinhos aqueles petistas que não veem nenhum defeito no Partido, muito menos em suas mais expressivas lideranças como os ex-presidente Lula e Dilma Rousseff.

. Quer arranjar uma briga feita critique o Bolsonaro pelo corte na Educação.

. “Não é corte”; “comunistas”, “endiabrados”.

. É intragável conversar com os dois extremos.

. Ouvi-los, então, uma enxaqueca daquelas de não poder ascender a luz.

Cutucou o Bolsonaro é petista; cutucou o Lula ou o PT é bolsomínio!

. Deusulivre!

. O PROS, da deputada Maria Antônia e do Deda, começa a ocupar o espaço deixado pelo PSB em Brasiléia e Epitaciolândia.

. Quanto ao glorioso PSB, foi para o vinagre por culpa das lideranças regionais que abandonaram o partido.

. A disputa será para saber quem vai indicar o vice da prefeita Fernanda Hassem (PT) nas próximas eleições.

. A choradeira era grande, o corte foi profundo, os cargos são poucos, o Estado está engessado…então tome cargos, Zé do Rodo!

. Zé do Rodo, não!

. O pobre do Zé do Rodo, do ramal do Rodo, não vai ganhar nem remédio para pressão arterial, se quiser que compre.

. O presidente da Assembleia, deputado Nicolau Junior (Progressista) tem sido o ponto de equilíbrio no diálogo entre os poderes e instituições.

. Não é de tocar trombeta, mas um excelente articulador.

. Por sinal, muito respeitado pela oposição.

. O deputado Fagner Calegário (sem partido) disse a coluna que não tem pressa nenhum de se filiar a outra sigla.

. Vai esperar a maré para não ficar encalhado na próxima eleição.

. Outro que comentou com a coluna sobre a situação partidária foi Chico Viga; disse que não pensa em deixar o PHS por enquanto.

. Já começou a procura por pretensos candidatos a vereador por partidos que não tenha ninguém com mandatos em seus quadros.

. Esse é o maior drama de quem tem mandato, ninguém quer entrar na chapa porque sabe que só vai servir de bucha.

. Bucha é bucha, viu Jack Montana.

. Com todo esse mal humor dos eleitores, não é de se espantar que o juiz aposentado Pedro Longo (PV) arrebente de votos se realmente se confirmar sua candidatura a prefeito de Rio Branco.

. O povo continua com sede de mudanças!

. Os políticos que não entenderem isso, que não acompanharem esse processo vão comer muita poeira.

. Até porque o verão chegou!

Dias de vacas magras! O Brasil e o Acre, por conseguinte, tiveram anos de vacas gordas

Uma das histórias mais contadas em todo o mundo é a de José de Egito, o sonhador.

O jovem hebreu que foi vendido pelos irmãos como escravo porque o odiavam. Tinham muita inveja da relação dele com o pai, já que era filho único de Rachel (o maior amor da vida de Jacó) e não de Lia, a feia, mas que pariu 12 filhos. Casos de família. Resumindo a conversa: Perseguido pelos irmãos, vendido como escravo, foi preso e saiu da masmorra para interpretar o sonho do faraó: Sete vacas gordas, sete vacas magras que devoravam as gordas, ou seja, sete anos de fartura e sete anos de fome. Faraó fez de José governador de todo reino do Egito.

O Brasil e o Acre, por conseguinte, tiveram anos de vacas gordas. Se alguém sonhou que viram as vacas magras não disse nada. A não ser um professor de economia americano (não lembro o nome) nas Páginas Amarelas da revista Veja, em 2010, que disse que o crescimento do Brasil não se sustentaria a taxas tão altas, dois dígitos. É uma bolha! Apesar do Brasil ser uma nação de muitos profetas ninguém recebeu de Deus mensagem alguma sobre os anos de vacas magras que viriam.

E vieram!

PIB em queda, desemprego crescente, inflação saindo do centro da meta, empresas quebrando, estradas ruins, serviços públicos sem qualidade, fome, miséria, Educação, Saúde e Segurança vão mal, um quadro de violência aterrador. A curto e médio prazo nenhuma solução. O pior é que as vacas magras querem devorar as gordas, cevadas às expensas do Estado brasileiro. A reforma da previdência, por exemplo, está trazendo à tona anos de regalias, privilégios e mordomias de uma casta instalada secularmente nos poderes da república. Aqui no Acre em nada é diferente do que acontece lá no Brasil (e no Egito). Só que faltou um José sonhador!

. O ideal é sempre começar bem e terminar bem.

. Porém, nem sempre acontece.

. Tem gente que começa mal e termina mal.

. Outros começam bem e terminam muito mal, um desastre.

. Para os que começaram mal, vale mesmo é terminar bem.

. Não é fácil quando se depende de vários atore ao mesmo tempo, principalmente na política.

. Não produzo Fake News!

. Quando divulgo uma informação na coluna ou é, já foi ou vai ser!

. Fake News é com os russos, americanos e alguns seguidores do mito.

. Porém, há quem jure de pé junto que Fake News surgiu na campanha da presidenta Dilma Rousseff em 2014.

. De onde não se espera é que não vem mesmo!

. Foi só mandar cutucar o boi que a CPI da Energisa engatou a primeira, já tem presidente e relator.

. Agora é hora do acocha, abrocha, atocha e arrocha a Energisa, tipo macaxeira na prensa de casa de farinha.

. Chega o caldo escorre…a manipueira.

. Entrando um pouquinho na seara do PSD, durante reunião do partido a mulher do senador, Sérgio Petecão, a Mafisa Petecão declarou apoio à candidatura de Montana Jack a vereador da capital.

. Magoou!

. Mulher de governador, senador, prefeito deve apoiar a chapa do partido, ajudar a todos; no momento em que privilegia alguém semeia a contenda, a desconfiança, o ódio, a raiva e a indignação.

. A Frente Popular tinha essa prática nociva!

. Pode até ter a preferência, mas não se revela há um ano e cinco meses de uma eleição, deixa para a última semana quando o funil aperta.

. Gari que faz a coleta de lixo no Centro da cidade me pergunta:

. O senhor acha que tem justiça no Brasil?

. Respondi com outra pergunta: Por que?

. Retrucou: Porque o ministro da justiça do Brasil perguntou ao presidente da Bolívia, Evo Morales, por que lá tinha a Marinha se eles não têm mar, nem navio, nem submarino?

. Evo cocaleiro respondeu que era como no Brasil que existia o Ministério da Justiça, mas não tinha…justiça!

. Deu uma boa gargalha e saiu assoviando.

. Quem pensa que o povo é besta tá muito enganado, se faz de besta!

. Cesário Braga gentilmente liga para dizer que nas hostes petistas não há confusão, contenda ou briga.

. Só love!

. Na quarta reuniram-se Jorge Viana, Cesário Braga, Sibá Machado, Rodrigo Forneck, Antônio Morais e Jonas Lima.

. Tinha até fundo musical, Love History, orquestrada!

. Obrigado aos leitores que, carinhosamente, corrigem a coluna por erros de digitação e formação;

. Tempo, pressa é incompatível com qualidade.

. Bem lembrado:

. O ajuste na base parlamentar do governo na Assembleia teve a participação decisiva do secretário de articulação política do governo, Ney Amorim.

. Avisei…

Jorge Viana, D.R. e Jonas, para onde vai o PT?

Poucos percebem, mas o Partido dos Trabalhadores está em ponto de ebulição.

Apesar de todo esforço empreendido pelo presidente da sigla, Cesário Braga, os conflitos internos ainda não foram equacionados para que o PT possa marchar unido nas eleições de 20020 e 2022. O principal ícone do partido, Jorge Viana, ainda não digeriu a Democracia Radical (DR), que ele considera uma das variantes de sua derrota para o Senado.

Acontece que o PT sem o Jorge Viana não vai a lugar nenhum. É como um barco com leme quebrado em alto mar. Jorge também percebeu a fragilidade do atual governo e já se movimenta intensamente nos bastidores para fincar as bases de um novo momento político para o Acre. Ele, Marcus Alexandre e Raimundo Angelim. Só tem uma pedra no caminho: A DR é quem governa o PT.

No bloco dos insatisfeitos tem o deputado Jonas Lima, que perfila ao lado de Jorge, mas se a DR distribuir o poder. De liderança de peso com mandato no Juruá só sobrou o Jonas e o seu irmão, prefeito Isaque, em Mâncio Lima. Se o PT não mudar, Jonas e seu grupo político tem duas opções: mudar de partido ou ele mesmo ir plantar café nas terras que têm desde que era agricultor. Esse aviso ele mesmo deu ao Jorge Viana.

O deputado Sibá Machado depois que foi contemplado com a presidência da Executiva Municipal do Partido em Rio Branco depôs as armas. Passou a tomar tacacá com o Cesário todos os dias. Quando não, estão tomando café com bolacha da Miragina no escritório do deputado Daniel Zen, com Léo de Brito e o Carioca. Ainda sobre Jorge Viana ele nunca responde diretamente quando perguntado se continua ou não no PT com a DR no comando. O Jonas Lima aposta que ele sai, eu não! Deve haver um caminho… por enquanto o que os filiados e simpatizantes mais quem saber é: Para onde vai o PT?

. Para bom entendedor, uma palavra basta!

. Em meio a tantos desacertos do governo do Estado eis que surge uma luz no fim do túnel. Sei que é um surrado e velho clichê, mas em tempos de Jair Bolsonaro ninguém vai estranhar.

. A base de sustentação na Assembleia Legislativa e a articulação política começam a dar sinais de que a banda pode ser afinada.

. Ainda é muito cedo para chamar de orquestra.

. O certo é que a subida do experiente deputado Luís Tchê (PDT), oriundo da Frente Popular, para a liderança do governo deu os primeiros resultados positivos para o governador Gladson Cameli (Progressista), para o vice major Rocha e demais membros da equipe.

. Luís Tchê começa a se impor como líder e, principalmente, a ser reconhecido no âmbito do Palácio Rio Branco, da Assembleia Legislativa, do Poder Judiciário e demais instituições.

. É como diziam alguns deputados ontem, inclusive, da oposição: o governador Gladson Cameli agora tem um líder à altura dos desafios que o momento exige.

. O Tchê veio de uma boa escola política, a FPA, muito embora seguimentos soberbos do PT tenham abalroado o Titanic no iceberg que levou o projeto a pique pela arrogância de imaginar que nem Deus o destruiria.

. Pois, é por pouco o PT no Acre não foi varrido do mapa. Sorte, porque o Titanic foi!

. O melhor exemplo dessa nova fase que se inicia no governo Cameli foi a ida do governador em exercício, major Rocha (PSDB) e do secretário da Casa Civil, Ribamar Trindade na Assembleia Legislativa entregar pessoalmente à Mesa Diretora e aos demais parlamentares o projeto de ajuste da Reforma Administrativa e a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) em tempo hábil e, ainda, por cima, responder questionamentos dos deputados de oposição presentes ao ato oficial, muito embora não fosse solene.

. A partir de agora, o governador Gladson Cameli pode fazer funcionar bem sua articulação política com o vice major Rocha, Ribamar Trindade Ney Amorim e Luís Tchê!

. A CPI da Energisa foi instalada, a partir da outra semana começam as primeiras reuniões e as convocações.

. Vai dá o que falar!

. A conversa mais furada que já ouvi é a de que ainda é muito cedo para se discutir eleições municipais.

. O fogo tá queimando por baixo!

. O que tem de gente animado com a criação de 300 cargos na proposta de ajuste da reforma administrativa.

. É o governo gerando emprego!

. A propósito, a construção civil está amargando seus piores dias.

. Divulgado ontem a retração do PIB; isto significa mais desemprego, fome, miséria e violência no país.

. Muita gente voltando a morar nas colônias; excelente opção, melhor do que ficar passando fome da cidade com os filhos roubando e as filhas se prostituindo.

. O êxodo rural ao inverso!

. Todo mundo comentando que a mega sena acumulada teve maracutaia!

. Ah povo da língua grande!

O trânsito que mata! A morte trafega em duas rodas

Dados alarmantes foram apresentados na sessão da Câmara Municipal por autoridades de trânsito no mês dedicado a combater os acidentes.

Subsídios, como por exemplo, das 12 mortes nas ruas este ano, 11 foram de motociclistas. O Seguro DPVAT é quase todo direcionado para acidentes com motocicletas. A morte trafega em duas rodas. É rotina em nossas ruas ver jovens em alta velocidade desesperados. Para onde vão? O que querem? Por que o desespero? Que angustia é essa que só a velocidade e o perigo podem aliviar tanta desesperança? Um deles comentou comigo que é a sensação de liberdade gerada. “É como está voando, ser livre”.

Outro número apresentado, não menos alarmante, foi o crescimento em mais de 400% de acidentes de trânsito em função da utilização de celulares ao volante. As pessoas não estavam bêbadas! O número de mortos e mutilados aumenta assustadoramente. Recai sobre um sistema de saúde precário agravando a situação da população mais necessidade que procura as unidades de saúde e não consegue em função das emergências de trânsito. O ano passado uma pessoa por um dia de UTI custava aos cofres da Saúde mais de R$ 200 mil. O gasto com acidentes de trânsito para o sistema de saúde é praticamente incalculável.

Na contramão dessa loucura toda a motocicleta é um dos transportes mais baratos, eficientes e práticos do mundo. O problema não está na máquina, no veículo como erroneamente pensam alguns. Muito menos nos celulares. Está nas pessoas. Na população. O melhor exemplo para o Acre é o povo boliviano. Adolescentes, mulheres grávidas, idosos, gordos, magros andam de motocicleta o dia todo sem que ocorra um acidente se quer. Nem capacete é obrigatório. Se acontecer de alguém passar correndo muito ou provocar um acidente, eles dizem logo: “É brasileiro”; “eles são doidos”; “eles procuram a morte o tempo todo”. Para mudar essa realidade é preciso investir em educação. Só a repressão não resolve. É necessário ensinar a amar a vida e não a morte!

. O que leva uma jovem rica a brigar por cargos no governo? A se expor reclamando que esqueceram dela?

. Dinheiro não é!

. Como bem define o colega aqui na redação, o Leônidas Badaró:

. “São viciados no poder porque dinheiro tem sobrando!

. A candidatura do juiz aposentado Pedro Longo à prefeitura de Rio Branco pelo Partido Verde é irreversível.

. A do ex-deputado federal Henrique Afonso, em Cruzeiro do Sul, também está na pauta; lembrando que Henrique voltou a ter domicílio na cidade.

. Cruzeiro do Sul terá, ao menos, cinco bons candidatos a prefeito.

. Encontrei o prefeito Ilderlei Cordeiro ontem, no lançamento do livro do pastor Agostinho Ribeiro, bastante animado.

. Em Sena Madureira o deputado Gerlen Diniz (Progressista) continua afirmando que vi disputar a prefeitura com o atual prefeito Mazinho Serafim.

. Em Brasiléia, ao que parece, não vai ter jogo; a prefeita Fernanda Hassem (PT) vai ganhar por WO.

. Ainda não apareceu um candidato para disputar com ela.

. “Também, pudera”, como diz a Madalena; a oposição por lá fez um estrago tão grande na prefeitura que a população ainda não se recuperou da devastação.

. Leio que o lar dos vicentinos em Cruzeiro do Sul pode até fechar; minha nossa!

. O que não falta é problema para o governo resolver.

. A balsa de Xapuri quebrou o motor, o rolo compactador perdeu o parafuso, a radiografia não funciona, tem que pagar os aposentados, tem gente na fila para cirurgias…

. Deusulivre.

. Um parlamentar tem que aparecer pelo conteúdo, produção, trabalho, dinamismo e não apenas vendendo beleza em selfie.

. O Brasil vai bem, bem mal!

. Parlamentar relatou na tribuna a viagem que fez a Maceió, capital de Alagoas, para um curso de aprimoramento do mandato.

. O rapaz que entrega água e gás perguntou onde fica Maceió?

. Fica na terra do ex-presidente Fernando Collor de Melo, Teotônio Vilella, Divaldo Suruagy, Marechal Deodoro, Péricles de Góes Monteiro e Darcy Ribeiro entre outros ilustres brasileiros.

. E é, é?!

. É!

. Como faço para ir lá, indagou!

. Se filia a um partido, disputa a eleição, ganha, recebe o diploma, toma posse depois vai lá fazer um curso.

. Vixe!

. Pois, é! Democracia custa caro, filho!

. O vereador Rodrigo Forneck (PT) partiu para a defesa intransigente da educação; decidiu apoiar e participar dos protestos de hoje no Centro e na Ufac.

. Rodrigo é um bom vereador!

A volta do pires na mão! A bancada federal do Acre terá que se posicionar.

Ou o governo acreano não precisa desse socorro ou está sofrendo discriminação por ser um Estado pequeno.

Os mais novos desconhecem. Mas, houve um tempo em que, cada viagem que um governador fazia para Brasília em busca de recursos federais, dizíamos que o Acre vivia a politica do pires na mão. O mesmo que pedir esmolas. Não sei bem, mas acho que foi coisa do Zé Leite, Aloisio Maia ou mesmo do Garibaldi Brasil. Diziam que o Acre era o filho enjeitado da União. E era mesmo.

Pois bem, entre algumas coisas boas que o governo do PT prometeu e fez foi acabar com a politica do pires na mão. Coisa do seu Jorge Viana. Se elegeu governador, procurou o presidente FHC e dona Ruth Cardoso e fez uma boa parceria para indignação de alguns petistas, socialistas e comunistas. Menos o Edvaldo Magalhães. Com a eleição e reeleição do Lula a estrela do Acre começou a aparecer na constelação da bandeira nacional. Veio a Dilma e sua desastrada reeleição…e o golpe. O reino já havia sido tomado pelas trevas da corrupção. Foi o caos.

O clã dos Bolsonaros prometeu dissipar as trevas. Ganhou a eleição, mas o Acre voltou a politica do pires na mão. Porém, muita coisa mudou como, por exemplo, as emendas parlamentares impositivas que a União é obrigada a repassar. Entretanto, tem um corpo estranho nesse meio: o ministro Paulo Guedes. Ao que parece, por ele, o Brasil devolveria o Acre para a Bolívia e pediria desculpas pela demora. A bancada federal tem que olhar para Bolsonaro como presidente e não como mito. A eleição acabou. O Jair não incluiu o Acre na lista dos Estados que devem ser socorridos financeiramente. É bom não ir se acostumando a volta do pires na mão. É uma indignidade!

. Ou o governo acreano não precisa desse socorro ou está sofrendo discriminação por ser um Estado pequeno, pobre com apenas sete votos na reforma da previdência que tramita na Câmara Federal.

. Estados ricos como São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro serão contemplados porque tem os votos que o Paulo Guedes precisa. Não estou inventando nada.

. É o que me disse o senador Sérgio Petecão (PSD).

. A bancada federal do Acre terá que se posicionar.

. O dilema da bancada é que quando se fala no “mito” é como se realmente ele fosse o capitão América, que vai nos salvar de um ataque marciano.

. Ele e o Donald Trump.

. Nesse enfrentamento deve se colocar de lado os costumes, valores, debate imoral sobre a moral, quem é gay, bissexual, lésbica, hetero ou trans.

. A questão é dinheiro, grana, bufunfa, Plata, cobre, o vil metal para tirar o Acre do mapa da pobreza, da fome e da miséria.

. Senadores e deputados federais devem demostrar de que lado estão: Se do lado da população acreana ou se do vendedor de terrenos na lua, o senhor Paulo Guedes.

. A palha foi queimada, vamos ver o que restou da verdade.

. Na Uninorte estão recriando o movimento “Volta Cabide”.

. Era só o que faltava para as eleições municipais serem atrativas.

. Valdir Cabide e Montana Jack seria uma boa dupla de atacantes na Câmara Municipal.

.Por falar em eleição municipal, a prefeita Socorro Neri (PSB) tomou gosto e será candidata à reeleição.

. Só falta tapar da política com o PT e PC do B, da cidade está tapando.

. Petistas e comunistas devem saber que a prefeita Socorro não vai dialogar politicamente como a FPA fazia.

. Ela não veio da finada FPA, nasceu no MDB, passou como relâmpago pelo ninho tucano e se agasalhou no PSB.

.Portanto, a forma e o conteúdo são diferentes.

. O modus operandis, entendes, professor Cuca?!

. Quem é o Cuca?

. O marido da Cuca, pais do Cuca, que trabalha no shopping.

. Os olhos do povo estarão voltados para os deputados da base do governo hoje.

. Saber se o café de sexta-feira passada estava doce ou amargo.

. O desastre seria maior se os deputados Nicolau Junior (Progressista) e Luís Gonzaga (PSDB) não estivessem a frente da Mesa Diretora.

. Vai uma crítica séria e construtiva ao governador Gladson Cameli:

. Antes de qualquer decisão com graves consequências para o governo como a exoneração de secretários converse com o Ribamar.

. Evitaria dissabores!

. É vero!

Minoru pousa no ninho tucano! Será recepcionado pelo vice-governador Major Rocha

O ex-reitor da Ufac, Minoru Kinpara, provável candidato a prefeito nas eleições de 2020, faz um pouso no ninho tucano hoje para um café da manhã.

Será recepcionado pelo vice-governador Major Rocha, a deputada federal Mara Rocha, os deputados Luís Gonzaga e Cadmiel Bomfim, além de prefeitos, vereadores e dirigentes estaduais e municipais. No cardápio a continuação do namoro com o PSDB iniciado ainda o ano passado pelos dois agrupamentos políticos. Kinpara teve expressiva votação no último pleito quando disputou o Senado pelo partido da Rede, que não teve sustentabilidade eleitoral.

Rocha não esconde de ninguém sua preferência por Kinpara abrindo mão de uma possível candidatura da irmã, Mara. Minoru deve saber que os tucanos domésticos sobrevivem comendo grãos e frutas. Porém, os tucanos selvagens comem larvas, lagartixas e até outras aves. O prato predileto é o pombo. Em uma disputa eleitoral vale tudo. Melhor ele ser tucano do bico duro do que uma pomba branca que já foi, inclusive, símbolo do MDB em eleições passadas.

Além disso, é mais fácil acertar um pombo que voa baixo e come até nas praças, do que um tucano que, apesar do voo curto, é muito alto.

. O vice-governador major Rocha disse à coluna ontem que não pretende disputar a eleição porque seria prejudicial para o PSDB em termos de conquista de espaços de poder.

. A decisão foi tomada pelo conjunto do partido e não apenas por ele.

. Ficou lisonjeado com o convite do governador Gladson Cameli (Progressista), mas entende que o projeto político que ganhou o governo do estado precisa avançar unido na capital.

. Rocha, afirmou, ainda, que é possível sim construir a unidade dos partidos que compõem o governo hoje.

. “Tudo é uma questão de diálogo”, ressaltou.

. Calma, gente!

. Ele disse mais:

. Confirmou o que venho reiterando na coluna, que o PT está na lona mas o nocaute não foi completo, pode levantar e virar o jogo.

. Para encerrar, ele acha que Jorge Viana, Marcus Alexandre e Raimundo Angelim é a trinca de ases que o PT tem pra colocar no jogo.

. Tipo o Kazushi Sakuraba, do MMA.

. Deu na imprensa do Sudeste que o dízimo das igrejas vem caindo com a crise econômica; segundo pesquisa, o período que mais se pagou dízimo foi durante os governos do PT.

. Faltou um profeta para dizer que o tempo das vacas gordas iria acabar!

. Agora, tem que fazer como o patriarca Isaque:

. “Não desças ao Egito que Eu, o Senhor, vou te prosperar no meio dessa fome, desse deserto.

. A história é bem contada porque o Isaque ficou rico, gastava quase nada, trabalhou dobrado e juntou muito!

. No Egito tinha muita farra, jogos, bugigangas, celulares, carrões, manjares, parafernália eletrônica no balde…coisas caras e tolas; no deserto, até a água era pouca.

. Entendeu irmão, a sabedoria de Deus!

. Gasta pouco em tempos de crise!

. Bom, terminou a aula; não sou professor no curso, sou aluno!

. Lá se vai mais uma semana e não se falou em CPI da Energisa, nem Pró-Saúde, nem Consignados, nem nada…

. Quando vi aquele fogaréu doido de CPI pensei comigo:

. Depois que essa lenha queimar a cinza vai ser branca.

. Não era breu, era embaúba!

. Embaúba não dá carvão, filho!

. E agora, José?!

. O povo não aguenta pagar uma energia tão cara, moço.

. Dileto amigo, que mora no ramal do Benfica, está há uma semana sem energia, não pode pagar, foi cortada.

. Como ele, uma centena!

. Chama o Luís Inácio!

. O prefeito de Sena Madureira está a caminho de fazer as pazes com o governador Gladson Cameli para alegria do povo de lá.

. A população gosta muito do Mazinho e da deputada Meire, mas também do Gladson Cameli, sobrinho do Orleir Cameli.

. O encontro está sendo promovido pelo conciliador Major Rocha, virtude então desconhecida dos amigos.

. Digo que o Rocha é bom mesmo se conseguir que o Mazinho e o Gerlen Diniz tomem tacacá na mesma cuia.

. É vero!

. Depois do puxa-encolhe a base parlamentar do governo começou a se ajeitar; hoje cedo um café da manhã com o governador Gladson Cameli.

. Só não vale chegar na sessão de terça feira e largar o cacete nos couros do governador, sendo assim ele vai ter que perguntar:

. Vocês me amam?

. Apascentem o rebanho!

. Acompanhem o ac24horas, informação verdadeira, atualização das notícias é tipo leite Ninho:

. Instantâneo e bom!

Se o governo afundar, todo mundo vai junto! O governador Gladson Cameli atravessa um momento crítico.

Se a reforma da previdência não acontecer em Brasília os governos estaduais e as prefeituras estarão literalmente em grandes dificuldades!

Além das dificuldades naturais do 1º ano de mandato, dos salários atrasados, dos milhões de dívidas com fornecedores, da crise econômica brasileira, da reforma da previdência que não avança, da pressão na Segurança, Saúde e Educação, da crise na base de sustentação da Assembleia Legislativa o governo precisa funcionar no dia-a-dia. Como diz uma figura de proa do MDB: “O governo tem que governar”, isto é, agir, produzir uma agenda positiva de atividades. Só discurso não resolve. Se o governo não anda, todos são afetados.

Não pense a coligação “Mudança e Competência”, que elegeu Gladson Cameli NO 1º turno da eleição passada formada pelo Progressista, MDB/ PSDB/ DEM/ PSD/ PTB/ PMN/ SOLIDARIEDADE/ PTC/ PR E PPS está isenta de qualquer responsabilidade se o governo fracassar. A população, principalmente com o advento das redes sociais, sabe muito bem diferenciar quem é quem no jogo político. Se não soubesse não teria apontado o nome de “ex-petistas” na janela do ônibus do governo.

Portanto, os três senadores, os sete deputados federais, os 18 estaduais, secretários e assessores do atual governo comecem a remar juntos porque o navio do PT está muito avariado, todo furado, mas não foi a pique como o Titanic. Jorge Viana, Marcos Alexandre e Raimundo Angelim tem capacidade de consertar a barcaça petista criando um movimento político para as eleições de 2022. Duvida? _ Vai duvidando que em 2023 está todo mundo no olho da rua. O humor do povo não está bom para os políticos; quem põe também pode tirar!

. Pebados, como diz o colono acreano!

. Pebados e lascados é a mesma coisa!

. O rombo no casco do Orçamento da União será de aproximadamente R$ 200 bilhões!

. Chama o Luís Inácio!

. Ontem, o STF estendeu imunidade aos deputados estaduais.

. Traduzindo para o popular:

. Se um deputado estadual for preso (a não ser em flagrante delito ou crime inafiançável) a Assembleia Legislativa poderá derrubar a ordem do juiz que o prendeu.

. Quer dizer que crime de desvio de dinheiro público não garante a prisão de ninguém…

. Rindo de quê, Natália!

. De ter dito “prisão de ninguém”; ninguém somos nós porque os políticos “são alguém”, nós é que não somos ninguém; quer que desenhe?

. Por que essa brutalidade toda, precisa dá coice…?

. Que mau humor, deve ser TPM!

. Ouvi dizer que alguns deputados da base do governo não gostaram muito da ideia do Tchê ser o novo líder do governo.

. Chama o Bestene!

. Se fosse o Bestene iriam reclamar também!

. Na avalição do ex-líder do Gerlen Diniz (Progressista), Luís Tchê é o homem certo, no lugar certo e na hora certa.

. Na atual conjuntura política é mesmo!

. Dias nervosos, estressantes!

. Diz que o presidente Jair Bolsonaro facilitou o acesso de armas para jornalistas, já pensou que estupidez?!

. O deputado Roberto Duarte (MDB) está fazendo a desobriga pelos Vales do Iaco, Envira e Juruá.

. Levou a equipe de assessores junto para sentir o drama da população!

. Quem participou do lançamento da operação verão pela prefeita Socorro Neri (PSB) no pátio da Emurb (Distrito Industrial) afirma que foi bastante concorrida.

. Mais de 500 trabalhadores foram contratados pela empresa de serviços urbanos para realizar o tapa buracos.

. Com Gladson Cameli e o major Rocha em Brasília, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Nicolau Junior assume o governo com muita tranquilidade, bem ao seu estilo.

. Alex Barros, João Pereira e a Leilane não tiveram tempo, se quer, de encomendar os ternos; foram dormir indicados e acordaram na mesma.?

. É da política essas coisas!

. Leitora de Sena Madureira perguntando se com a saída de Gerlen Diniz da liderança (ele) e o prefeito Mazinho Serafim vão fumar o cachimbo da paz

. Você está mais perto da resposta dos que nós, pergunte ao Mazinho e nos diga, mulher!

. Particularmente, acho mais fácil o Jack Montana crescer uns dez centímetros!

. Por falar em Montana ele disse que ser quer ser vereador porque tem um bom projeto político para a cidade.

Perguntei qual projeto era esse?

. Respondeu sem cerimônia:

. Ajudar o povo!