Homem é assassinado à tiros de espingarda em Comunidade de Cruzeiro do Sul

Na tarde deste sábado, 20, um homicídio foi registrado na Comunidade Campinas, em Cruzeiro do Sul.

Antônio Valdecir Silva da Conceição, de 31 anos, morador do Ramal 2, foi assassinado à tiros, momentos antes de participar de uma partida de futebol.

De acordo com informações apuradas, um jovem identificado como André, autor do crime, chegou até o local, portando uma espingarda, e efetuou cerca de 11 disparos contra a vítima.

Após o crime, o corpo foi encaminhado ao Hospital do Juruá, para os procedimentos cabíveis de liberação cadavérica. O caso agora deve ser investigado pela Polícia Civil. Por Por Richard Silva /  Juruá em Tempo

Bebê nasce com “três cabeças” e pai tenta enterrá-lo vivo

Caso ocorreu na Índia e criança precisou ser resgatada por policiais antes de passar por delicada cirurgia para retirada de protuberâncias na cabeça

Pai do bebê que nasceu com três cabeças tentou enterrá-lo vivo por medo de não ter como pagar contas médicas.

Em um caso raro de encefalocele, deficiência no tubo neural que causa má-formação em crianças, um bebê do estado de Uttar Pradesh, na Índia , nasceu com três cabeças e má formação no corpo.

“Essa é uma condição rara e o corpo dela não vai se desenvolver bem por causa disso. Vamos fazer uma ressonância magnética e depois uma cirurgia para separar as cabeças”, afirmou em entrevista ao canal de TV indiano NewsLion o médico Rajesh Thakur. 

Segundo o canal de TV, o pai da criança ficou com medo de não ter condições de pagar o tratamento e tentou enterrar a menina viva, mas ela foi resgatada por policiais.

A cirurgia foi realizada no hospital Sapthagiri, no estado de Bangalore, e a criança foi posteriormente adotada por um tio.

Os riscos de que ela tenha sequelas de desenvolvimento e deficiências mentais, porém, é alto.

 

Polícia prende assaltantes que roubaram barbearia em Rio Branco

Eles são acusados de invadir uma barbearia no bairro Abraão Alab em Rio Branco e roubar os pertences de funcionários e clientes.

Uma ação rápida dos Policiais Militares do 4°Batalhão na noite desta sexta-feira (19) resultou na prisão de Mateus Rocha de Moura, de 20 anos, e Marcos Romão da Silva.

De acordo com a Polícia Militar, a dupla adentrou o estabelecimento e um deles puxou um revólver e anunciou o assalto. Os criminosos fizeram as vítimas deitarem e roubaram, celulares, dinheiro e bolsas. A ação dos bandidos durou cerca de 2 minutos e em seguida fugiram do local a pé.

A Polícia Militar foi acionada e após colher as características dos assaltantes fizeram rondas e conseguiram avistar a dupla em via pública no bairro Boa Vista. Foi feita uma revista e em posse de Mateus e Marcos foram encontrado o revolver calibre 38 com 6 munições intacta e os pertences das vítimas.

Os assaltantes foram conduzidos à Delegacia de Flagrantes (Defla) para os devidos procedimentos.

Dois Jovens invade barbearia e assalta clientes no bairro Abraão Alab, em Rio Branco

Dois criminosos armados entraram numa barbearia de Rio Branco, localizada no bairro Abraão Alab, na noite dessa sexta-feira, 19, e anunciaram um assalto.

Imagens da câmera de segurança mostram o momento em que a dupla rende clientes e funcionário do local e saem tranquilamente depois de roubar celulares, dinheiro, bolsas e carteiras.

Segundo a polícia, um dos funcionários foi rendido junto a quatro clientes que estavam no local. Uma idosa conseguiu escapar dos bandidos sem ser roubada. Os acusados fugiram levando todo o dinheiro do dia lucrado pela barbearia.

Equipes da Polícia Militar informaram que pouco depois a dupla foi localizada e presa. A arma usada no crime também foi apreendida pelos militares.

Veja o Vídeo:

Gladson Cameli repudia invasão agressiva do prefeito de Sena Madureira à Rádio Aldeia FM

Enquanto o vereador Canário usava os microfones da emissora do governo para reivindicar melhorias para a população, o gestor municipal invadiu o estúdio de surpresa 

O governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Comunicação, repudiu a invasão de forma agressiva do prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim (MDB), aos estúdios da Rádio Aldeia FM naquela cidade enquanto o vereador de oposição, Canário, concedia entrevista e denunciava irregularidades na cidade.

“O desprezo ao direito de comunicar representa um retrocesso civilizatório inaceitável para a democracia Brasileira. É cada dia mais preocupante o crescimento desse tipo de atitude contra os jornalistas”, diz trecho da nota enviada pelo governo.

A nota diz ainda que a Constituição Federal garante a livre manifestação do pensamento e a livre expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação.

Em apenas dois dias, 3 pessoas são assassinadas e outras 3 baleadas em Rio Branco

Em apenas dois dias, três pessoas foram mortas e 3 feridas com arma de fogo na capital acreana.

Notícias de tentativas de homicídios e assassinatos voltaram a ser rotina na cidade de Rio Branco nesta última semana. 

Na quarta-feira (17), dois homens foram assassinado horas após a Polícia Federal prender 20 pessoas ligadas à facção Comando Vermelho. Os jovens executados seriam da facção rival Bonde dos 13.

O primeiro homicídio ocorreu no Ramal Adauto Frota, na BR-364, em Rio Branco. A vítima foi identificada como Elizeldo de Freitas Xavier, de 24 anos, foi morto com três tiros na cabeça. Já o segundo assassinato ocorreu na Rua Durval, bairro Canaã, em Rio Branco. Railson Mesquita da Silva, de 19 anos, foi executado com 4 tiros enquanto trafegava em sua bicicleta.

Já na quinta-feira (18), um homem matou a própria esposa a facadas no bairro Plácido de Castro, parte alta da região da Sobral.

Ainda na quinta-feira dois jovens e um adulto foram feridos a tiros na região da Baixada da Sobral. Os dois primeiros, José Eduardo Marinho, 35 anos, e um adolescente de 15 anos, foram baleados no bairro Ayrton Senna e o terceiro, um menor de 17 anos, no Aeroporto Velho. Por Folha do Acre

Sindmed vê com preocupação a falta de indicação de médico para a direção do hospital de Brasileia

O sindicalista ainda demonstrou insatisfação pela nomeação política, em que deixou de escolher outro médico para a gerência geral da unidade de saúde.

O presidente do Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed-AC), Murilo Batista, lamentou a saída do médico Rodrigo Prado da direção do Hospital de Brasileia Wildy Viana, na tarde deste sexta-feira.

Murilo Batista deseja sorte ao gestor na nova missão, mas disse estar preocupado com mudança por não contemplar a Resolução do Conselho Federal de Medicina (CFM) 1.342/91, em que apenas médicos deveriam exercer esta função.

“Rodrigo Prado pediu a sua saída do cargo por motivos pessoais, o que representou uma grande perda para a gestão pública. O que se esperava é que outro profissional da classe pudesse assumir a missão”, detalhou o Presidente do Sindmed.

Há anos o Sindmed-AC reivindica a escolha de médicos para a direção dos hospitais por entender que a Resolução do CFM vem sendo descumprida, tornando os hospitais alvo de constantes denúncias por parte da própria população que reclama da falta de atendimento, da demora ou da falta de equipamentos ou medicamentos.

A nomeação dos novos dirigentes da unidade foi publicada no Diário Oficial do Estado nesta sexta-feira.

Idoso é vítima de bala perdida e jovem é baleado com 2 tiros no Ayrton Senna

A região da Baixada da Sobral vem mostrado porque é considerada uma das regiões mais perigosas da capital Rio Branco.

Na tarde de sexta-feira (19), mais dois jovens foram vítimas de tentativa de homicídio em um dos bairros mais populosos da capital.

Keven, de 18 anos, foi baleado com dois tiros enquanto fazia sua mudança de residência. Na ação dos criminosos, um senhor que estava chegando em sua casa também foi ferido vítima de uma bala perdida.

Os suspeitos são dois homens que se aproximaram em uma moto e depois fugiram após atirar em Keven.

As vítimas foram socorridas pelo Samu e conduzidas ao Pronto Socorro de Rio Branco. O estado de saúde de Keven é considerado grave. O idoso foi atingido com um tiro no abdômen.

Número de vítimas de acidentes de trânsito cresce mais de 40% no Acre, aponta Detran

Um levantamento mostra que houve um aumento de mais 40% no número de acidentes com vítimas fatais no Acre.

De acordo com os dados, só nos primeiros cinco meses deste ano, 20 pessoas morreram no trânsito – um aumento é de 42,8% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados 14 óbitos.

Apesar da maior quantidade de mortes, o Detran informou que o número de acidentes teve um pequeno aumento de 0,62% no comparativo dos primeiros cinco meses do ano. Foram 1.764 acidentes em 2018 e 1.775 em 2019.

Isaías Brito, diretor de operações do Detran, explica que a maioria das vítimas fatais é motociclistas, principalmente, em consequência da imprudência, alta velocidade, que leva ao avanço de semáforos e ultrapassagens pelo local errado.

“A gente sabe que a parte mais frágil do trânsito são as motos e o condutor tem que ter essa consciência. É preocupante, porque são vidas que são ceifadas”, afirma o diretor.

Brito diz ainda que, além de estarem nas ruas, as equipes também trabalham campanhas educativas em instituições privadas e outros eventos que envolvem a participação de muitas pessoas.

O diretor também disse que o estado tem combatido bem a embriaguez ao volante e poucas vítimas são decorrentes da mistura de álcool e direção.

“Então, nós precisamos que o condutor tenha consciência. São coisas que, por mais que a gente esteja todo dia batendo, não tem como prevenir. Precisamos contar com a consciência de quem está dirigindo. Só assim nós vamos poder reduzir o número de acidentes e de vítimas no estado”, pontua.

Rio Branco teve redução de acidentes

Na capital Rio Branco, o crescimento foi ainda maior. Em 2018, foram oito vítimas fatais de janeiro a maio. Já em 2019, foram registradas 13 mortes. Segundo os dados, houve aumento de 62,50%.

O número total de acidentes apresentou uma leve redução de 0,37%. Nos primeiros meses de 2018, foram 1.369 acidentes. Já em 2019 foram 1.364.

Portal G1/AC

Veículo Hilux do ex-prefeito Vagner Sales vai à leilão judicial para pagar condenações

Medida visa devolver aos cofres públicos recursos desviados na época em que o acusado era prefeito de Cruzeiro do Sul e que o levaram à condenações por improbidade administrativa

Pelo menos dois de 11 veículos encontrados em nome do ex-prefeito Vagner Sales irão à leilão, em data ainda a ser definida, em Cruzeiro do Sul. Os carros a serem leiloados são de luxo: uma Toryota HiluxSw4 SRV de placas QLÇV 1969 e uma outra Hilux CD 4×4, placa OXP 1515, ambas avaliadas, respectivamente, em R$ 180 mil e R$ 100 mil.

O número da placa do último carro é o mesmo que é utilizado pela deputada federal Jéssica Sales (MDB), filha do ex-prefeito, nas disputas eleitorais nas quais foi eleita duas vezes. O 15 é o número do MDB como Partido na Justiça Eleitoral.  

A decisão pelo leilão é do juiz Hugo Barbosa Torquato Ferreira, da 2ª Vara Cível da Comarca de Cruzeiro do Sul e foi tomada no último dia 3 de julho, ao acolher pedido do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), como garantia de ressarcimento de recursos públicos que teriam sido desviados pelo então prefeito e que ensejaram condenações por improbidade administrativa.

Ele já tem condenações pelas mesmas acusações nas justiças federal e comum no Estado do Acre e ainda responde a outros três processos, de números 0003710-38.2011.8.01.0002, 0006305-75.2012.8.01.0002 e o terceiro é 0007697-19.2010.8.01.0002.

Em seu despacho, o juiz determina que os veículos sejam removidos para depósito, avaliação e “alienação em leilão público”. Diz ainda que “caso não seja possível a remoção dos veículos, expeça-se ofício à Receita Federal, requisitando-se as duas últimas declarações do Imposto de Renda apresentadas pelo executado, com o fim de identificar eventuais valores ocultos”.

O leilão vai ocorrer porque a Justiça atendeu os pedidos do MPAC e condenou o ex-prefeito a devolver valores de recursos públicos, acrescidos de multas. Para garantir a execução e a devolução dos recursos, a Justiça tentou bloquear dinheiro em contas bancárias em nome do ex-prefeito, mas encontrou depósitos de apenas R$ 1 mil e teve que valer-se dos leilões como alternativa. Por Tião Maia / Juruá em Tempo