Coronel Marcos Kinpara é homenageado durante solenidade na tribuna de honra em Brasília

Comandante-geral da Polícia Militar do Acre é homenageado pelos relevantes serviços prestados à Segurança Pública do Estado em Brasília.

Por ter contribuído para manutenção da ordem pública e da paz social no estado, o Coronel Marcos da Silva Kinpara, comandante-geral da Polícia Militar do Acre (PMAC), recebeu medalha da Ordem do Mérito Alferes José da Silva Xavier -Tiradentes, durante solenidade na tribuna de honra no estádio Nacional de Brasília. 

Para o comandante-geral do Acre, a honraria é fruto de um árduo trabalho que vem sendo desenvolvido pela instituição militar acreana no enfrentamento às ações do crime organizado, bem como na realização de ações de cunho social e preventivo.

“Agradeço a Deus, a minha família, a todos que contribuíram com o recebimento desta medalha aqui, pelo Comando da Polícia Militar do Distrito Federal. Quero também agradecer aos policiais militares do Acre pelo profissionalismo e pelo incansável combate às ações criminosas no dia a dia do serviço operacional”, destacou o oficial.

Câmara de Cruzeiro do Sul é notificada por não realizar eleição de presidente da Mesa Diretora

O ato, que pode ocorrer até o dia 31 de dezembro, foi questionado pelo vereador Chaguinha (PCdoB). O parlamentar pede a realização da sessão de eleição.

A Mesa Diretora da Câmara de Cruzeiro do Sul, no interior do Acre, foi notificada judicialmente por não ter, ainda, realizado a eleição para Presidente do Poder Legislativo. 

Segundo o presidente da Casa, vereador Romário Tavares, a atitude do vereador comunista não está de acordo com os desejos da população. Ele desqualificou a procura do parlamentar ao Judiciário para questionar uma ação do Legislativo, e classificou que a população não quer saber quem é o Presidente da Mesa.

“Eu fico triste porque a população de Cruzeiro do Sul não está preocupada com a eleição do presidente da Câmara, mas com os benefícios que merecem receber. Eu repudio essa atitude, e vamos responder a todas as informações que a Justiça está pedindo”, explica o chefe do Casa de Leis.

Enquanto a eleição não acontece, os vereadores avaliam o orçamento do Município para o ano de 2019. Ao todo, a Prefeitura estima uma receita de R$ 161 milhões para bancar o custo do município no próximo ano. A previsão de votação é até o dia 27 de dezembro, a exemplo da eleição, que ocorrerá até essa data.

Presidente do Tribunal de Justiça Denise Bonfim faz visita de cortesia ao 4º BIS

Desembargadora-presidente agradeceu a parceria institucional entre o Poder Judiciário Acreano e o Batalhão.

A presidente do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), desembargadora Denise Bonfim visitou, nesta quinta-feira (13), o comandante de Fronteira Acre/4° Batalhão de Infantaria de Selva, coronel de Infantaria Valone Barbosa, que está deixando o comando do Batalhão.

Na ocasião, a desembargadora-presidente agradeceu a parceria institucional harmoniosa entre o Poder Judiciário Acreano e o 4º BIS, durante o comando do coronel.

O 4° Batalhão de Infantaria de Selva será comandado pelo tenente-coronel Wellington Costa Prates, que prestigiou o encontro da desembargadora-presidente com o atual comandante.

Em Xapuri, Padrasto é condenado por viver maritalmente com mãe e filha menor de idade

Réu foi condenado por estupro de vulnerável em continuidade delitiva. O Juízo não concedeu o direito de recorrer em liberdade.

O Juízo da Vara Única da Comarca de Xapuri condenou padrasto por estupro de vulnerável em continuidade delitiva. Desta forma, foi arbitrada pena de 28 anos de reclusão, em regime inicial fechado, pela prática do delito tipificado no artigo 217-A, combinado com artigo 71 do Código Penal.

Segundo os autos, a conduta ilícita ocorreu por mais de três anos – desde quando a criança tinha oito anos de idade, até os 11, com a conivência da mãe da vítima, que também vivia sob ameaça e violência física.

Entenda o caso

O Conselho Tutelar do município foi informado, por meio de denúncias anônimas, que a criança estava sendo abusada pelo padrasto. Ele estaria vivendo maritalmente com a infante e sua mãe, em uma colônia localizada na zona rural.

O Ministério Público do Estado do Acre solicitou a segregação imediata do denunciado, que mantinha a família subjugada com violência psicológica.

Decisão

O juiz de Direito Luís Pinto evidenciou que as consequências do crime são gravosas diante do dano moral, psicológico e físico, que geraram danos irreversíveis na vítima.

Mesmo com o resultado do laudo de Exame de Corpo de Delito, o réu afirmou que tudo é invenção da vítima, e que só foi denunciado porque quiseram comprar a casa em que moram e ele não vendeu.

No decreto condenatório, o Juízo assinalou que o agressor agiu de forma premeditada, com frieza em relação à vítima, que é uma criança indefesa e em desenvolvimento, por isso sua conduta é merecedora de elevada censura.

Na dosimetria da pena, o magistrado assinalou ainda que a conduta social do réu é negativa, já que restou comprovado que fazia uso de bebida alcoólica e na sequência agredia fisicamente a mãe da vítima, além de ter sido preso por agredir sua ex-companheira, no estado do Mato Grosso.

Por Agência TJ Acre

12 estados e o DF já aprovaram currículo de referência para escolas do infantil e fundamental

Documentos foram elaborados após aprovação da Base Nacional Comum Curricular e agora servirão para que cada escola elabore seu projeto pedagógico; prazo para concluir o processo termina em 2020.

Exatamente um ano após a aprovação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) dos ensinos infantil e fundamental, pelo menos 12 estados e o Distrito Federal já aprovaram seus currículos de referência para escolas dessas duas etapas de ensino. Segundo um levantamento do Ministério da Educação, até a sexta-feira (14) outros sete estados tinham previsão de concluir esse processo até 31 de dezembro.

Os documentos foram elaborados a partir da BNCC e serve como referência para que cada escola elabore o seu projeto político-pedagógico, que, segundo Kátia Smole, secretária de Educação Básica do MEC, representa a “materialização” das intenções pedagógicas da base curricular.

Veja abaixo a situação pelo Brasil até a sexta:

Etapas de elaboração do currículo estadual

Após a homologação da BNCC pelo MEC, cada estado criou comissões reunindo os municípios para a elaboração da proposta curricular e, de acordo com Kátia, os redatores foram escolhidos conjuntamente por estados e municípios.

O processo ocorreu durante todo o ano, e o primeiro estado que conseguiu aprovar a proposta foi o Paraná, em 22 de novembro. Nesta semana, segundo o MEC, Espírito Santo, Pernambuco e Minas Gerais concluíram o processo.

Cada estado precisa cumprir quatro etapas até a aprovação da proposta curricular:

Elaborar um documento preliminar a partir da BNCC, mas incluindo os aspectos do contexto regional
Realizar uma consulta pública a respeito do documento preliminar
Elaborar uma versão final do documento, sistematizada a partir do resultado da consulta pública, e entregá-la ao Conselho Estadual de Educação (CEE)

Aprovar o documento no conselho

Veja abaixo a situação de cada estado:

Já aprovaram o documento final no CEE:

Ceará

Distrito Federal

Espírito Santo

Goiás

Mato Grosso

Mato Grosso do Sul

Minas Gerais

Paraíba

Paraná

Pernambuco

Rio Grande do Norte

Sergipe

Tocantins

Já entregaram o documento final ao CEE:

Acre

Alagoas

Amazonas

Amapá

Bahia

Pará

Piauí
Rio Grande do Sul

Rondônia

Roraima

Estão sistematizando o documento após a consulta pública:

Maranhão

São Paulo

Rio de Janeiro

Já elaborou o documento preliminar, mas não terminou a consulta pública:

Santa Catarina

Segundo os dados do MEC de outubro desse ano, pessoas de 3.056 municípios brasileiros (ou 55% do total) participaram das consultas públicas sobre o currículo base das escolas.

Currículo estadual x projeto pedagógico

“Os estados e municípios estão fazendo as suas propostas curriculares e seus currículos de referência, e agora as escolas vão ter que produzir, a partir disso, os seus projetos pedagógicos”, explicou Kátia em entrevista.

“O projeto pedagógico da escola é que vai dizer tudo: como a escola avalia, como ela organiza as turmas. Então, ela faz com que as grandes intenções pedagógicas e de desenvolvimento integral sejam materializadas para acontecer na escola.”

Os projetos pedagógicos já existem nas escolas. A novidade, segundo a secretária, é que agora as gestões escolares terão um documento único nacional como ponto de partida.

“O que é que todas as escolas do país vão ter em comum? É que todos os currículos retratam, traduzem as habilidades que estão previstas na base e as dez competências gerais para organizar o ensino e a aprendizagem na escola.” – Kátia Smole

Ela estima que, a partir do momento em que os currículos de referência são aprovados, o prazo de adequação dos projetos pedagógicos dure cerca de um semestre.

O prazo para a finalização desse processo termina no início de 2020, segundo a resolução do Conselho Nacional de Educação (CNE) que aprovou a BNCC.

Currículos municipais

Kátia afirmou que, como os currículos de referência estaduais já contemplam os contextos regionais, e como cada escola ainda precisa imprimir suas especificidades no projeto pedagógico, os 5.570 municípios não são obrigados a elaborar sua própria proposta curricular, mas podem optar por fazê-lo.

“As regionalidades já foram contempladas na elaboração do regime de colaboração”, disse ela. Na quarta-feira (12), durante o evento Educação 360, em São Paulo, a secretária afirmou que 80% dos municípios aderiram ao “regime de colaboração”, que ocorre quando as diferentes redes de ensino (municipal, estadual e federal), que têm autonomia, decidem elaborar o processo por meio de uma parceria colaborativa.

“Não é necessário fazer um currículo para cada município, mas é importante que fique claro que o município que quiser fazer tem essa liberdade, desde que o currículo dele dialogue com o que foi feito com o currículo estadual, que está bastante alinhado com a base.”

Próximos passos

A elaboração dos currículos estaduais e adequação dos projetos político-pedagógicos é um dos passos seguintes à aprovação da BNCC. As outras duas mudanças principais são a reforma dos materiais didáticos e a formação dos professores para tirarem os currículos do papel.

“O ano de 2019 é um ano bem importante, porque é o currículo começa a ser traduzido na prática com essas duas ações essenciais: a elaboração dos processos pedagógicos e também a formação continuada dos educadores”, explicou Kátia que, na quinta-feira (13), apresentou a jornalistas uma proposta de Base Nacional Comum de Formação de Professores (BNC Formação de Professores).

Entre as ações sugeridas pelo MEC estão instituir uma prova obrigatória para os professores recém-formados poderem atuar em escolas, substituir o estágio obrigatório das licenciaturas por uma residência pedagógica, aumentar a carga horária de atividades práticas nos cursos de formação de professores e reformar a estrutura do curso de pedagogia.

Kátia Smole, secretária de Educação Básica do MEC, durante o evento Educação 360, na quarta-feira (12) em São Paulo — Foto abaixo.

Por Ana Carolina Moreno, G1

Homem de 40 anos morre eletrocutado em motel localizado na Rodovia AC-40

Homem estava realizando um conserto no telhado quando recebeu uma descarga elétrica.

Um homem de 40 anos morreu eletrocutado enquanto realizava um serviço no telhado de um motel, localizado no Km 11 da AC-40. Para retirá-lo do telhado, foi necessário o apoio do Corpo de Bombeiros.

Segundo informado pela equipe que atendeu a ocorrência, o homem usava um equipamento que apresentava fiação exposta. Quando ligou, o homem acabou levando uma descarga elétrica e ficou caído em cima do telhado.

O irmão que estava auxiliando no conserto ainda teria tentado ajudar, mas o telhado teria ficado energizado.

A guarnição dos Bombeiros foi acionada e auxiliou a perícia técnica a retirá-lo do local. O corpo em seguida foi encaminhado à base do Instituto Médico Legal (IML).

Fonte: Contilnet

Jovem é desmascarada por câmera, após jogar Xixi e Cocô em cima da cama e jogar a culpa na criança

Thuzanny possivelmente e seu nome e quem cuidava de uma criança e dizia aos proprietários da casa pais da criança que era a criança que fazia as necessidades na cama.

Uma jovem identificada apenas por Thuzanny, costumava jogar urina e fezes em cima das camas em uma residência onde ela possivelmente cuidava de uma criança e dizia aos proprietários da casa pais da criança que era a criança que fazia as necessidades na cama, com isso os pais puniam a criança com agressão e Thuzanny não satisfeita ficava induzindo os pais a punirem a criança que apanhava nem saber o motivo.

Um certo dia os pais começaram a desconfiar pois isso se repetia constantemente, então decidiram instalar uma câmera no quarto e finalmente descobriram que quem fazia toda a imundice era a tal da Thuzanny que por ventura tem algum grau de parentesco com a mãe da criança.

Mas ao descobrir toda a verdade os pais foram tirar satisfação com a tal que nega as acusações, mas os vídeos da câmera não deixam dúvida, a mãe da criança questiona o motivo que levou a jovem a ter essas atitudes (que diga-se de passagem não são natural de uma pessoa que tem seu estado mental normal), mas a jovem diz que não ia jogar na cama.

O fato aconteceu em Rio Branco e o vídeo viralizou nas redes sociais, a jovem costuma a se exibir nas redes sociais por conta da boa forma, mas já diz o ditado quem ver cara não ver coração.

Veja o Vídeo:

Homens invadem residência no Ilson Ribeiro e matam jovem de 22 anos a tiros

Um jovem de 22 anos foi assassinado a tiros dentro de uma residência localizada na Rua da Foca, região do bairro Ilson Ribeiro, em Rio Branco.

O jovem foi identificado como Marcos Vinícius Martins de Lima teve a casa invadida por supostos integrantes da facção Comando Vermelho (CV).

Segundo informações de testemunhas, os homens estavam em grupo e chegaram se amontoando na frente da residência. Por volta das 23h, a casa foi arrombada e a vítima executada com vários tiros dentro da sala, em seguida, os criminosos fugiram.

Uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamada, mas ao chegar no local, apenas pôde atestar o óbito da vítima. Ele foi alvejado com tiros nas costas, braço e cabeça.

A Polícia Militar também esteve no local e o isolou para os trabalhos da perícia até que o corpo fosse removido para a base do Instituto Médico Legal (IML). O caso deverá ser investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (Dhpp).

Homem que roubou mototaxista e deixou vítima amarrada é preso em Sena Madureira

O crime e prisão ocorrerão em Sena Madureira. O preso será transferido para o Presídio Evaristo de Moraes, em Sena Madureira.

Uma denúncia anônima à Polícia Civil de Sena Madureira garantiu a prisão do jovem Adonai Lopes de Souza, de 23 anos, acusado de roubar uma motocicleta e de ter deixado a vítima do crime amarrada e amordaçada em Manoel Urbano. 

Segundo o delegado Marcos Frank, o crime só foi descoberto porque com o desaparecimento da vítima, um mototaxista, os familiares dele começaram a fazer buscas e o encontraram na área abandonada e tomada pelo mato. O homem estava com os braços amarrados e precisou ser levado ao hospital.

A Polícia Civil constatou também que Adonai era foragido da justiça, visto que já tinha sido beneficiado pela justiça e estava utilizando a tornozeleira eletrônica, porém, o infrator cortou a tornozeleira e evadiu-se para Manoel Urbano, onde cometeu o crime. 

Nova Operação da Polícia Federal vai focar em empresas que vendem medicamentos

Tem várias empresas investigadas e até empresas ligadas a outras empresas, e isso foi descoberto em agosto, na primeira fase”, conta a fonte.

A próxima fase da Operação Ícaro, que levou à cadeira nesta quinta-feira, dia 13, o prefeito de Senador Guiomard, André Maia (PSD), e afastou, em agosto, o prefeito de Capixaba, José Augusto (Progressistas), além de ter colocado longe da gestão diversos servidores públicos teve ter nova fase nas próximas semanas.

Com pessoa ligada à investigação, o delegado Eduardo Gomes, considerado “linha dura” dentro da instituição, já trabalha novos pedidos de prisão diante de documentos obtidos em buscas e apreensões nas duas fases da operação da Polícia Federal. Não por acaso, ambas as etapas teve o mesmo foco: desvio de recursos da saúde.

“O delegado está fazendo uma investigação profunda, e tem muitas fontes, muitas provas. Vai ser uma ação firme. Ele é muito técnico, muito sistemático. Teve gente que manteve o silêncio na primeira fase, mas agora deve falar. Agora o foco serão os empresários e aliados deles. Tem várias empresas investigadas e até empresas ligadas a outras empresas, e isso foi descoberto em agosto, na primeira fase”, conta a fonte.

Nesta quinta, além de André Maia, também foram presos o advogado dele, Wellington Frank, o controlador do município, Wellington Soares, o secretário de Administração da cidade, Deusdete Cruz, e o pregoeiro de leilões Estácio Parente. Há provas de envolvimentos das seguintes empresas no esquema: Marka, Biolar, M&R Distribuição, Moura & Cia, HLP e Inovax.

Por João Renato Jácome / ac24horas