Mais de duas mil pessoas se divorciaram no Acre; nº aumentou 25%

Comparação é com base em dados do IBGE dos anos de 2016 e 2017. As mulheres são as que pedem mais divórcio.

O ano de 2017 terminou com mais de 2 mil pessoas divorciadas. Isso é o que mostra os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) da pesquisa de estatísticas do registro civil. O aumento no número de divórcio em relação a 2016 é de 25%.

Ao todo, foram 1.002 processos de divórcios encerrados em 1ª instância no estado acreano. A pesquisa também separa essas ações nas consensuais e não consensuais. Em 2017, 633 dos mais de mil processos foram consensuais. Já 367 foram não consensuais.

Na maioria dos casos, a separação foi pedida pela mulher e negada pelo marido, os casos chegam a 204. Já o número de homens que pediram a separação contrariando a mulher foi de 163.

Regime de bens

A maioria do casal que se separou tinha comunhão parcial de bens. Das ações, 965 eram nesse regime; 20 em comunhão universal e 15 em separação total de bens. Outros dois processos seguiram sem declaração.

Os homens entre 30 a 34 anos são os que mais se separam, de acordo com o IBGE, assim como as mulheres.

Regime de bens dos divorciados em 2017 no Acre

Maioria das separações foi consensual, aponta IBGE

Comunhão universal de bens : 2 %

Comunhão parcial: 96,31 %

Separação: 1,5 %

Sem declaração: 0,2 %

Comunhão parcial 96,31 %

Plantão 3 de Julho Notícias 15ª Edição

Veja neste Vídeo: Colono desaparecido dentro da selva é localizado vivo cerca de 11 dias depois. Uma grande operação realizada por quase cinco dias, envolvendo homens dos Bombeiros, Polícia Militar e Exército Brasileiro, obteve êxito com apoio de moradores das comunidades do Guanabara e Icuriã, em localizar o colono Pedro Soares, de 49 anos, que havia saído de casa para caçar e não mais retornou.

Plantão 3 de Julho Notícias 14ª Edição

Veja o Vídeo: Polícia Militar, Exército e corpo de Bombeiros de Epitaciolândia estão dentro da Floresta no km 84 da Estrada do Pacífico tentando encontrar um Agricultor que saiu para caçar e não conseguiu retornar para casa. O homem está com seis dias perdido na Floresta. O lugar tem muitos índios, isso está dificultando o trabalho do resgate.

Fonte: IBGE

Esta notícia está na categoria Geral. Marcar o link.