Bancada federal do Acre intervém e evita cancelamento de mais de R$ 14 milhões destinados a 12 municípios do Acre

A bancada federal do Acre evitou o cancelamento de R$ 14,245 milhões, que afetaria os municípios que não conseguiram cumprir a meta de limite de gastos com despesas de pessoal.

No Acre, 12 prefeituras sairiam no prejuízo: Acrelândia, Bujari, Cruzeiro do Sul, Jordão, Mâncio Lima, Manuel Urbano, Marechal Thaumaturgo, Porto Acre, Porto Walter, Rodrigues Alves, Santa Rosa do Purus e Senador Guiomard.

A garantia da não perda dos recursos foi dada pelo alto comando do Ministério da Defesa e do Programa Calha Norte com a bancada do Acre nesta segunda-feira, 05, em Brasília.

O coordenador da bancada do Acre, senador Sérgio Petecão (PSD), não vê qualquer justificativa na não destinação dos recursos, já que as emendas são impositivas.

“Felizmente, conseguimos reverter a situação, fizemos uma pressão grande junto ao Ministério inclusive alertei que não apresentaria mais emendas ao Calha Norte e que sugeriria aos demais parlamentares das bancadas que também não o fizesse caso eles não se retratassem”, disse Petecão

Parlamentares de outros Estados do Norte do Brasil também estiveram presentes ao encontro. A assessoria do senador Sérgio Petecão informou que as perdas para os municípios do Amazonas, Amapá e Roraima, somadas, representaria R$ 155 milhões.

Telejornal 3 de Julho Notícias 17ª Edição

Assista mais uma edição do Telejornal 3 de Julho, que trás para você informações dos últimos acontecimentos na região do Alto Acre como: Abuso de autoridade no meio político por parte do Secretário de Saúde de Assis Brasil Tony Rios, abandono de patrimônio público, homicídios, prisões, Apreensões, e outros.

Por Luciano Tavares / ac24horas

:: Textos publicados nesta página são de inteira responsabilidade do colunista. Não refletem a opinião do Jornal.

.