Campanha de Haddad troca vermelho pelas cores da bandeira no segundo turno

As novas cores são a expressão dessa ideia de união das forças democráticas do país contra o retrocesso.

Fernando Haddad e Manuela D’Ávila preparam-se pra trocar as cores da campanha no segundo turno das eleições. Sai o vermelho, a cor tradicional do PT, e entram as cores da bandeira brasileira. O mote da campanha passa a ser “Todos pelo Brasil”, no espírito da construção de uma frente democrática que se contraponha à candidatura fascista de Jair Bolsonaro.

A orientação politica da campanha foi resumida pelo governador reeleito do Ceará, Camilo Santana, que ontem disse que a candidatura de Haddad “tem de se apresentar não como candidato simplesmente do PT, mas como alguém acima do PT. Tem de se colocar como nome disposto a dialogar com todos os segmentos e unir o país”.

Camilo indicou Haddad deve se tornar um nome suprapartidário:

“Ele tem de se colocar como um nome acima do partido, que possa agregar várias forças e tendências políticas no país, que querem o fortalecimento da democracia e não querem o retrocesso”.

Veja o Vídeo: 3 de Julho Entrevistas

Veja nesta entrevista o Gerente regional do Sebrae, Jorge Saad, explicando as principais ações do Sebrae durante o primeiro semestre e quais foram as principais atividades do Sebrae voltadas para o agronegócio, indústria e comércio, Curta a nossa página do Facebook e se inscreva no nosso canal do YouTube e lembre-se de ativar as notificações clicando no sininho.

Fonte Brasil247.com

:: Textos publicados nesta página são de inteira responsabilidade do colunista. Não refletem a opinião do Jornal.

.