Irmão do candidato a deputado estadual Célio Gadelha é detido por porte ilegal de arma de fogo e levado pela PRF

O empresário alegou que a arma seria de propriedade do segurança da família. O empresário encontra-se neste momento na sede da PRF para lavratura da ocorrência.

O irmão do vereador e candidato a deputado estadual, Célio Gadelha (PSDB), Adair Brito, foi conduzido por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) por volta das 10h30 deste domingo 07 de Outubro.

A abordagem foi realizada na Via Verde, nas imediações da sede da Polícia Federal do Acre. Adair Brito é proprietário da Distribuidora Floresta.

A reportagem do ac24horas entrou em contato com a família, que confirmou a condução do empresário à sede da PRF. Em contato com o advogado da família, a reportagem foi informada que o empresário foi abordado no trajeto para sua residência.

Na abordagem, o empresário foi flagrado portando em seu veículo uma arma de fogo. O problema é que empresário não possui porte para arma de fogo, por isso foi conduzido pelos agentes da PRF.

A irmã do candidato Célio Gadelha, França Gadelha esclarece que a abordagem policial não estaria relacionada ao candidato a deputado estadual Célio Gadelha, uma vez que especulações desencontradas davam conta que Célio Gadelha teria sido conduzido pelos agentes da PRF, o que não é verdade.

Em alguns instantes a reportagem estará disponibilizando mais detalhes sobre o caso.

Veja o Vídeo: 3 de Julho Entrevistas

Veja nesta entrevista o Gerente regional do Sebrae, Jorge Saad, explicando as principais ações do Sebrae durante o primeiro semestre e quais foram as principais atividades do Sebrae voltadas para o agronegócio, indústria e comércio, Curta a nossa página do Facebook e se inscreva no nosso canal do YouTube e lembre-se de ativar as notificações clicando no sininho.

Fonte: ac24horas

:: Textos publicados nesta página são de inteira responsabilidade do colunista. Não refletem a opinião do Jornal.

.