Contrabando de cigarro gera prejuízo de R$ 43 milhões em 2017 no Acre

Afirmação é de estudo do Idesf, divulgado nesta terça-feira (25). Estudo mostra que principal porta de entrada de contrabando é a fronteira com Peru e Bolívia.

Os prejuízos provocados pelo contrabando de cigarros chegaram a R$ 43 milhões no ano de 2017 no estado do Acre. O cálculo foi feito pelo estudo “Rotas do Crime – As encruzilhadas do Contrabando”, divulgado nesta terça-feira (25) pelo Instituto de Desenvolvimento Econômico e Social de Fronteiras (Idesf).

Conforme o levantamento, nos últimos três anos, a participação do mercado ilegal de cigarros no Acre aumentou três pontos percentuais. O volume desse produto contrabandeado atingiu 92 milhões de unidades de cigarro.

O estudo mostrou que o rombo na arrecadação subiu 29%, saindo de R$ 33 milhões e chegando aos R$ 43 milhões na arrecadação em 2017. No Brasil, somente no ano passado, R$ 146 bilhões deixaram de ser arrecadados pelos cofres públicos em setores como tabaco, vestuário e combustível.

A principal porta de entrada de contrabando, de acordo com o Idesf, é a fronteira com o Peru e a Bolívia por onde entram mercadorias diversas, como vestuário, pneus e cigarros.

O levantamento destacou que fluxo do contrabando segue pelas BR-364 e BR-317. Além disso, as cidades acreanas mais afetadas por este fluxo são Cruzeiro do Sul, Brasileia, Epitaciolândia, Assis Brasil, Plácido de Castro e Rio Branco.

Cigarros apreendidos

Somente entre os meses de janeiro e setembro de 2018, a Polícia Rodoviária Federal do Acre (PRF-AC) apreendeu 10.373 pacotes de cigarros. De acordo com a polícia, os locais onde ocorreram mais apreensões são na capital Rio Branco e no posto de fiscalização em Xapuri.

Em janeiro, foram apreendidos na BR-317, no município de Xapuri, um veículo com 1,2 mil pacotes de cigarro ilegal escondidos no bagageiro. Segundo a PRF, ao perceber que seria abordado, o motorista abandonou o carro no quilômetro 230 da rodovia e fugiu a pé.

Seis dias depois, um segundo carregamento de cigarros contrabandeados foi apreendido. Dessa vez, um homem foi preso com 1,1 mil pacotes de cigarros escondidos dentro do carro.

Em fevereiro, um homem de 31 anos foi preso com mais de mil pacotes de cigarros contrabandeados. A prisão ocorreu no km 190 da BR-317, na Estrada de Xapuri, interior do Acre.

Do G1 Acre

Esta notícia está na categoria Geral. Marcar o link.