Mais de 100 kg de carne clandestina é apreendida em Sena Madureira

Vigilância Sanitária fez apreensão após receber denúncia anônima. Carne foi apreendida e deve ser descartada.

A Vigilância Sanitária apreendeu mais de 100 quilos de carne bovina que eram comercializados clandestinamente em um açougue na cidade de Sena Madureira, no interior do Acre. 

Conforme o coordenador do órgão, Jeocundo Assis, a apreensão ocorreu após uma denúncia anônima. Assis afirmou que esta não é a primeira vez que o açougue é alvo de apreensão e que foi aberto um processo administrativo para apurar o caso.

“O proprietário tem um prazo de 15 dias para apresentar a defesa. Ele pode sofrer sanções que vão de multa até a perda do alvará de funcionamento do açougue. As multas podem chegar até R$ 20 mil”, disse o coordenador.

A carne apreendida, segundo Assis, não havia passado pela inspeção sanitária. “Essa carne não tinha passado pela inspeção, ou seja, pelo abatedouro para saber se o boi está de qualidade ou não e se está própria para o consumo humano”, afirmou.

Sobre o descarte da carne, o coordenador da Vigilância Sanitária informou que é feito com a presença do proprietário ou representante do açougue.

“A gente chama o proprietário e a carne é aterrada. Desde que foi apreendida, a carne está inutilizada e armazenada em câmara fria, mas creio que amanhã será feito o descarte”, concluiu Assis.

Plantão 3 de Julho Notícias 12ª Edição

Confronto entre presos no presídio deixa morto e feridos. Um novo enfrentamento entre presos aconteceu no presídio de Villa Bush, distante cerca de 8 km da capital do estado do Pando, onde tem como capital, a cidade de Cobija, no lado Boliviano.

Do G1 Acre