Condenados jovens envolvidos na morte de servidor do TRE/AC

O intuito dos criminosos era roubar o veículo do servidor público, uma Hilux SW4, avaliada em R$ 250 mil.

Foram dez meses desde a morte do servidor público do TER/AC, Francisco das Chagas Farias, assassinado em novembro de 2017. O crime aconteceu no Ramal da Zezé, no bairro Belo Jardim, para onde foi levado e rendido antes de morrer. 

Denilson da Silva Ponciano foi sentenciado a 31 anos de prisão em regime fechado. Ana Claudia Ferreira Lima, pegou 32 anos no mesmo regime.

Já Paulo Sérgio da Silva foi condenado a 21 anos também em regime fechado. Mirian dos Santos Oliveira foi absolvida. O jovem Francisco Ronnes da Silva teve o processo desmembrado.

Segundo as investigações, garotas de programa teriam levado o servidor público até o local do crime. Ele foi morto com pelo menos cinco tiros, e teve o carro e outros bens roubados.

O julgamento foi conduzido pela 1ª Vara Criminal de Rio Branco, e o julgamento ocorreu nesta segunda-feira, dia 10.

Esta notícia está na categoria Geral. Marcar o link.