IML tenta identificar ossada humana encontrada por moradora em Rio Branco

Ossada foi encontrada por moradora na sexta (3), na Rua Barbosa, bairro Floresta Sul. Moradora ia para o trabalho quando viu os ossos e parou.

Instituto Médico Legal (IML) de Rio Branco tenta identificar uma ossada humana encontrada na Rua Barbosa, bairro Floresta Sul, em Rio Branco. A ossada foi encontrada na sexta-feira (3) por uma moradora que passava no local.

A moradora, que pediu para não ser identificada, disse que o local é usado para depositar lixo, animais mortos e entulhos. Ela acredita que o corpo foi deixado há meses no local, foi comido pelos urubus e os moradores não perceberam.

“Passo lá todos os dias para o trabalho. A população insiste em pôr fogo em tudo nessa época. Colocaram lá no mato na beira da estradad e assim apareceu a ossada. De longe se via”, explicou.

A mulher percebeu que havia ossos em meio ao mato queimado, desceu da motocicleta para tirar fotos e em seguida acionou a polícia. “Só foi descoberto agora por causa do mato queimado que deixou os ossos expostos”, confirmou.

O comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar do Acre (3ºBPM), tenente-coronel Edener Franco, acrescentou que a polícia foi no local na sexta, mas a ossada só foi encontrada na manhã de sábado (4).

Esta notícia está na categoria Geral. Marcar o link.