Homem é suspeito de matar irmão com mais de 20 golpes de terçado

Ênio Pedroza Praxedes, de 41 anos, não chegou a ser socorrido e morreu na hora. Corpo foi levado para o Instituto Médico Legal de Cruzeiro do Sul.

Moisés Azevedo Brandão, de 30 anos, é suspeito de matar o irmão por parte de pai com mais de 20 golpes de terçado. O crime ocorreu na Comunidade Badejo do Meio, na divisa dos municípios de Cruzeiro do Sul e Guajará (AM).

Ênio Pedroza Praxedes, de 41 anos, não chegou a ser socorrido e morreu na hora. A informação foi repassada por um parente que preferiu não se identificar.

O parente falou que os irmãos não costumavam brigar e sempre que estavam juntos bebiam e convervam.

“Ele [vítima] estava no ramal e o autor [suspeito] estava bebendo na casa da mãe dele. Moisé começou a quebrar tudo dentro de casa depois que não conseguiu fazer fogo e passou a ameaçar os dois sobrinhos com uma espingarda. Ao ver o irmão ameaçar os sobrinhos, a vítima [Ênio] foi tentar acalmá-lo e acabou sendo morta pelo irmão”, disse o familiar.

O parente disse que o crime foi brutal e que a vítima morava em Rio Branco, mas estava passando uns dias na casa do irmão.

“Acredito que tenha sido coisa do demônio, quando o irmão entrou foi recebido a terçadas. Apesar de não serem filhos da mesma mãe, sempre foram amigos. Para mim, isso foi uma tragédia, um crime brutal que jamais será esquecido”, afirmou.

O suspeito fugiu do local do crime e o corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Cruzeiro do Sul. O caso está sendo investigado pela polícia amazonense.

Do G1 Acre