Resultados do projeto “Se liga aí” são apresentados durante mostra

Assim é o “Se Liga Aí”, que tem proporcionado mais acesso a informações entre a juventude.

Um projeto que tem como atores principais e público alvo os adolescentes e que busca sanar dúvidas, espantar os medos, esclarecer sobre sexualidade, acesso à saúde e os malefícios do uso de álcool e outras drogas. 

Criado em 2015 pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesacre), e coordenado em parceria com o gabinete da vice-governadora, o projeto tem como objetivo a formação de jovens multiplicadores no âmbito escolar, que tratam sobre assuntos como promoção a saúde sexual e reprodutiva, IST/Aids, gêneros/violência, álcool e outras drogas de jovem para jovem.

O programa já formou mais de 300 jovens multiplicadores e está presente nos municípios de Brasileia, Cruzeiro do Sul, Manoel Urbano, Mâncio Lima, Rodrigues Alves, Rio Branco, Santo Rosa do Purus, Sena Madureira, Porto Acre, Xapuri e Tarauacá.

Por isso, agora é hora de mostrar os resultados. Na manhã desta terça-feira, 31, teve início a primeira mostra do “Se Liga Aí”. Durante três dias serão apresentadas as ações e as conquistas durante os anos de 2016 e 2017. A abertura, no auditório do Palácio do Comércio, em Rio Branco, reúne cerca de 120 jovens multiplicadores e profissionais dos municípios, representantes da Sesacre, Ministério da Saúde, Secretaria de Educação e Secretaria de Desenvolvimento Social.

Emocionada com o evento e a presença de mais de adolescentes que tornam outros jovens mais informados e conscientes, a representante da Coordenação Geral de Saúde do Adolescente do MS, Ana Sudária, destaca a dimensão do programa no Acre. “É extremamente gratificante para nós, da saúde, vermos vários adolescentes tão envolvidos com temas que são tão importantes para que tenhamos cada vez mais uma juventude sadia sob todos os aspectos”.

O “Se Liga Aí” já foi reconhecido pelo o Ministério da Saúde (MS) como uma das 10 melhores práticas desenvolvidas com jovens em todo país.

No ano passado, dos 15, 1 bebês nascidos vivos no Acre, 25% foram de mães adolescentes. Esse número é o menos nos últimos cinco anos, já que em 2016 o número correspondeu a 26,1%, em 2015 de 26,9% e em 2017, o percentual de adolescentes grávidas foi superior a 27%.

Antônio Neto, coordenador do “Se Liga Aí” comemora os avanços do programa. “É um momento de avaliação e de celebração dos resultados alcançados. Hoje temos onde vamos apresentar, principalmente, ao Ministério da Saúde como estamos desenvolvendo na prática as atividades. Também é um momento de analisarmos as dificuldades para podemos avançar ainda mais nessas temáticas tão importantes para os nossos adolescentes”.

O universitário João Feitosa, foi um dos pioneiros do “Se Liga Aí” em Cruzeiro do Sul, e afirma que sempre quis fazer parte de um projeto voluntário que pudesse ajudar outros adolescentes. “Muitos jovens confessam que assuntos como a educação sexual não são tratados em casa, então, o “Se Liga Aí” tem colaborado para corrigir essa falta de informação que pode levar o jovem ao mundo das drogas ou até uma gravidez indesejada”.

O Secretário de Saúde do Acre, Rui Arruda, elogia o programa e as ações executadas. “O Se Liga Aí” tem sido um motivo de muito orgulho para nós da Sesacre. Bacana porque é um programa feito por muitas mãos, com o apoio de várias outras secretarias. O foco é trabalhar as políticas de saúde e educação entre os adolescentes. Melhor ainda é que já estamos começando a colher frutos desse projeto.

A mostra também está sendo uma oportunidade para apresentação dos resultados do programa “De Mãos Dadas com a Escola”, executado pela Secretaria Estadual de Educação.