Polícia prende jovens acusados de tentar matar desafeto em Xapuri

Policiais militares fizeram buscas pela arma dentro de um chavascal e encontraram. Arma estava dentro de um saco plástico.

Um caso registrado através do 190 (Emergência) na cidade de Xapuri, distante cerca de 188km da capital do Acre, dá um alerta para as autoridades mostrando o avanço da briga entre facções também pelo interior do Acre.

No último domingo, uma equipe da PM foi solicitada até um bar da cidade localizado no Bairro Pantanal, para averiguar uma tentativa de homicídio utilizando arma de fogo. A vítima que foi conduzida ao hospital da cidade, identificou os suspeitos às autoridades e relatou os fatos.

Um dos acusados que teria efetuado os disparos, foi identificado como Pablo Santiago Maia e contou com o apoio de um menor de 17 anos no momento da fuga. Ambos seriam integrantes da facção Bonde dos 13 e vinham praticando roubos e assaltos pela cidade.

Uma busca foi realizada pela cidade até conseguir encontrar a dupla dentro de um matagal, na propriedade do avô de Pablo. Este teria confessado que, a vítima estaria na cidade a mando da facção rival, o Comando Vermelho (CV), para matar os dois e outros integrantes do grupo.

Após a prisão dos dois, disseram onde estaria a arma usada para atingir a vítima por três vezes nas costas, um revolver calibre 22, que foi encontrada e um chavascal, dentro de de um saco plástico com as capsulas deflagradas e outras intactas.

A arma e a dupla foram entregues na delegacia ao delegado plantonista, para efetuar o procedimento de praxe. A vítima ficou em observação no hospital da cidade.

Por Alexandre Lima / oaltoacre