Mulher de 43 anos é encontrada morta em residência do bairro Palheiral

Fato está sendo tratado como homicídio pelas autoridades; vítima foi cortada na perna pelo próprio marido.

Por Lília Camargo

A senhora, Maria Madalena Alves Sussuarana, de 43 anos foi encontrada morta na manhã deste domingo (08), na residência onde mora, localizada na Rua Tião Natureza, região do bairro Palheiral, em Rio Branco. O fato está sendo tratado como homicídio pelas autoridades, uma vez que na noite anterior, ela levou um corte do próprio marido na perna, que está preso.

De acordo com o registrado pela Polícia Militar, na noite de sábado, por volta das 11h, eles teriam tiro uma discussão enquanto consumiam bebidas alcoólicas na residência. Durante essa discussão, entraram às vias de fato e em posse de uma arma branca, ele cortou a perna da mulher que foi parar na Unidade de Pronto Atendimento (Upa), da Sobral. O homem identificado como, José Roberto Silva, de 47 anos foi preso e encaminhado à Delegacia de Flagrantes (Defla).

A morte teria acontecido durante a madrugada, após ela ter sido liberada da unidade de saúde com um curativo na perna. Uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel Urgência (Samu), foi chamada pelos parentes ao chegarem na casa e se depararem com ela caída, esvaída em sangue, mas, os socorristas só puderam atestar o óbito. A suspeita é de que ela tenha sangrado pela perna até morrer.

O Instituto Médico Legal (IML), foi acionado e a Delegacia de Homicídios (Dhpp), é quem está no caso.