Policial que ajudou em furto de armas na delegacia de Brasileia continua foragido

Maicon dos Santos é suspeito de facilitar a entrada de um boliviano na delegacia de Brasileia durante furto de armas de fogo.

Por Jairo Barbosa

O paradeiro do policial civil Maicon Cesar Santos, que teve a prisão preventiva decretada pela justiça do Acre por suposto envolvimento no roubo de armas da delegacia de Brasileia ainda é desconhecido da policia.

Maicon Cesar, segundo a investigação da policia, participou diretamente do roubo de um arsenal da delegacia onde prestava serviço. Segundo o delegado Karlesso Nespoli, na noite anterior ao furto, ele tece acesso a sala onde as armas estavam apreendidas. Maicon, afirmou o delegado, deixou a janelas destravada para seus comparsas entrassem e roubassem as armas.

No inicio da semana, o juiz Clovis Lodi expediu o mandado de prisão contra o polícia, sumiu da cidade desde o ultimo sábado, quando foi chamado para prestar depoimento e se recusou.

Ele abandou um hotel que havia arrendado e segundo informações deixou a sogra administrando o negócio.

O juiz que decretou a prisão, é o mesmo que condenou Maicon a sete anos de prisão por sequestro e cárcere privado, no inicio desse ano.

Segundo a Policia Federal e o Ministério Público, Maicon participou, ao lado de policiais bolivianos, do sequestro do brasileiro Sebastião Rodrigues, arrancado de dentro de casa, em Epitaciolândia, e levado para Cobija, na Bolívia. Ele nega.

Em março abril desse ano, Maicon foi exonerado da função de policial civil em decorrência da condenação, mas teve a situação desfavorável revertida depois que a imprensa denunciou que a sentença aplicada no processo, não determinava sua exoneração.

Reintegrado á função na delegacia de Brasiléia, ele voltou para vida no crime.

3 de Julho Entrevistas 6ª Edição

Veja nesta entrevista o Gerente regional do Sebrae, Jorge Saad, explicando as principais ações do Sebrae durante o primeiro semestre e quais foram as principais atividades do Sebrae voltadas para o agronegócio, indústria e comércio, Curta a nossa página do Facebook e se inscreva no nosso canal do YouTube e lembre-se de ativar as notificações clicando no sininho.

Esta notícia está na categoria Geral. Marcar o link.