Lourival Marques diz que Gladson se embriagou em bar de Tarauacá e criou ataque terrorista a avião

O líder do PT na Assembleia Legislativa, o deputado Lourival Marques usou a tribuna e deu o tom do que vai ser a campanha eleitoral deste ano no Acre.

O petista acusou o pré-candidato ao governo do Acre, Gladson Cameli (Progressistas), de se embriagar em um bar da cidade de Tarauacá e criar suposto ataque terrorista a aeronave que o transportava e se encontrava na pista do aeródromo do município.

“O PT foi acusado, por parte de Gladson, de vandalismo. Não houve por parte de nenhum membro ou militante do PT envolvimento no episódio. Quando foram verificar quem participou do ato ficou constatado que seriam pessoas da oposição que estavam numa mesa de bar com o pré-candidato.

Ele inventa muita conversa, muita história para poder acusar nosso partido. Quero dizer que nosso partido está preparado para responder”, ressalta Lourival Marques.

O parlamentar petista afirma que Gladson Cameli estaria bebendo com os supostos vândalos. “A pessoas se embriaga em um bar no município, cria um ato e acusa membros dos PT para dizer que seu avião depredado.

O PT vai tomar as providências com relação a sua fala e seu ato de colocar o que aconteceu na conta de nosso partido”, disse Marques, que não revelou quais seriam as providências que o Partido dos Trabalhadores adotaria em relação ao episódio.

Após discurso do petista, nenhum deputado que apoia a candidatura de Gladson Cameli se manifestou na Tribuna da casa sobre o episódio.

3 de Julho Entrevistas 3ª Edição

Veja a entrevista com o Presidente da Câmara de Vereadores de Brasileia, Rogério Pontes que conta um pouco sobre sua trajetória política e sobre os trabalhos do Poder Legislativo. Curta a nossa página do Facebook e se inscreva no nosso canal do YouTube e lembre-se de clicar no sininho, assim você estará ativando as notificações e terá mais facilidade de acessas nossos conteúdos.

Por Ray Melo / ac24horas

:: Textos publicados nesta página são de inteira responsabilidade do colunista. Não refletem a opinião do Jornal.

.