Justiça suspende privatização da Eletrobras e de outras empresas

A informação foi divulgada hoje (5) pela própria Eletrobrás, em comunicado ao mercado.

A 49ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro determinou a suspensão do processo de privatização da Eletrobras e de suas subsidiárias.

Segundo a Justiça do Trabalho, a empresa precisa apresentar, no prazo de até 90 dias, um estudo sobre o impacto da privatização nos contratos de trabalho da estatal e das empresas vinculadas a ela.

A medida atinge tanto a empresa principal (holding) quanto as subsidiárias Amazonas Energia, Centrais Elétricas de Rondônia, Eletroacre, Companhia Energética de Alagoas e Companhia Energética do Piauí.

3 de Julho Entrevistas 3ª Edição

Veja a entrevista com o Presidente da Câmara de Vereadores de Brasileia, Rogério Pontes que conta um pouco sobre sua trajetória política e sobre os trabalhos do Poder Legislativo. Curta a nossa página do Facebook e se inscreva no nosso canal do YouTube e lembre-se de clicar no sininho, assim você estará ativando as notificações e terá mais facilidade de acessas nossos conteúdos.

De Agência Brasil

Esta notícia está na categoria Geral. Marcar o link.