Dupla vai a júri popular por execução de primos em Cruzeiro do Sul

O advogado de dupla informou que eles negam qualquer ligação com o crime. Primos foram mortos a tiros em fevereiro de 2017, no bairro Várzea, em Cruzeiro do Sul.

Joaquim Carlos de Vasconcelos e Sávio Oliveira Gomes vão a juri popular pelo duplo homicídio dos primos Amaury Lima da Silva, de 29 anos, e Antônio Lucas de Souza, de 21, mortos na varada de casa na noite de 28 de fevereiro de 2017, no bairro Várzea, em Cruzeiro do Sul.

Ao G1, o advogado Aroldo Carvalho Lima, que representa a dupla, informou que eles negam qualquer envolvimento nas mortes e alegam inocência. Lima afirmou que não pode passar mais detalhes, pois o caso está em andamento.

“Eles negam, afirmam que são inocentes. Não posso falar mais, pois algumas informações podem até mesmo prejudicar e influir negativamente. Então, é preciso cautela e eles negaram qualquer participação no evento criminoso”, afirma.

O pronunciamento dos acusados foi pela 1ª Vara Criminal de Cruzeiro do Sul no dia 16 de maio e divulgado nesta segunda-feira (21) pelo Tribunal de Justiça do Acre. Além de homicídio, Vasconcelos e Gomes também vão ser julgados por corrupção de menor e por integrar organização criminosa.

A dupla foi presa pela Polícia Civil em 24 de março. Na época eles também negaram a participação no duplo homicídio e disseram ter álibis. Um deles disse ainda que era parente das vítimas. O juiz determinou que eles sejam mantidos na unidade prisional do município para garantir da ordem pública.

Para a Justiça, existe materialidade e indícios para que os acusados sejam levados a júri popular após a denúncia do Ministério Público do Acre (MP-AC). Conforme o TJ-AC, a 1ª Vara Criminal de Cruzeiro do Sul colheu depoimentos e outras evidências que constam nos autos do processo.

Telejornal 3 de Julho 11ª Edição

Veja nesta Edição: Jogador Valder Melo mais conhecido por cabeção do time Revolução Clube fez o gol mais bonito até o momento do Campeonato Regiçaneo Moura de Brito; Abertura dos Jogos Escolares 2018 em Brasileia tem início no Ginásio poliesportivo Eduardo Lopes Pessoa, Ministério Público vai apurar supostas irregularidades na aquisição de merenda escolar em Epitaciolândia,Policia Militar de Assis Brasil prende quatro indivíduos acusado de tráfico de entorpecente com emprego de arma de fogo para resguardar a boca de fumo e outras, curta a nossa página do Facebook e inscreva-se no nosso canal do YouTube.

Esta notícia está na categoria Geral. Marcar o link.