Cantor é morto a tiros no palco; ex-marido de dançarina é o principal suspeito

Um cantor sertanejo identificado como Mailson Lucas Campos foi assassinado a tiros numa casa noturna de Vilhena na madrugada deste domingo, 20.

O crime aconteceu por volta das 3:30h e teria sido cometido pelo ex-namorado de uma garota com quem a vítima estaria se relacionando.

A testemunha do crime que, pedindo para não ser identificada, deu descreveu o que viu: o homem que matou Lucas chegou de moto ao “Forró do Sítio”, que fica na área rural de Vilhena.

Na porteira, ele desceu do veículo, mas não tirou o capacete, caminhando com o rosto coberto até o salão onde acontecia o bailão.

Ao ver o motoqueiro, o cantor tentou fugir, mas foi encurralado pelo atirador, que o atingiu nas costas e, depois, na cabeça. Foram 4 disparos.

O artista morreu no local, enquanto o assassino atravessou o salão de arma em punho, andando devagar. Só nas proximidades da porteira é que ele correu e montou na moto, que era conduzida por outra pessoa.

As suspeitas sobre o homicídio recaem sobre o ex-parceiro da dançarina identificada apenas como “Sol”, que estava presente na apresentação de Lucas. Ela e o cantor estavam se relacionando há pouco tempo.

Fatalidade

Um conhecido de Lucas, que era funcionário da prefeitura de Vilhena, lotado no Almoxarifado, disse que ele não iria se apresentar naquela noite. Porém, como estava frio, a cantora que iria comandar o show foi dispensada e Lucas resolveu dar uma “canja” no palco. Ele se apresentou durante mais de uma hora e iria cantar a última música quando aconteceu o ataque a bala fatal.

Telejornal 3 de Julho 11ª Edição

Veja nesta Edição: Jogador Valder Melo mais conhecido por cabeção do time Revolução Clube fez o gol mais bonito até o momento do Campeonato Regiçaneo Moura de Brito; Abertura dos Jogos Escolares 2018 em Brasileia tem início no Ginásio poliesportivo Eduardo Lopes Pessoa, Ministério Público vai apurar supostas irregularidades na aquisição de merenda escolar em Epitaciolândia,Policia Militar de Assis Brasil prende quatro indivíduos acusado de tráfico de entorpecente com emprego de arma de fogo para resguardar a boca de fumo e outras, curta a nossa página do Facebook e inscreva-se no nosso canal do YouTube.

Fonte: folha do sul on line