Ex-prefeito de Plácido de Castro, Roney Firmino terá de devolver quase R$ 1 milhão aos cofres públicos

O ex-prefeito de Plácido de Castro, Roney Firmino (PSB), terá de devolver mais de R$ 920 mil aos cofres públicos da cidade.

Isso porque, quando gestor, não prestou conta do dinheiro desembolsado para a compra de combustíveis necessários aos serviços da cidade. A decisão é do Tribunal de Contas do Acre (TCE/AC).

A conselheira Naluh Gouveia, relatora do processo na Casa, explicou que durante uma auditoria feita pelo TCE/AC, prefeito, por duas oportunidades, deixou de apresentar os relatórios sobre os gastos, prejudicando os trabalhados do Tribunal. Ele chegou a pedir aumento do prazo, mas mesmo assim, não deu transparência aos documentos.

Além de devolver os valores gastos, Roney também terá de pagar multa acessória no valor de R$ 92,6 mil, ou seja, 10% do valor cujos relatórios não foram apresentados. A decisão foi aprovada pela maioria dos conselheiros presentes, e o ex-prefeito tem até 30 dias para depositar o dinheiro na conta da prefeitura.

Firmino também vai pagar outra multa, desta vez de R$ 7 mil, e será denunciado ao Ministério Público do Acre (MP/AC). A Câmara de Vereadores de Plácido de Castro também será notificada sobre a decisão do Pleno do Tribunal de Contas. Além disso, a conselheira recomendou a orientação de comprimento ao atual prefeito.

A reportagem tentou falar com o ex-prefeito, mas não conseguiu localizá-lo. O espaço segue aberto para as explicações que o ex-gestor desejar dar à sociedade. A decisão de condenação ocorreu nesta quinta-feira, dia 10.

Telejornal 3 de Julho 9ª Edição

Veja nesta Edição: Acidente grave deixa vítima fatal na Estrada do Pacífico, em Brasileia; Delegado de Polícia Civil, Karlesso Nespoli, dá detalhes das prisões em Brasileia; Dnit inicia trabalhos de alargamento da Avenida Marinho Monte em Brasiléia; Presidente, Rogério Pontes, fala da adequação do projeto que visa o auxílio Alimentação para educação, em Brasileia; Companhia Raio apreende moto furtada e casal que vendia drogas em Brasiléia; Ex-prefeito Everaldo Gomes terá que devolver R$ 1,2 milhão aos cofres públicos; Promessa de entrega do novo hospital regional não é cumprida pelo governo de Tião e Prefeita Fernanda Hassem homenageia todas as mães pelo dia especial. Curta a nossa página do facebook e se inscreva no nosso canal do YouTube.

:: Textos publicados nesta página são de inteira responsabilidade do colunista. Não refletem a opinião do Jornal.

.