Cadê você Bastião? Funcionários da limpeza são quem atende na recepção do hospital de Brasileia

Denúncia grave sobre o Hospital de Clínicas Raimundo Chaar, onde por falta de servidor para a recepção, funcionários da LIMPACRE tem que se revezar para atender o público.

Por Alemão Monteiro

Com farda da LIMPACRE, jovem atende na recepção do hospital de Brasileia / Foto: Alemão Monteiro

Mais uma denúncia foi feita referente ao Hospital de Clinicas Raimundo Chaar, desta vez trata-se do acúmulo de cargos considerados ilegais, onde por falta de servidor no referido hospital, alguns prestadores de serviço da empresa LIMPACRE, que trabalham na área da limpeza, estão tendo que se revezar para ocupar a recepção, em pleno horário de expediente como se pode vê nas fotos.

Segundo informações, é terminantemente proibido um funcionário que presta serviço para o Governo do Estado trabalhar diretamente para o Estado no mesmo período, que é o que vem acontecendo no Hospital Raimundo Chaar.

Além dos servidores trabalhar na limpeza eles ainda tem que atender o público no Hospital, muitos pacientes já procuraram esta redação para denunciar o péssimo atendimento na recepção, acredita-se que a sobrecarga nos servidores é o principal motivo para estresse.

Tem também os servidores da limpeza que ficam na recepção fora do horário de expediente, ou seja, em seus dias de folga, eles trabalham na recepção.

Em se tratando da recepção fora a ocupação indevida dos funcionários da LIMPACRE para atender no local, vale ressaltar também as péssimas condições do lugar, onde o teto está baixando a beira de um desabamento, o mármore do balcão do atendimento já caiu banheiros sem portas, leitos sem lençol, falta de suprimentos para a realização de exames, falta de medicamentos e outros são só o básico do que estão faltando no Hospital e nenhuma providência foi tomada pelo o governo do estado.

Telejornal 3 de Julho 9ª Edição

Veja nesta Edição: Acidente grave deixa vítima fatal na Estrada do Pacífico, em Brasileia; Delegado de Polícia Civil, Karlesso Nespoli, dá detalhes das prisões em Brasileia; Dnit inicia trabalhos de alargamento da Avenida Marinho Monte em Brasiléia; Presidente, Rogério Pontes, fala da adequação do projeto que visa o auxílio Alimentação para educação, em Brasileia; Companhia Raio apreende moto furtada e casal que vendia drogas em Brasiléia; Ex-prefeito Everaldo Gomes terá que devolver R$ 1,2 milhão aos cofres públicos; Promessa de entrega do novo hospital regional não é cumprida pelo governo de Tião e Prefeita Fernanda Hassem homenageia todas as mães pelo dia especial. Curta a nossa página do facebook e se inscreva no nosso canal do YouTube.