Exclusivo: Segundo testemunha, vereador e miliciano estão envolvidos em morte de Marielle

Ameaçado de morte por milícia, homem prestou depoimento à polícia em troca de proteção. Marielle Franco e seu motorista, Anderson Gomes, foram assassinados no dia 14 de março.

Testemunha chave, que está ameaçada por milícia da Zona Oeste, fez revelações à polícia sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e de seu motorista, Anderson Gomes.

Em três depoimentos, cujo teor foi obtido com exclusividade pelo GLOBO, ela relatou reuniões entre um miliciano, que hoje está preso em Bangu 9, e um político do Rio.

As conversas, que tratavam dos prejuízos causados pelo combate da vereadora ao avanço de grupos paramilitares em comunidades de Jacarepaguá, começaram ainda no ano passado.

Nos depoimentos, além do político e do chefe da milícia, também foram mencionados os nomes de outros integrantes do bando, que teriam participado da execução.

Telejornal 3 de Julho 8ª Edição

Urgente Veja o Vídeo: Sem foro privilegiado, Jorge Viana entra no olho do furacão da Lava Jato, Prefeita Fernanda Hassem participa de reunião na AMAC, MP abre inquérito para apurar irregularidades na Câmara de Brasileia, PRF prende peruana com cocaína próximo de Xapuri, Em Epitaciolândia meliante é preso com meio quilo de entorpecente, Curta nossa página e se inscreva no nosso canal do YouTube

:: Textos publicados nesta página são de inteira responsabilidade do colunista. Não refletem a opinião do Jornal.

.