Tatá Werneck já sofreu machismo: Questionavam até a minha sexualidade

Atriz passou por preconceito quando ainda era criança: ‘Fui questionadora e sempre fui militante, representante de turma. 

Acabei expulsa da escola duas vezes por ser bagunceira e ter o mesmo comportamento de colegas meninos, mas que era inaceitável para uma menina. Desde que entendi que não tem como passar por essa vida tentando viver outra, ficou mais fácil’

Noiva do ator Rafael Vitti, empoderada e livre de preconceitos, Tatá Werneck já passou por situações machistas antes de alcançar a fama e também dentro do ambiente do humor. “As pessoas questionavam tudo, até a minha sexualidade. Se eu fosse lésbica também não seria um problema, mas por que essa necessidade de catalogar as pessoas? Por que precisamos ser colocadas em nichos? Por que se você é bonita não pode ser inteligente? Se é engraçada não pode ser vaidosa? No começo, quando ia participar de campeonatos de improviso e de rima, eu quase me anulava para provar meu talento. Colocava uma calça largona, um moletom e só faltava falar: “Ó, galera, esqueça que eu sou mulher!”. Hoje jamais faria isso”, disse ela à revista “Glamour”

‘Nunca me interessei por homens mais novos, diz 

Com planos de se casar em setembro com Vitti, Tatá relutou em aceitar o pedido de namoro. “Nunca me interessei por homens mais novos. Ficava pensando por que dar uma chance se sabia que estávamos em momentos diferentes. Mas já estava acontecendo… Essa geração dele é livre de todas as formas e não tem uma série de preconceitos que a gente fala que não tem e continua tendo”, declarou. Questionada como combateu esse preconceito ela conta: “Acreditando no amor. Nunca um homem que é visto com uma mulher mais nova é questionado. É quase um troféu. Agora, quando um cara está com uma mulher mais velha, as pessoas ficam se perguntando o porquê. E tem mil motivos, né? Nunca é o amor. As pessoas já querem colocar um prazo de validade”.

Atriz relata rotina agitada: “Há semanas tentando mudar de casa”

Sucesso como a personagem Lucrécia em “Deus Salve o Rei”, Tatá está levando uma rotina para lá de agitada. “Acordo cedo, fico o dia inteiro na novela, à noite volto e já começo a pensar em coisas para a terceira temporada do ‘Lady Night’, que começo o gravar no segundo semestre. Vou ter só dois dias de folga entre o fim da novela e o começo do programa e depois ainda tenho um filme para rodar com a Ingrid Guimarães. No meio dessa confusão toda, estou há semanas tentando mudar de casa, mas ainda não consegui. Só falta pegar as coisas, os bichos e ir”, contou.

3 de Julho Entrevista, primeira Edição

Veja o Vídeo da primeira entrevista, o Vereador Alcione Ferreira esclarece sobre a má administração de Tião Flores em Epitaciolândia e fala também sobre: Saúde, Educação, Ramais, Ruas, coleta de Lixo e outros.