Policia diz que casa onde os três jovens morreram era Boca de Fumo

Levantamento revela que oito pessoas já foram mortas violentamente nos primeiros três dias de fevereiro. 

A Policia Civil divulgou na manhã deste sábado, 3, as primeiras informações oficiais sobre chacina ocorrida numa residência na rua Ademar Barros, no Conjunto Novo Horizonte, em Rio Branco, que culminou com a morte de três jovens e uma outra mulher ferida na perna.

De acordo com investigadores da Delegacia de Homicídios e Proteção de Pessoa (DHPP), Renan Barbosa, Luana Aragão e Rafaela Santos eram membros da facção criminosa Bonde dos 13 e que a casa onde eles estavam era uma conhecida Boca de Fumo da região pertencente a um Conselheiro do B13 que cumpre pena no Presídio Estadual Dr. Francisco D’Oliveira Conde. Ainda segundo as investigações, o irmão do dono da casa é um foragido da justiça que se encontra provavelmente fora do Estado.

Ainda segundo a Policia Civil, o ataque teria sido executado por membros da facção rival Comando Vermelho. Eles teriam usado uma caminhonete na ação que havia sidou roubada horas antes das execuções. O suspeito principal de ter efetuado os disparos se chama Matheus e está sendo procurado desde a noite de ontem pela Polícia.

A policia confirmou ainda que Luana Aragão, morta durante a chacina, teria sofrido uma tentativa de homicídio ocorrida no Balneário Ouro Verde, na Rodovia AC-10. As autoridades descartam também que estaria ocorrendo uma festa antes das execuções, apesar de testemunhas afirmarem que ocorria uma comemoração de aniversário no local.

Fonte: ac24horas

Esta notícia está na categoria Geral. Marcar o link.