Jovens forçam irmã de 13 anos a fazer sexo com homem por R$ 30 em Tarauacá

Menina aparenta ter dez anos e está 'muito abalada', segundo delegado. Irmãos confessaram o crime e garota vai ser encaminhada para um abrigo.

Dois jovens foram presos suspeitos de negociar a própria irmã, de 13 anos, pela quantia de R$ 30 e forçá-la a fazer sexo com um homem. O caso ocorreu na Comunidade Igarapé Mamoré, a 58 quilômetros de Tarauacá. A menina está com o Conselho Tutelar e vai ser encaminhada para um abrigo.

Os acusados, que têm 22 e 23 anos, respectivamente, foram presos nesta sexta-feira (26) e vão responder por estupro de vulnerável. O delegado que investiga o caso, Alexnaldo Batista, disse que o episódio ocorreu após uma bebedeira. O suspeito de ter entregue o dinheiro aos irmãos e feito sexo com a menor ainda não foi capturado.

O delegado informou que a polícia soube do caso após moradores da comunidade denunciarem o caso ao Conselho Tutelar.

“Prendemos eles após denúncia de representantes do Conselho Tutelar. A menina ainda não foi ouvida, ela é muito humilde, tem 13 anos, mas parece que tem 10. Ela ainda vai ser ouvida. Está muito abalada, magoada, e não consegue entender porque os irmãos fizeram isso com ela. Passou por exames que confirmaram o abuso e os irmãos também confessaram”, falou.

Batista informou ainda que os irmãos vão ser encaminhados para o presídio. “Eles confessaram que venderam ela em uma bebedeira. O outro fugiu e conseguiu escapar, ele trabalha em uma fazenda e, quando viu a movimentação, fugiu, mas continuamos com as buscas”, finalizou.

Ainda conforme o delegado, a menina não tem pais e era a caçula de 12 irmãos. “Ela morava com os irmãos. O pai morreu e a mãe abandonou a família”, afirma.

Do G1 Acre