Após dois anos de luta contra o câncer, Criança morre, em Rio Branco

Criança lutava contra leucemia e estava internada na UTI desde o dia 29 de dezembro. Corpo vai ser levado para Marechal Thaumaturgo, no interior do Acre.

Após dois anos de luta contra a leucemia, o pequeno Francisco Gabriel Piyko Furtado, de 4 anos, morreu na manhã desta sexta-feira (5) no Hospital da Criança, em Rio Branco, onde estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde o dia 29 de dezembro.

Gabriel foi diagnosticado com leucemia em outubro de 2015, aos 2 anos. E essa foi a segunda vez que ele havia tido recaída em menos de 1 ano.

A criança estava internada desde o dia 13 de dezembro e no dia 29 apresentou piora no quadro clínico e precisou ser levado para a UTI. De acordo com a amiga da família, Mel Silva, de 22 anos, ele estava com as plaquetas muito baixas e não resistiu.

“Segundo os médicos, o Gabriel estava com muita água no pulmão e as plaquetas também estavam muito baixas. A mãe dele está muito abalada e não consegue nem falar”, contou Mel.

O corpo do menino vai ser levado, na manhã de sábado (6), para o município de Marechal Thaumaturgo, onde ele nasceu.

Na segunda-feira (1), a família e amigos do pequeno Gabriel chegaram a mobilizar as redes sociais pedindo doação de sangue do tipo O+ no nome dele, que já apresentava quadro baixo de plaquetas.

Em maio do ano passado, a família do menino também fez campanha na internet para conseguir um doador de medula. Na época, Gabriel tinha acabado de receber a notícia do retorno da doença, após mais de um ano de tratamento bem-sucedido na capital acreana.

Do G1 Acre

Esta notícia está na categoria Geral. Marcar o link.