Coluna do Astério

Me dizia um juiz essa semana que a legislação eleitoral brasileira é responsável (também) por essa esculhambação na política.

A proliferarão de partidos, o presidencialismo de coalizão e a infidelidade partidária destroçaram a política.

A corrupção sistêmica, como diz o juiz Sérgio Moro, é fruto desse sistema monstruosamente deformado.

Segundo a Bíblia, a corrupção faz parte do gênero humano, da natureza, da essência.

"O coração do homem é desesperadamente corrupto, quem o conhecerá". (Jeremias, o profeta).

Os profetas eram tidos como loucos na antiguidade!

Entrando na seara política, o Tião Bocalom reiterou seu apoio à candidatura do coronel Ulysses.

Bocalom, como dizia minha avó Maria, não quer ver o senador Gladson Cameli (PP) nem pintado de ouro.

Gladson vaticinou: "Esqueçam o Bocalom"!

Quando a candidatura do coronel Ulysses, Gladson afirmou não compreender.

É simples: todo mundo tem sonhos, o Bolsonaro, o coronel Ulysses à maneira deles, mas têm!

Encontro professora Ruth no supermercado que me diz: "As pessoas não sabem votar porque votam com emoção e não com a razão".

Entendi perfeitamente, professora.

O eleitor vota com o coração e não com a cabeça.

Se votasse com a cabeça teria capacidade de reflexão muito maior e não seria facilmente enganado.

Já é pedir demais!

Falei pessoalmente com o prefeito Marcus Alexandre para tapar os buracos da saída do estacionamento da Fundação Hospitalar.

Me garantiu que vai fazer, mas também lembrou que já o fez várias vezes.

Disse que o problema é uma água que escorrer por ali, que já pediu à direção que resolvesse o problema.

Até agora peixe, ou seja, nada.

Por falar em Marcus Alexandre, ele está cumprindo agenda no interior praticamente todos os finais de semana.

Deputada Leila Galvão reivindicando do Incra, Deracre ou prefeitura que resolvem o acesso às escolas do projeto Moreno Maia.

Esta semana o caminhão escolar quase tomba no ramal circular por causa das péssimas condições de tráfego.

Uma das alunas quebrou o braço.

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro (PMDB), estaria rompido com o ex-prefeito Vagner Sales.

Se for verdade, não foi por falta de aviso!

Vagner acredita ter prestigio suficiente para eleger a mulher Antonia Sales e a filha Jessica Sales.

Se a oposição têm problemas na construção das chapas proporcionais à FPA também tem.

Com duas chapas de deputado federal a FPA pode fazer cinco e a oposição três.

O abraço dos afogados é como está sendo chamada a chapa formada por seis deputados estaduais.

Dra. Juliana e André Valle, do PRB, Heitor Junior e Jesus Sergio, do PDT, Raimundinho da Saúde e Josa da Farmácia, ambos do Podemos.

Dos seis só volta quatro.

A partir de março, quem pretende disputa eleição que estiver ocupando cargo público deverá se afastar.

É quando começa o primeiro sufoco, o financeiro.

Se continuar nomeado perde o registro da candidatura.

Os partidos nanicos vão indicar as segundas suplências ao Senado dos Jorge Viana e Ney Amorim.

Macunaíma me pergunta aqui se tem vaga pra ele, quer saber se ganha alguma coisa.

Ganha, prestígio!

Prestígio não enche barriga, diz ele.

Então, tá!

:: Textos publicados nesta página são de inteira responsabilidade do colunista. Não refletem a opinião do Jornal.

.

Esta notícia está na categoria Asterio. Marcar o link.