Eleitores de Brasileia e Epitaciolândia estão com o título irregular

Suspensão do título causa implicações na vida civil do eleitor. Recadastramento ocorre até 19 de dezembro.

 Por Adelcimar Carvalho 

Eleitores de Brasileia e Epitaciolândia, no interior do Acre, precisam ficar atentos. Quem ainda não atendeu ao chamado da Justiça Eleitoral para o recadastramento biométrico, tem que seguir os prazos para não ter problemas na hora de votar

“O recadastramento tem por finalidade integrar o cadastro com todos os dados dos eleitores. Atualmente, estamos com as revisões de Epitaciolândia e Brasileia, que teve início no dia 25 de novembro e vai até 19 de dezembro”, explica a coordenadora da Corregedoria do Tribunal Regional Eleitora no Acre (TRE-AC), Arlete Freires.

O Acre já tem mais de 80% do eleitorado recadastrado. Em 2018, 12 municípios vão votar por biometria.

Brasileia possui mais de 17.635 eleitores e 6 mil ainda não compareceram ao cartório para fazer o recadastramento biométrico. Em Epitaciolândia, 4.403 eleitores não regularizaram a situação.

“O recadastramento é necessário para atualização do cadastro. Quem não fizer no prazo, tem o título cancelado, que traz uma série de implicações que é o cancelamento do título, do CPF e uma série de implicações na vida civil do cidadão”, diz Arlete.

O Cartório Eleitoral de Brasileia, que atende as duas cidades, fica na Avenida Rui Lino, 1.128 – Centro, e o atendimento ocorre de 8h às 17h.

 

Esta notícia está na categoria Geral. Marcar o link.