Coluna do Astério

O advogado criminalista Silvano Santiago está pedindo exame de sanidade mental para seu cliente, o também advogado Manoel Elivaldo Batista de Lima Junior, que aparece com uma arma se dizendo ser de uma facção do crime.

Desde o início dessa história que eu achei que ele não estava batendo bem da bola.

“Um parafuso frouxo”!

É o diagnóstico do Dr. Macunaíma!

O Tribunal de Justiça se prepara para fechar 2017 depois de um ano bastante produtivo.

Nossos desembargadores e juízes bateram as metas, apesar de todas as dificuldades impostas.

Do Ministério Público Estadual pode se dizer a mesma coisa. Um ano de muita atuação, principalmente no combate ao crime organizado.

O Tribunal de Contas também foi destaque na fiscalização, controle e, mais ainda, na orientação e ajuda aos novos prefeitos e vereadores para que não cometam erros na gestão.

O governo federal investindo pesado na reforma da previdência.

O principal argumento agora é o de cortar privilégios.

“Ah se sesse”, diz o Bilú, feirante da Baixada.

Esse é o grande problema: o povo não acredita em mais nada, se sente
solapado, extorquido, saqueado, traído.

O senador Marcelo Jucá, manda chuva do PMDB em Brasília, anda prometendo dinheiro para quem deseja ser candidato a deputado federal.

Consta que teria oferecido dois milhões de reais para um deputado federal do
Acre mudar de partido.

Cadeia nele!

Chega informação de que não é somente o senador Romero Jucá que anda fazendo investimento em deputado federal para 2018.

Como bem diz o presidente do PDT, Luís Tchê, “em Brasília analisam o custo benefício de eleger um deputado federal no Acre”.

É o menor do Brasil, segundo a tabela.

Já pensou num negócio desses!

Pelas barbas do profeta!

Que o ser humano tinha virado mercadoria faz tempo, principalmente com o
advento do capitalismo.

Que alguns políticos estão à venda em Brasília é do tempo da república velha com sede no Rio de Janeiro, antiga capital do Brasil.

Mas não era tão descarado assim!

Aliás, a presidente Dilma Rousseff se lascou porque não fez o que o Michel Temer faz.

“Fi-lo por que qui-lo”. (Jânio Quadros, ex-presidente do Brasil, quando questionado sobre o porquê de ter renunciado ao mandato).

Alguns presidentes de bairro urrando em busca de candidatos para apoiarem em 2018.

Isso é que é vontade de trabalhar pelo bairro, pelo povo!

Vai aprendendo Macunaíma, vai aprendendo!

Está ficando muito perigoso andar pela Seis de Agosto, no Belo Jardim nem se fala!

Daniel Zem, Jackson Ramos e Raimundinho da Saúde disputam a paternidade da decisão do governador Tião Viana não demitir os servidores do Pró-Saúde.

A Procuradoria Geral do Estado (PGR) é a mãe!

Transito aqui pelo Centro engarrafado!

Coisa de cidade grande!

Pouca gente sabe, mas o governo Tião Viana (PT) está pagando muitos dos empréstimos feitos por governos anteriores.

Isso ninguém conta, ninguém fala!

Coisa do arco da velha.

Do tempo do Taboquinha, do Tabira, do Porta Aberta, da Cantina Rex e da Cinelândia aqui no Centro.

Mas tem que pagar!

Como prometeu o prefeito Marcus Alexandre entregou 60 novas permissões ao serviço de moto táxi.

Cumpri compromissos à risca é uma das principais características do Marcus Alexandre.

Ao menos, é o que me dizem por onde passo andando pela cidade.

Outra característica de dele é não deixar ninguém dormir direito nos bairros quando marca uma visita.

Chega cedo de mais.

Eu e a Marinete Dantas marcamos com ele uma visita ao cemitério Cruz Milagrosa por volta das 6h30.

Às 5h30 ele estava chamando na porta!

O senhor sabe a diferença de um preso para um cara casado, me pergunta o Macunaíma.

Não, sei não!

É que o presidiário pode jogar bola.

Vai trabalhar seu sem-vergonha!

:: Textos publicados nesta página são de inteira responsabilidade do colunista. Não refletem a opinião do Jornal.

.

Esta notícia está na categoria Asterio. Marcar o link.