Prefeita Fernanda Hassem prestigia espetáculo musical da escola SONART

O curso de voz e violão teve 80 inscritos no início mas apenas 18 alunos participaram da conclusão, onde receberam certificados e apresentaram um belíssimo show. 

Dando sequência aos programas de desenvolvimento social e acesso a cultura a Prefeitura de Brasiléia em parceria com a escola de música SONART encerrou na última quinta-feira, 30, a primeira turma do curso de voz e violão, a entrega dos certificados foi realizada no Centro Cultural.

A escola de música SONART foi criada em junho de 2017, na gestão da prefeita Fernanda Hassem, através da mobilização da população em conjunto com a Secretaria Municipal de Cultura, que disponibilizou o espaço do Centro Cultural para que o professor Abel Araújo pudesse ministrar suas aulas.

O curso de voz e violão teve 80 inscritos no início mas apenas 18 alunos participaram da conclusão, onde receberam certificados e apresentaram um belíssimo show. 

A prefeita Fernanda ressaltou a felicidade em poder ajudar, através do seu mandado, toda a população, em especial os jovens e as crianças. “Em todas as nossas atividades culturais nós temos buscado dar oportunidade aos nossos jovens e foi com essa intenção que tivemos a iniciativa de abrir a escolinha de música SONART. É muito melhor, nós políticos, proporcionar aos nossos jovens cursos gratuitamente, fazendo com que ocupe o tempo e a mente, discutindo como podemos envolve-los nas atividades culturais, ao invés de discutir no futuro como combater a violência que maltrata a nossa juventude”, disse

O curso teve duração de 6 meses com carga horaria de 164 horas, e tem como objetivo atender as crianças, jovens e adultos.

A estudante Kaila Vitória, 13 anos, destacou os benefícios que adquiriu com o curso: “Durante os seis meses que participei do curso, percebi o quanto que eu fui perdendo minha timidez, proporcionando uma melhor interação social na escola e com as pessoas no meu dia-a-dia”, falou Kaila.

Para o professor de música, Abel Araújo, musico há 10 anos, é um privilégio participar do projeto. “Privilégio muito grande em poder ser o professor nesse projeto, e gratidão define o sentimento que sinto por ver que a prefeita Fernanda Hassem juntamente com o Secretário Raimundo Lacerda acreditou no projeto e nos deram todo o suporte para entregar os certificados aos nossos alunos”, finalizou Araújo.