7 achados que deixam a ciência moderna completamente confusa

Nosso mundo é cheio de mistérios e segredos, estes, que vivemos tentando descobrir ou decifrar.

O ser humano é movido pela curiosidade e não é à toa que já fomos capazes de desvendar uma grande quantidade de acontecimentos que remontam a milhares de anos atrás. Um bom exemplo são alguns achados  arqueológicos, que sempre nos deixam entusiasmados.

A ciência está sempre disposta a trabalhar incansavelmente na tentativa de conseguir solucionar tudo que envolve uma nova descoberta. No entanto, nem sempre é algo possível e até mesmo os pesquisadores passam anos intrigados com algo. Pensando nisso, separamos abaixo 7 achados arqueológicos que deixam a ciência moderna completamente confusa. Confere aí!

1 – Mecanismo de Anticítera

Este é sem dúvida, um dos achados arqueológicos mais misteriosos de toda a história. Foi encontrado em um navio de carga grega naufragado, e data pelo menos 2 mil anos de idade. O objeto possui um verdadeiro labirinto de engrenagens que são interligadas, e ainda apresenta alguns personagens desenhados em volta.

Acreditava-se que era uma espécie de astrolábio náutico, no entanto, com o passar do tempo e novas descoberta, julgam que ele poderia ser um calendário astronômico, no mínimo. É o dispositivo mais tecnológico já encontrados desde aquele período e que ainda continua intrigando a ciência.

2 – Tumba de Qin Shi Huang

No ano de 1974, alguns agricultores de uma província chinesa de Shaanxi descobriram de forma acidental, um dos maiores e mais complexos achados arqueológicos de todo o século 20, o tão famoso exército de terracota. Nele, contem uma espécie de exército de soldados que supostamente, fora criados para defender o primeiro imperador chinês em seu pós-morte.

Certo, até aí não temos mistério e a ciência conseguiu de fato descobrir as origens de tudo, o que realmente ainda permanece como uma incógnita é a localização do corpo do imperador e onde estão seus tesouros. Nunca foram encontrados.

3 – Atlântida

Um dos maiores mistérios do mundo sempre foi a cidade perdida de Atlântida. No entanto, achados arqueológicos revelaram que ela “existe” nas Bahamas, em ilhas gregas, em Cuba e até mesmo no Japão. Sim, isso porque todos compõem cidades perdidas de baixo da água. As suspeitas são de que essas cidades possam ter atuado como bases navais antes de afundarem. No entanto, há um constante debate sobre a real existência de Atlântida e a função das que foram encontradas inundadas. Tudo ainda permanece em mistério!

4 – Antigas armadilhas de animais

Alguns muros baixos que cortam os desertos da Jordânia, Israel e Egito deixaram arqueólogos muito confusos, desde os primeiros anos do século 20. A cadeia de pequenos muros tem extensão de cerca de 64 quilômetros, e remontam aos 300 anos antes de Cristo. Bom, este é um caso que supostamente, pode já ter sido resolvido. Estudos recentes revelaram que este pode ter sido um percurso para induzir animais a percorrer, até que caíssem em um poço pequeno, onde seriam mortos. A partir daí, os caçadores entrariam em ação para recolher ops frutos de sua armadilha.

5 – Linhas de Nasca

Localizadas no deserto de Nasca, ao sul do Peru, existem linhas desenhadas pelo chão que realmente intrigam. Olhando de perto, não parecem ser nada tão impressionante, mas uma visão aérea é capaz de revelar toda a beleza da região. Foram vistos pela primeira vez entre os anos de 1920 e 1930. Existem centenas delas, sendo que muitas formam desenhos de plantas ou até mesmo de animais.

Tudo isso causou grande dúvida na ciência, no entanto, muitos teóricos da conspiração acabaram dizendo que se tratava de símbolos da astrologia antiga ou até mesmo sinais extraterrestres. Por outro lado, acredita-se que esta tenha sido uma forma do povo Nasca se comunicar, o que é bem mais aceitável.

6 – As Grandes Pirâmides do Egito

Este é sem dúvida, um dos maiores achados arqueológicos e também mais intrigantes da história. Embora saibamos de sua existência há muito tempo, ainda existem muitos enigmas e segredos que o envolvem. Localizadas no Cairo, remontam a 5 mil anos atrás. Embora muitas descobertas a respeito já tenham sido feitas, constantemente arqueólogos encontram túneis por ali. No entanto, um dos maiores objetivos é continuar em busca de quem construiu os monumentos, como e quais eram suas razões.

7 – Manuscritos de cobre

Esse é um dos achados arqueológicos mais misteriosos e especulados do mundo. Antigos manuscritos de cobre foram encontrados em Qumrann, região da Cisjordania, no ano de 1952. Nele é descrita uma grande quantidade de prata e ouro, um tesouro realmente desejável. No entanto, não existe nenhum indício de onde ele pode estar. O pergaminho foi encontrado próximo aos pergaminhos do Mar Morto, em terras palestinas. Acredita-se que tenha cerca de 2 mil anos, em um período onde o Império Romano controlava o assentamento de Qumran.

pensadoranonimo.com

Esta notícia está na categoria Mundo. Marcar o link.