Programa Quero Ler atende mais de 1000 pessoas em Brasileia 

O quero ler traz as pessoas da escuridão para a luz, fazendo com que eles ativem essa parte fantástica do cérebro impulsionados pela leitura. O programa tem beneficiado a população da área urbana e rural.

O centro cultural de Brasileia foi tomado pela emoção na tarde da ultima sexta-feira, 24, com o encerramento de mais uma turma do Programa de Alfabetização Quero Ler, idealizado na gestão do governador Tião Viana e executado pela Secretaria de Estado de Educação do Acre (SEE) em parceria com a Prefeitura de Brasileia.

Foi investido no programa em, todo o Acre, R$ 31 milhões e visa alfabetizar 60 mil pessoas. Brasileia já conseguiu alfabetizar 1034 alunos, em 2017, e tem mais 235 estudantes que ainda estão em formação, garantindo que até janeiro de 2018 seja o primeiro município do Alto Acre a erradicar o analfabetismo.

A prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem, comemora esse importante resultado para o município: “Hoje é um dia de alegria para Brasileia, principalmente para esses estudantes que são as estrelas de hoje, em poder estar encerrando esse ciclo tão importante que é ler e escrever. Quero aqui agradecer ao governador por criar esse programa que tem o principal objetivo cuidar das pessoas, trazendo a libertação, a educação é isso. Imaginem a satisfação dessas pessoas poder chegar em uma farmácia, ir ao supermercado e poder ler os produtos que estão procurando e principalmente poder assinar seu próprio nome sem precisar da ajuda de ninguém”, ressaltou Fernanda.

O programa tem beneficiado a população da área urbana e rural, ao todo estiveram presente no centro cultural mais de seis comunidades a exemplo das pessoas do quilometro 19, 26, 17, o ramal do Polo, ramal do Nazaré e do Centro da Cidade.

“Já estamos na ultimas turmas do programa Quero Ler, agora é proclamar a eliminação do analfabetismo no Alto Acre, começando por Brasileia. Isso não quer dizer que todo mundo já sabe ler, fica um residual de até 4%, que é assim que a UNESCO classifica no mundo inteiro, e abaixo dessa porcentagem já é considerada a erradicação. O quero ler traz as pessoas da escuridão para a luz, fazendo com que eles ativem essa parte fantástica do cérebro impulsionados pela leitura”, destacou Tião Viana, governador do Estado.

A Deputada Estadual Leila Galvão falou da gratidão em relação ao programa quero ler: “Muito gratificante poder participar da realização do programa Quero Ler, o projeto tem uma finalidade enorme que é dar oportunidade para que as pessoas possam usar a imaginação através da leitura”, enfatizou Leila.