Coluna do Astério

O Estado brasileiro, ou seja, os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, além de todo aparato da Segurança Pública, Forças Armadas dão uma resposta imediata ao crime organizado ou o caos será instalado.

Estamos à beira de um precipício!

Cerca de 60 mil mortos de forma violenta por ano, principalmente jovens e adolescentes, é grave, muito grave.

A "Carta do Acre" idealizado pelo governador Tião Viana em parceria com os demais governadores da Amazônia Legal, propõe a criação de um Sistema Único de Segurança Pública para o país.

Proposta de uma solução inteligente.

Existe vontade política para consolidar a proposta?

Ou vamos mergulhar nas trevas e deixar que o país vire mesmo uma Colômbia dos anos 80?

Perguntas que não querem calar.

À época de Dom Pablo Escobar candidatos à presidência, ministros, juízes, políticos eram assassinados.

Escobar estruturou um exército do narcotráfico nos bolsões de miséria de Medellin.

Em uma nova fase as forças de Segurança vão atuar permanentemente nas ruas da cidade.

É melhor assim do que toque de recolher.

O deputado Raimundinho da Saúde é um cricri no governo, mas reafirma seu apoio à Frente Popular.

"É melhor ser leal e colocar o dedo na ferida do que ficar fazendo só elogios ao governo", diz.

Diz mais:

"Um verdadeiro aliado é aquele que não puxa saco, mas que defende o projeto político com lealdade como faço", afirma.

À propósito, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) encaminhou a Aleac parecer sobre o Pro Saúde.

A semana promete ser muito movimentada na Assembleia Legislativa.

Com a chegada do final do ano a demanda dos deputados para atender pedidos mais que dobra.

A população precisa se conscientizar de que deputado e vereador não é (e não são) papai Noel.

Muito menos prefeito do interior.

É por essas e outras razões que a política está totalmente corrompida pelo eleitor.

O TCE ontem era o muro das lamentações de cerca de 10 prefeitos.

Reclamavam do vazamento de informações de ações fiscalizadoras do órgão.

Devem reclamar e chorar em outra praça, entre os próprios aliados.

Considerar também que as ações do TCE são transparentes em defesa do interesse público.

E do erário!

Portanto, ajustem suas gestões dentro do que é correto, verdadeiro e honesto.

Como diz um conselheiro do TCE: ainda dá tempo, são apenas onze meses de gestão.

O deputado federal Leo de Brito (PT) – com excelente atuação na Câmara Federal -, precisa costurar e amarrar os compromissos e alianças.

Se não o fizer terá problemas na reeleição.

As paredes têm ouvidos.

E o Acre, já diziam os antigos, é terra de muro baixo. (Fazia tempo que não dizia essa hem, Macunaíma?!)

E-mail desaforado afirmando que o Macunaíma está em duas fações, ou seja, SPC e Serasa.

Respeite as instituições sérias, cabra safado!

Duas hilárias de um programa de TV Nacional (SBT) essa semana que me chega aos ouvidos para interpretação do cérebro.

Indagada sobre qual era a capital da Rússia uma moçoila respondeu:

_ O Japão!

A outra jovem foi desafiada a dizer quem teria descoberto o Brasil (se é que foi descoberto):

Tascou na bucha: _ Foi o Lampião!

É por essas e outras que existe no Brasil uma velha e corrompida oligarquia latifundiária e política no poder a séculos.

Mandando em tudo!

O Aécio Neves teve a audácia de pedir ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) a extinção do PT.

Sozinho está acabando com o PSDB.

Como diz um amigo empresário da Estação Experimental:

" O Aécio era meu herói, vejo que não passa de um canalha".

Sábado é um bom dia.

:: Textos publicados nesta página são de inteira responsabilidade do colunista. Não refletem a opinião do Jornal.

.

Esta notícia está na categoria Asterio. Marcar o link.