Governo lança Operação Escola Segura com novas estratégias

O governo do Estado lançou neste mês a Operação Escola Segura, um conjunto de ações para garantir mais eficiência no policiamento escolar em Rio Branco.

As estratégias fazem parte de um plano conjunto entre o Comando da Polícia Militar do Acre (PMAC) e o Gabinete-Adjunto da Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE).

A partir de agora, vai aumentar a frequência da visita dos policiais às instituições de ensino, garantindo maior presença na comunidade escolar. O coronel Ricardo Brandão, subcomandante-geral da PMAC, explica: “Antes, nossos homens e mulheres atendiam as escolas, segundo o batalhão em que atuavam”.

Desse modo, uma escola que estivesse precisando de auxílio próximo de uma guarnição que fosse de outro batalhão tinha que esperar a chegada de outra radiopatrulha pertencente àquela regional, para ser atendida. “Agora, não. Qualquer batalhão pode atender as ocorrências escolares, independentemente de regionais”, completou.

Paralelo a isso, as rondas ostensivas serão intensificadas no entorno das escolas, no que a PMAC classifica de ‘saturação no perímetro escolar’. Radiopatrulhas estarão nesse trabalho, diariamente, nas 96 escolas de Rio Branco. Em algumas que são consideradas de situação mais crítica para casos de violência, essas rondas serão ainda mais incisivas.

A nova metodologia inclui ainda o trabalho de Inteligência Policial, com vistorias minuciosas do entorno das escolas, além maior frequência de palestras do Programa de Educacional de Resistência às Drogas e à Violência, o Proerd, voltadas aos estudantes, servidores das escolas e comunidade em geral.

As medidas são possíveis graças aos esforços do governo do Estado, ao aumentar a frota de viaturas para esse tipo de policiamento.

“Esses veículos foram adquiridos com recursos da Educação e um dos grandes trunfos dessas novas aquisições é justamente o reforço do Serviço de Inteligência, que permitirá combater às ações criminosas com mais eficiência”, pontua o secretário-adjunto da SEE José Alberto Nunes, o Xaxá.

:: Textos publicados nesta página são de inteira responsabilidade do colunista. Não refletem a opinião do Jornal.

.