Tião Viana fala sobre Encontro de Governadores e Fórum de Governadores da Amazônia

O governador Tião Viana concedeu entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira, 16, para falar sobre o Encontro de Governadores do Brasil Pela Segurança e Controle das Fronteiras e 16 Fórum de Governadores da Amazônia Legal.

Em coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira, 16, na Casa Civil, o governador Tião Viana falou sobre os dois importantes eventos nacionais que serão realizados em Rio Branco com o objetivo, principalmente, de discutir a questão da segurança pública em caráter nacional, com a necessidade de um amplo combate ao narcotráfico e proteção das fronteiras do país, além das questões específicas da Amazônia Brasileira.

O 16º Fórum de Governadores da Amazônia Legal será realizado dia 26 de outubro como uma relevante força-tarefa sobre assuntos relacionados aos nove estados participantes. Juntos, eles vão debater problemas comuns e políticas públicas que vão fortalecer o desenvolvimento da Amazônia, buscando mais apoio e ações do governo federal. O evento marcará principalmente uma discussão sobre os preparativos para a Conferência do Clima da ONU (COP23) e o funcionamento de um consórcio de investimentos.

Já no dia 27 de outubro, o Acre sediará o Encontro de Governadores do Brasil pela Segurança Pública e Controle das Fronteiras – Narcotráfico, uma emergência nacional, que debaterá junto às autoridades a necessidade de criação de um Plano Nacional de Segurança Pública e uma Força-Tarefa de combate aos crimes transfronteiriços e proteção da soberania do país.

“O mundo vive a mais grave crise ecológica da história das civilizações e vive a ameaça do narcotráfico comprometendo as futuras gerações. Estamos falando de mais de 60 mil mortes por ano no Brasil e um movimento financeiro sem tributação que circula trilhões de dólares”, conta Tião Viana.

Uma união nunca vista

Participam do 16º Fórum de Governadores da Amazônia Legal, os chefes do Executivo, assessores e técnicos do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.

O Fórum de Governadores da Amazônia discutirá também questões de Meio Ambiente, Comunicação e Turismo. Outro ponto que merece destaque é que após a aprovação de criação do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável, ocorrida no 15º Fórum, em Cuiabá (MT), as discussões devem avançar agora no sentido de definir o funcionamento do mesmo.

Já no Encontro de Governadores Pela Segurança está confirmada a presença do presidente Michel Temer, a presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Eunício Oliveira. Além de governadores do Brasil, devem participar também chefes de estados subnacionais e embaixadores da Colômbia, Bolívia, Peru, Equador e Alemanha.

Desde o início deste ano, o governador Tião Viana levanta a urgência de haver uma união nacional e efetiva contra o narcotráfico. Com a realização do evento no Acre, ele propôs a ampliação do debate para o âmbito nacional e internacional.

Segundo Tião Viana, há 21 anos o Brasil era o 101º país no consumo de drogas, hoje está em 2º lugar, perdendo apenas para os Estados Unidos, fato que torna mais urgente a questão do enfrentamento.

“O pedido de prioridade nossa é a construção do Sistema Nacional de Segurança Pública, como temos o de saúde e o de educação, uma Força-Tarefa Nacional de combate ostensivo a droga contra os traficantes e proteção e fechamento das fronteiras, porque tudo ocorre a partir das fronteiras abertas”, ressalta Tião Viana.

 Veja abaixo o vídeo com a entrevista completa: 

:: Textos publicados nesta página são de inteira responsabilidade do colunista. Não refletem a opinião do Jornal.

.